O que é o desaparecimento do colo do útero?

· 26 de dezembro de 2018
Quando somos mães de primeira viagem, qualquer coisa nos assusta, especialmente quando chega a hora do parto.

Por exemplo, ouvir frases como o desaparecimento do colo do útero pode ser realmente intrigante. Alguma coisa errada? Por que o colo do útero desapareceu? A seguir te contamos do que se trata.

À medida que o nascimento do bebê se aproxima, o corpo da mulher se adapta para isso. Como é de se esperar, durante os meses de gestação, o útero materno funciona como uma cápsula protetora para o feto.

O objetivo é preservar a gravidez sem deixar escapar nada. No entanto, o resultado é o contrário, pois é preciso começar a deixar o bebê sair.

Ante a chegada iminente do parto, o colo do útero passa por um processo de dilatação gradual. O corpo da mulher começa a encurtar o colo do útero e dilatar lentamente, em uma adaptação que pode levar horas.

Então, os especialistas costumam chamar essa situação de desaparecimento do colo do útero antes do parto.

desaparecimento do colo do útero

O desaparecimento do colo do útero é um processo normal que ocorre na preparação para o nascimento do bebê. O parto normal requer uma dilatação gradual para garantir uma expulsão correta e segura.

No entanto, o colo do útero também começa a desaparecer ao final da gravidez, mesmo que o parto seja planejado por cesariana.

Ou seja, à medida que o momento do nascimento se aproxima, o colo do útero se suaviza, pode encurtar e inclusive se tornar mais fino até desaparecer imperceptivelmente.

Como ocorre o desaparecimento do colo do útero?

Para saber como o desaparecimento é produzido, os especialistas o medem em porcentagens.

“A mãe para o filho é uma joia, o filho para a mãe é uma glória”

-Provérbio chinês-

Dependendo da proporção do afinamento do colo, o médico poderá dizer se 30% ou 50% já desapareceu, até chegar a 100%.

Quando se produz um desaparecimento de 50%, por exemplo, estamos mais perto do parto. Com 100% de desaparecimento, pode-se dizer que o parto está prestes a ocorrer.

Durante as últimas semanas de gravidez, o médico irá examiná-la para descobrir o quanto o colo do útero desapareceu. Quando finalmente chegar a hora do parto, o exame será feito com mais frequência.

Na primeira gestação, a dilatação não ocorre antes do desaparecimento. Contudo, ocorre o contrário nas mulheres que já possuem filhos.

Para saber se uma mulher já se encontra em trabalho de parto, os especialistas realizam um toque vaginal que lhes permite avaliar a porcentagem do desaparecimento. Quando o colo do útero começar a desaparecer, indica que houve contrações uterinas consideráveis.

Geralmente, o colo do útero é composto por uma faixa muscular que liga a vagina ao útero. É bastante grossa e firme, medindo cerca de uns três centímetros de comprimento. Essa faixa vai diminuindo até se confundir com o útero. Então o formato de pera desaparece.

Fases do desaparecimento e dilatação

Sabemos que as mães de primeira viagem podem demorar mais tempo para dar à luz porque a fase de dilatação não ocorre até que o colo do útero tenha desaparecido.

Esse processo pode ser muito lento, podendo demorar dias. No entanto, se a mulher já passou por um parto anteriormente, a dilatação e o desaparecimento ocorrem ao mesmo tempo.

desaparecimento do colo do útero

Embora todas as mulheres sejam diferentes, a forma natural em que essas fases ocorrem são: dilatação, desaparecimento e expulsão.

O colo do útero pode desaparecer na dilatação como já dissemos. O objetivo é produzir uma dilatação desde 0 até aproximadamente 10 centímetros.

O desaparecimento

O desaparecimento do colo do útero começa a ocorrer cerca de 72 horas antes do parto. Ele pode desaparecer no tempo mínimo de 48 horas, mas cada mulher é diferente.

Nesta fase, o colo do útero deve encurtar até que fique com menos de um centímetro. Ou seja, deve ser reduzido em pelo menos 2,5 centímetros aproximadamente.

A dilatação

Uma vez que ocorreu o desaparecimento, a dilatação se inicia (no caso das mães de primeira viagem). O pequeno orifício que restou deve começar a se alargar para receber o bebê, é isso que se denomina dilatação.

O tempo para que esse processo ocorra pode variar em cada mulher. Mas para a primeira gestação sempre é demorado. As mulheres que já deram à luz antes dilatam 1,2 centímetros por hora, enquanto as novas mães dilatam apenas 1 centímetro.