Não há paixão maior que ver a carinha do seu bebê ao nascer

· 29 de junho de 2017

Existe um amor que não tem data de validade. É um amor à primeira vista, instantâneo, fulminante, e ao mesmo tempo maravilhoso do qual você não vai se desfazer nunca: seu filho e aquele momento no qual você o vê pela primeira vez. Essa história, sua e do seu bebê, é escrita com tinta invisível e permanente, gravada com carinho na parte mais funda das profundezas mais íntimas do seu coração.

No entanto, também não importa se você carregou por 9 meses esse pequeno na sua barriga, ou se ele passou esse tempo na barriga de outra pessoa, talvez em outro país, onde ele esperava por uma nova família. Nós amamos nossos filhos não porque eles possuem nosso código genético, mas porque são criaturas desejadas e porque seus rostos, sejam como for, são os mais bonitos, os mais perfeitos e os mais mágicos para nós.

Um bebê é algo que você carrega dentro de você por nove meses, no colo por três anos e no seu correção até morrer.

-Mary Mason.

Temos certeza de que ao longo da sua vida você já se apaixonou umas duas, três, dez ou até vinte vezes. É bem possível também que atualmente você tenha ao seu lado a pessoa perfeita, essa com a qual você quer construir uma vida e um projeto. No entanto, o amor por um filho é algo diferente, algo incomparável que tanto a mamãe como o papai experimentam com grande intensidade, às vezes se perguntando “como um ser tão pequeno consegue fazer eu me sentir tão grande?”…

perfeito

Meu bebê é meu mundo, o ser mais perfeito que eu já amava antes mesmo de nascer

Antes mesmo do seu bebê estar nos seus braços você já o amava, já sonhava com ele e imaginava na sua mente como seria o rostinho, o formato do nariz, a cor do cabelo, o formato do queixo ou o som da voz. Você tinha feito uma imagem dele ou dela, mas foi ao nascer, quando colocaram aquele pequeno ser nos seus braços, que você sentiu algo muito mais profundo e embriagante: antes você já o amava, mas nesse momento você ficou perdidamente apaixonada pelo seu filho ou pela sua filha.

Seu filho é perfeito e sempre vai ser assim

Uma criança somente por nascer e fazer parte desse mundo já é perfeito por si mesma. Nunca vai importar a cor da pele, a origem, se tem alguma deficiência ou alguma dificuldade de desenvolvimento. Esse ser é perfeito porque é amado e porque o carinho de uma mãe ou de um pai nunca enxerga defeitos no que é seu, no que é propriedade do seu coração.

A joia mais preciosa que você vai ter no seu colo será seu bebê

Todos nós deveríamos pensar assim, deveríamos ver a infância e todas as crianças como seres perfeitos que merecem, por sua vez, uma vida perfeita, na qual não falte proteção, carinho, sustento, sentimento de proteção, de valorização e uma criação baseada no amor.

perfeito

A preciosa carinha quando chegou ao mundo…

Há crianças que nascem tranquilas, outras chegam ao mundo entre lágrimas e assustadas, protestando talvez por terem sido retiradas de um ambiente tão perfeito e aconchegante quanto o útero materno. Seja como for, se existe algo de que toda mãe e todo pai se lembram é aquele momento em que, finalmente, conseguiram ver a carinha do bebê, ainda envolto em sangue, em uma capa de gordura e com o cordão umbilical ainda preso no abdômen.

Poucos momentos são tão maravilhosos quanto esse. As dores do parto, a sensação de esgotamento, o medo e as lágrimas são deixadas de lado por um momento para acalmar esse corpinho tão assustado e que tanto precisa desse segundo com seus pais.

A nossa história é uma história de amor sem fim, eterna e incondicional

perfeito

Haverá momentos difíceis, você sabe disso. Haverá dias nos quais você vai ficar brava com ela ou ela, dias em que você vai se decepcionar, se sentir esgotada ou desesperada… No entanto, não vai haver um momento sequer em que esse amor pelo seu filho vai diminuir. Ainda mais nas horas mais complexas ou quando ele demonstrar o temperamento mais difícil de lidar, você vai continuar amando esse ser porque é nisso que consiste ser mãe ou pai: em oferecer um amor incondicional que vai servir de guia para ser melhor a cada dia, para que o pequeno sempre saiba onde está o seu lar.

Um bebê chega ao mundo sem muita bagagem, mas o que constitui cada partícula do seu ser é algo que sempre vai mantê-lo vinculado a você. É uma história de amor sem fim, é um livro com capítulos infinitos, com os quais sempre se pode aprender, mas no qual o fio condutor sempre será o mesmo: seu desejo por fazer seu filho feliz, proteger e desejar sempre o melhor para esse pequeno ser.