Muitas vezes as mães se estressam mais do que os pais na hora de cuidar do bebê

· 25 de outubro de 2017

Se tivermos que admirar uma qualidade de nossos cônjuges será sua capacidade para se estressar menos que nós. É isso mesmo, as mães se estressam muito mais do que os pais na hora de cuidar do bebê. 

A verdade é que sempre nos preocupamos demais, queremos cuidar do bebê mais do que deveríamos, e protegê-lo de até um minúsculo mosquito. Os pais, por sua vez, são mais tranquilos e se permitem um pouco mais de liberdade. O que passa dos limites para nós! E de novo, nos estressamos.

O que as pesquisas apontam?

Um estudo recente indicou que as mães se sentem menos felizes que os pais nas tarefas parentais. Isso não quer dizer que nós não nos sintamos felizes sendo mães, mas sim que temos maior responsabilidade e sentimos maior o peso do que os pais. Por isso, geralmente, as mães se estressam mais.

A pesquisa foi realizada pelos cientistas das Universidades de Cornell, Minnesota e pelo Centro de População de Minnesota, que se concentraram no tempo dedicado pelas mães e pais com os seus filhos, determinando que as mulheres se sentem mais cansadas, estressadas e menos felizes.

De acordo com os estudos realizados na Enquete Americana de Uso do Tempo dos Anos de 2010, 2011, 2012 e 2013 com 12.000 pais nos Estados Unidos, os pais e as mães realizam diferentes atividades com seus filhos, em ambientes muito diferentes.

As mães, por sua vez, ficam de olho na casa, na escola, na saúde, no aniversário… o que lhes impedem, em muitos casos, de poder aproveitar o tempo com os seus filhos, plenamente. O tempo que dividem com os pais é totalmente diferente.

Além disso, podem surgir problemas de casal por causa disso.

“O vínculo que une uma verdadeira família não é o sangue, mas sim o respeito e alegria mútua”

-Richard Bach-

mãe com seu bebê nos braços

Os papais aproveitam mais o tempo com seus bebês

O estudo determinou que os pais aproveitam mais o tempo que passam com seus filhos. Acrescentando o fato de que é bom que os papais passem mais tempo com seus filhos, porque o tratamento é diferente daquele que é dado pela mãe.

As mães se estressam mais devido à quantidade de tarefas para cuidado do bebê que têm que cumprir.

A socióloga Ann Meier, que também participou dessa pesquisa, complementou que:

“Quando as mães ficam com os seus filhos, geralmente ficam sozinhas. Os papais quando ficam com os seus filhos é mais provável que estejam com outros adultos próximos a ele, que lhe dão respaldo. Isso ajuda a compreender o porquê de os pais ficarem menos estressados, quando ficam com os seus filhos.

A boa notícia revelada pelo nosso estudo é que os pais, geralmente, aproveitam o tempo estando com os seus filhos. No entanto, a má notícia é que as mães aproveitam menos do tempo que os pais, porque elas têm ‘mais trabalho’ e menos ‘atividades de diversão em família’ . 

pai sorrindo e segurando seu filho no colo

É bonito que os pais fiquem amigos dos seus filhos, tirando todo o medo deles, mas inspirando-lhes um grande respeito.

-José Inginieros-

As tarefas maternas cansam muito mais

A insônia é outra consequência da acumulação de cansaço pelas mães. Sempre somos as primeiras a acordar na hora que o bebê chora, aumentando nosso estresse.

Ao reunir informação de milhares de pais e mães, chegou-se à conclusão de que a criação dos filhos gera estresse.

Uma pequena ajuda não é nada mal, assim as mães vão se estressar menos

Embora não possamos generalizar, o estudo ressalta que esses dados e estatísticas foram reunidos da maioria dos lares pesquisados. É positivo dar às mamães um apoio, mesmo que seja  pequeno.

A verdade é que muitos homens estão começando a se encarregar enormemente da criação dos bebês, mais isso ainda não acontece na maioria das famílias.

Se for alcançado um equilíbrio entre todas as responsabilidades que as mães têm que arcar ao ter um filho, com certeza elas vão ter muito mais tempo de sobra para ficar com os seus filhos, e assim poder aproveitar o tempo com eles, muito mais.

O dia que o pai se levantar de noite, que levar o bebê ao médico, e que se dedicar a cumprir algumas tarefas maternas, vai ser possível à mãe descansar e se divertir com o seu filho.

E você, concorda com esse estudo?