O lado positivo das discussões de casal

24 de maio de 2018
Existe um aspecto positivo nas discussões de casal? Se acontecerem com respeito, diálogo e uma atitude construtiva podem ser benéficas em médio e longo prazo.

Certamente, qualquer um que tenha tido um parceiro ou tenha vivido junto como um casal já teve mais de uma discussão. No momento da “raiva”, podemos não perceber essa discordância como um aspecto construtivo para uma vida em comum.

Mesmo reconhecendo a harmonia como algo vital para qualquer relacionamento, muitos psicólogos reafirmam o lado positivo das discussões de casal.

4 motivos para ver o lado positivo das discussões de casal

Por um lado, devemos compreender que uma briga pode ser algo sem significado, iniciada pela raiva acumulada ou por uma situação de extrema tensão. Por outro lado, uma discussão envolve a troca de ideias e pensamentos que compõem o caráter de cada pessoa.

Acima de tudo, é importante esclarecer que o lado positivo das discussões de casal não tem nada a ver com qualquer tipo de violência. Pessoas maduras que compartilham a vida devem aprender a resolver seus desentendimentos de uma maneira positiva, sem se agredir ou machucar um ao outro.

Considerando todos os itens acima, apresentamos 5 motivos para mudar sua percepção negativa sobre as discussões de casal.

1.- Se discutimos, é porque nos importamos

Talvez essa frase possa soar um pouco obsoleta ou “clichê”. No entanto, a verdade é que apenas dedicamos nosso tempo e intelecto àquilo que nos move e nos importa. Quando algo ou alguém não nos interessa, simplesmente ignoramos ou relevamos, para evitar perder tempo e nos desgastar física e emocionalmente.

Se discutimos com nosso parceiro sobre suas decisões, pensamentos ou atitudes, é porque sua vida e seu bem-estar nos despertam preocupação e interesse. Caso contrário, quando a realidade de uma pessoa não nos afeta, utilizamos o famoso ditado “a palavras tolas, ouvidos surdos”.

Discutir permite crescer juntos

2.- Discutir permite refletir e melhorar

Naturalmente, é verdade que melhorar um relacionamento requer dedicação de ambos os lados. Mas, antes de tudo, melhorar requer reconhecer a existência de um problema.

Se não discutirmos, não há problema, e se não houver problema, não se pode pensar em uma solução. Portanto, um casal que não discute suas próprias divergências dificilmente conseguirá repensar e melhorar sua convivência.

Se algo nos incomoda em nosso parceiro, é importante conversar para encontrar juntos uma forma de superar esse problema. Caso contrário, um problema pequeno pode continuar a crescer e até se tornar um motivo para uma separação no futuro.

“A irritação é uma emoção muito intensa que sequestra o cérebro. Quando a irritação toma conta, faz a nossa memória se reorganizar a ponto de nos fazer esquecer, em plena discussão, por que ela começou”

–Daniel Goleman–

3.- O autoconhecimento faz parte do lado positivo das discussões dos casais

Muitas pessoas tentam esquecer ou ignorar o que dizem e o que ouvem durante uma discussão. No entanto, as palavras que proferimos em um momento de alteração ou raiva podem ensinar muito sobre nossos pensamentos.

Também é possível que um dos dois tenha silenciado certas opiniões para prejudicar ou criar uma discussão, e essas palavras guardadas são ditas quando uma discussão começa por outras razões.

Durante uma discussão, é possível que se suspenda a moderação que aplicamos no dia a dia para garantir uma boa convivência. As fortes emoções desse momento nos permitem falar sem filtros daquilo que preferimos manter em silêncio, justamente para evitar discussões.

Ainda que haja um pouco de tensão, alguma divergência pode ser revelada quanto ao modo de pensar, a uma determinada atitude ou a um assunto em particular durante uma discussão. É importante reconhecer a possibilidade de aprender sobre a nossa personalidade, com base na opinião daqueles que compartilham a vida conosco.

Discutir permite refletir e melhorar

4.- Discutir permite crescer juntos

Muitas vezes, acreditamos que pessoas parecidas podem formar uma parceria de sucesso; no entanto, as pessoas diferentes tendem a se enriquecer em uma convivência harmoniosa. Se um casal souber como discutir suas diferentes visões de mundo, o resultado será o aprendizado mútuo, que lhes permitirá crescer juntos.

Se rejeitarmos alguém por ser diferente ou se impusermos a nossa opinião, deixaremos de nos enriquecer com a sabedoria do outro. Além de violar o direito de cada pessoa a desenvolver livremente suas habilidades cognitivas e emocionais.

É muito importante lembrar a necessidade de respeitar e amar a outra pessoa do jeito que ela é, e não como gostaríamos que ela fosse.

O lado positivo das discussões de casal não aparece por si só, mas sim requer uma atitude de diálogo positiva. Uma discussão deve servir para entender a pessoa com quem compartilhamos a vida e, assim, resolver certas divergências.

Recomendados para você