O método hipopressivo para recuperar a forma após a gravidez

11 de maio de 2018
A prática do método hipopressivo para recuperar a forma após a gravidez é uma das alternativas que podem ajudar a mulher a se sentir melhor nessa fase.

Você está tentando perder alguns quilinhos após a gravidez? Gostaria de recuperar ou até mesmo melhorar o tônus muscular da região abdominal? Então, considere dar uma chance ao método hipopressivo para recuperar a forma após a gravidez.

Devemos nos lembrar de que durante a gestação o corpo da mulher aumenta de tamanho e passa por várias mudanças. Principalmente no pós-parto, ficam bastante evidentes. Algumas delas são o estiramento da pele, a perda do tônus muscular, a reorganização dos órgãos internos, entre outras. Obviamente, tudo isso gera certo incômodo que não deve ser ignorado.

Assim que o médico autorizar a mulher a praticar atividades físicas, então é possível avaliar os tipos de treinamentos e programas mais adequados. A finalidade disso é buscar a melhor maneira de trabalhar o corpo (medida em esforço, duração, repetição e constância) para garantir o bem-estar físico.

Consequentemente, exibir uma barriga lisinha, como a que talvez você tinha antes da gravidez, exige dedicação, tempo e esforço. Além de uma boa rotina de exercícios, você vai precisar manter uma alimentação balanceada e, em geral, um estilo de vida saudável. A ideia é procurar fazer com que todos os nossos hábitos tenham um efeito positivo ao agir em conjunto.

O método hipopressivo para recuperar a forma após a gravidez é o aliado ideal nesses casos. Não apenas porque foi elaborado para beneficiar a mulher de forma progressiva, mas também porque é um tipo de exercício bastante completo. No entanto, isso não significa que seja complicado.

Dar à luz o ser que você mais ama é um dos acontecimentos mais importantes da sua vida. No entanto, os efeitos que deixa no seu corpo podem fazer você se sentir um pouco incomodada.

método hipopressivo para recuperar a forma após a gravidez

O que é o método hipopressivo?

O método hipopressivo faz parte de um dos ramos do mundo fitness. É um conjunto de exercícios rítmicos e sequenciais que envolvem manter determinada postura ao mesmo tempo em que se trabalha a respiração.

Esse conjunto de técnicas teve início nos anos 1980 para melhorar o tônus muscular da região abdominal e do assoalho pélvico nas mulheres que tinham dado à luz. Foi inclusive classificado como um tipo de terapia pós-parto para aliviar os sintomas de incontinência urinária.

No início, baseava-se em uma série de exercícios abdominais simples. Mas, com o tempo, foram incluídos exercícios mais específicos de acordo com as necessidades de cada mulher.

Características do método hipopressivo para recuperar a forma

O primeiro aspecto que é preciso levar em consideração para iniciar a prática do método hipopressivo para recuperar a forma é o período do pós-parto.

Recomenda-se esperar dois meses após o parto se tiver sido vaginal e quatro meses se tiver sido uma cesárea. Também é aconselhável realizar uma avaliação prévia para conhecer melhor o estado de saúde da mãe. Apesar dessas recomendações importantes, é um método que se ajusta a cada pessoa.

Assim, as características do método hipopressivo para recuperar a forma são as seguintes:

  • Tem como objetivo principal tonificar o abdômen e, portanto, melhorias funcionais e estéticas.
  • Serve para prevenir hérnias abdominais, vaginais e inguinais.
  • Os exercícios são indicados por profissionais que adaptam a técnica de acordo com a paciente e o nível de enfraquecimento do perímetro abdominal.
  • Envolve uma técnica de respiração que ajuda a abrir as costelas, alongando o diafragma com o objetivo de tonificar os músculos.

O melhor de tudo é que os resultados podem ser percebidos ao realizar os exercícios de 2 a 3 vezes por semana em sessões de 20 minutos que podem aumentar com o tempo.

Vantagens de praticar o método hipopressivo

Sem dúvidas, a principal vantagem do método hipopressivo para recuperar a forma após a gravidez é a redução do volume do abdômen. No entanto, realizar esses exercícios no tempo certo, traz os seguintes benefícios:

Corrige a postura

Em geral, durante a gravidez, devido ao aumento de peso na região abdominal e lombar, a postura é modificada. Isso provoca constantes dores nas costas e outros incômodos.

Realizar o método hipopressivo favorece a flexibilidade da coluna vertebral, assim como seu alongamento. Também aumenta a força dos músculos externos, reduzindo as dores e favorecendo a parte estética.

Recuperação do tônus muscular

O grande tamanho do feto e o crescimento do útero fazem com que o abdômen se estique significativamente. O método hipopressivo restabelece o tônus muscular perdido, assim como suas funções. Por isso, melhora a incontinência urinária, os incômodos durante as relações sexuais e a possível queda dos órgãos internos, também chamada de prolapso.

método hipopressivo para recuperar a forma após a gravidez

Melhora a prisão de ventre

Um dos sintomas que costuma aparecer após dar à luz é a dificuldade no trânsito intestinal. Uma técnica adequada do método hipopressivo ajuda a reprogramar a tonicidade dos músculos, melhorando sua função. Envolve, portanto, a musculatura do trato intestinal, reduzindo a prisão de ventre.

Aumento da resistência respiratória

Outra vantagem do método hipopressivo para recuperar a forma é regular a tensão do diafragma torácico. Os benefícios dessa ação podem ser percebidos na diminuição do cansaço ao levantar peso, seja ao carregar seu bebê ou ao realizar outra atividade. E também reduz as chances de sofrer de asma.

Aumento do rendimento nas atividades físicas

Um benefício do método hipopressivo em longo prazo é a capacidade de movimento e a força que os músculos adquirem. Além disso, ao melhorar a respiração em todos as suas modalidades, é possível aumentar os períodos de treinamento sem sentir cansaço ou fadiga muscular.

Em conclusão, uma mulher que acabou de dar à luz pode se sentir incomodada com a aparência do seu corpo. No entanto, o método hipopressivo para recuperar a forma após a gravidez pode ajudar as mulheres a se encontrar consigo mesmas, melhorando inclusive emocionalmente.