O desenvolvimento do bebê no útero a cada mês

20 de junho de 2018
O desenvolvimento do bebê ocorre rapidamente. Embora a maioria das mudanças passem despercebidas, elas asseguram os processos vitais do feto enquanto completa sua formação.

A cada mês o bebê forma novas estruturas fisiológicas. E até mesmo a cada semana podemos observar muitas mudanças no seu desenvolvimento.

Para determinar o que é conhecido como a idade gestacional, deve-se levar em consideração o primeiro dia do ciclo menstrual. É por isso que as primeiras semanas de gravidez são contadas quando a mulher ainda não esta grávida.

Gravidez: o milagre da vida

O período de gestação, em condições normais, leva entre 37 e 41 semanas, o que é equivalente a, aproximadamente, 9,5 meses. Se você estiver grávida ou tem planos de engravidar, nós convidamos você a descobrir como ocorre o desenvolvimento do feto a cada mês enquanto ainda está no útero.

Primeiro mês

Contando as duas semanas nas quais teve início o ciclo menstrual e ocorreu a liberação do óvulo, o bebê ainda não começou seu desenvolvimento, mas já se pode falar que o processo está avançando.

O primeiro mês é marcado pela fertilização e pela “viagem” do zigoto até o útero através das trompas de Falópio.

O zigoto contém as informações necessárias para se tornar um bebê, por isso se transforma em blastocisto e, em seguida, em um embrião. Enquanto isso acontece, o corpo da mãe é responsável por gerar os elementos necessários para proteger o feto durante o resto de sua evolução.

Segundo mês

Ocorre com a chegada da quinta semana, quando a fase conhecida como “período embrionário” começa. Nesse momento, a estrutura principal do feto se desenvolve, e é ela que vai dar suporte aos sistemas vitais do bebê.

Nesse mês, já ocorreram a maioria das divisões celulares, permitindo começar a diferenciar de maneira específica algumas de suas funções. Por exemplo, se desenvolvem os neurônios e a maioria das células do sangue.

Também se formam:

  • O cérebro
  • A medula espinhal
  • O coração
  • O trato gastrointestinal
  • As características externas

Terceiro mês

desenvolvimento do bebê

O terceiro mês de gestação pode ser contado entre a sexta e nona semana. Nesse período, as alterações são mais evidentes. Podemos ver que começa a se desenvolver o que serão as pernas e os braços e também ocorre o desenvolvimento do tecido que logo serão os ossos do bebê.

Em muitos casos, no final desse mês, os membros superiores e inferiores já estão alongados, de modo que o aparecimento dos dedinhos pode ser verificado.

Outras mudanças são:

  • A regularidade da frequência cardíaca do coração, que continua a se formar
  • Começo da circulação do sangue através das principais veias
  • Começam a se formar, gradativamente, os olhos e os ouvidos
  • Começam a se formar os pulmões
  • Já são evidente alguns nervos que vão se transformar no cérebro

Quarto mês

Nessa fase, a maior parte dos órgãos já foram formados e estão em pleno crescimento. É por esse motivo que nesse momento o futuro bebê deixa de ser identificado como um embrião e passa a adquirir a denominação de feto. Também a partir deste momento seus traços faciais se tornam mais definidos.

O desenvolvimento se complementa com a  formação de

  • Cotovelos
  • Mamilos
  • Dedos dos pés
  • Folículos pilosos
  • Pálpebras
  • Orelhas

Quinto mês

Embora o bebê já esteja bem desenvolvido nesse mês, sua cabeça ainda é maior do que o resto do corpo, e a pele é quase transparente. A partir desse momento, as pálpebras já estarão formadas e permanecem fechadas, algo que não vai mudar até cerca da 28ª semana, aproximadamente.

Outros aspectos que podem ser desenvolvidos nesse mês são:

  • Aparição da estrutura óssea que vai dar suporte à formação dos dentes
  • Traços faciais definidos
  • Indício de formação genital
  • Começa o desenvolvimento das unhas
  • O fígado começa a produzir glóbulos vermelhos

Sexto Mês

desenvolvimento do bebê

Embora nessa fase o bebê já esteja bem formado, a pele continua transparente. Mas, também, aparece gradualmente um cabelo muito fino na cabeça conhecido como lanugem. Ao mesmo tempo, ossos e músculos estão se tornando mais fortes. 

Nesse momento o bebê já se mexe, se estica e começa a testar a sucção por vontade própria. Sua atividade aumenta porque ele já pode ouvir e, portanto, reage aos estímulos. Além disso, o coraçãozinho do bebê já pode ser ouvido através de um estetoscópio.

Sétimo Mês

No sétimo mês, os olhos do bebê estão bem formados, e ele já forma as primeiras fezes, que ficam no trato intestinal. Embora os pulmões possam formar bolhas de ar, o bebê ainda não está preparado para respirar fora do útero.

Nessa fase o cérebro está quase formado, de modo que o feto é capaz de controlar muitas das suas funções. Isso ocorre, principalmente, porque o sistema nervoso já está bastante desenvolvido.

Oitavo Mês

No oitavo mês, o feto ainda tem que amadurecer os pulmões, um processo difícil, embora já tenha uma respiração ritmada. Ele cresce e engorda rapidamente. Seus ossos estão totalmente formados, contudo ainda são muito moles.

Nessa fase, o feto está preparado para absorver e armazenar muitos nutrientes, mas os principais são fósforo, ferro e cálcio.

Nono Mês

O período de gestação está entre 34 e 40 semanas. A essa altura, o feto pode pesar até dois quilos e meio, que ainda pode aumentar, mas não muito mais. A gordura que se acumula sob a pele faz com que ela não fique tão enrugada.

Além disso, todos os órgãos já estão plenamente desenvolvidos, além dos músculos e dos ossos. A lanugem, que em certo momento ocupou a maior parte do seu corpo, agora só é encontrada nos ombros e braços, e seu cabelo está mais denso.

Quando o bebê já tiver completado 38 semanas a contar do dia da concepção, o parto pode ocorrer a qualquer momento.

Recomendados para você