O peso do bebê durante a gravidez

27 de março de 2019
Embora cada bebê tenha suas condições particulares, existem certas regras que podem ajudar a saber o peso que ele pode ter ao nascer. Você quer conhecê-las?

Saber o peso do bebê durante a gravidez é uma das maiores dúvidas que os pais têm quando vão a uma consulta e fazem um ultrassom. A partir disso, perguntas começam a rondar as suas mentes. De fato, a maioria dos especialistas começa a dar um cálculo aproximado após três meses de gestação.

O peso do bebê durante a gravidez é um dado muito importante para que o médico possa avaliar o desenvolvimento adequado do feto. O peso é calculado de forma aproximada, levando em consideração três parâmetros fundamentais.

Parâmetros para calcular o peso do bebê durante a gravidez

  • Medida da circunferência cefálica
  • Comprimento do fêmur
  • Circunferência do abdômen

Com essas três medidas que podem ser facilmente descobertas no ultrassom, o especialista faz uma correlação para dar um valor estimado que é muito próximo do peso que o bebê terá, mas sempre tendo uma margem de erro de 10%.

Parâmetros para calcular o peso do bebê durante a gravidez

Regra de Dexeus

Uma das fórmulas usadas para calcular o peso do bebê durante a gravidez é a chamada regra de Dexeus. Ela recebeu esse nome devido ao ginecologista de origem catalã que a elaborou: Santiago Dexeus.

A regra de Dexeus indica que o feto dobra o seu peso a cada mês lunar após o terceiro mês de gestação, até atingir o sexto mês. Nos três meses restantes, ele aumenta aproximadamente 700 gramas em uma base mensal.

Essa regra é baseada em uma tabela que começa aos três meses com um feto de 125 gramas, conforme mostrado a seguir:

3 meses: 125 g; 4 meses: 125 x 2 = 250 g; 5 meses: 250 x 2 = 500 g; 6 meses: 500 x 2 = 1000 g; 7 meses 1000 + 700 = 1700 g; 8 meses: 1700 + 700 = 2400 g; 9 meses: 2400 + 700 = 3100 g.

Esta é uma maneira de orientar os especialistas para fazer um acompanhamento do desenvolvimento do bebê. No entanto, o peso final vai depender de diferentes fatores associados ao crescimento. Quais são eles? Fatores genéticos, a alimentação e nutrição da mãe ou o estado emocional durante a gravidez.

Cada bebê é único

Da mesma forma que acontece após o nascimento, durante a gravidez cada bebê tem um desenvolvimento diferente e individual. Embora possa ser comparado a uma média já estabelecida, sempre há uma margem de diferença.

Somente o especialista pode indicar se o desenvolvimento do seu filho durante a gestação está adequado. Por isso, uma série de ultrassonografias é feita de forma contínua durante todas as semanas de gestação.

Certamente, o peso do bebê durante a gravidez é muito importante, visto que está associado com o desenvolvimento adequado de todo o organismo.

Além disso, o peso ideal ao nascer é importante, pois há mudanças na temperatura na hora de nascer que vão afetar o bebê em maior ou menor grau de acordo com a quantidade de gordura corporal que ele tiver.

Ademais, o bebê precisa passar de uma alimentação feita diretamente através do cordão umbilical para uma alimentação direta através da amamentação.

Para isso, o bebê precisa ter uma capacidade de sucção adequada, que se relaciona com a quantidade de massa corporal que ele possui. Quanto maior a massa corporal, maior deveria ser a força para sugar.

Cada bebê é único

Boa alimentação

Idealmente, a mãe deve receber uma alimentação completa. Nessa fase, ela deve receber uma dieta equilibrada na qual consuma todos os nutrientes necessários para o bom desenvolvimento fetal. E, além disso, também deve receber a suplementação adequada durante cada fase da gravidez.

Embora existam muitos calendários e tabelas de desenvolvimento fetal, lembramos que apenas o especialista é capacitado para indicar se o crescimento e o desenvolvimento do seu filho durante a gravidez estão apropriados. Então, a menos que ele te diga o contrário, não se preocupe se perceber que o peso do seu bebê é um pouco diferente dos demais.