O que fazer se meu filho for picado por uma vespa?

21 de janeiro de 2019
Não é necessário entrar em pânico se uma vespa tiver mordido o seu pequeno. Depois de ler estas recomendações, você perceberá como é fácil enfrentar essa emergência.

Intoxicações por picadas de insetos são geralmente uma das principais preocupações dos pais. Isso se deve, em parte, ao fato de que eles não sabem como o corpo da criança pode responder a esse evento, como a picada de uma vespa, por exemplo.

Nesses casos, os adultos geralmente se perguntam se será necessário levar a criança para a emergência ou se é possível que ela seja atendida em casa. Além disso, se perguntam sobre os sintomas que a criança irá apresentar.

Por esse motivo, é comum se perguntar sobre o que fazer se seu filho for picado por uma vespa.

As épocas do ano em que há geralmente mais vespas são durante a primavera e o verão. Se levarmos em conta que também são as épocas em que as crianças tendem a sair para brincar ao ar livre, entenderemos que há um risco maior de que elas sejam o alvo dessa situação.

Portanto, queremos que você esteja ciente das soluções mais imediatas para esse problema. Assim, você pode efetivamente lidar com essa pequena emergência.

Conhecendo o inimigo

A primeira coisa que você deve fazer é não perder a calma. É bom saber que, embora a criança possa ser alérgica, se for picada por apenas um desses insetos, você terá tempo suficiente para avaliar a situação e dar toda a atenção necessária. Em teoria, uma picada não é considerada uma emergência letal.

Agora, um bom primeiro passo é saber qual tipo de inimigo você está enfrentando. Vespas são insetos himenópteros. Elas são da família das abelhas, mas, ao contrário delas, têm um ferrão liso que não fica preso na pele do indivíduo que atacam.

vespa

 

Portanto, elas podem picar várias vezes consecutivas e complicar o quadro do que poderia ser o ataque de uma abelha, a qual, ao picar, também perde parte de seu abdômen e morre.

Tanto no caso das abelhas como no das vespas, elas inoculam uma substância que contém componentes que causam dor e uma inflamação poderosas na área. No entanto, raramente traz grandes consequências se a ferida for adequadamente tratada.

O que fazer se meu filho for picado por uma vespa?

Se o seu filho for vítima dessa situação terrível, siga os passos abaixo para ajudá-lo corretamente:

  • Lave a área com muita água fresca e sabão neutro.
  • Embora não seja comum no caso de picadas de vespase o ferrão permanecer na pele da criança, você deve removê-lo com uma pinça estéril. Você não deve beliscar a área, muito menos seguir os mitos populares de sugar a ferida para extrair o veneno. Isso só contaminaria a ferida e traria mais problemas.
  • Em seguida, a área deve ser desinfetada novamente para garantir que não haja partículas que contaminem.
  • Você pode aplicar cremes especializados que contêm amônia e servem para eliminar o desconforto da coceira e queimação.
  • O gelo também é um bom aliado para reduzir o inchaço na área.
  • Em caso de suspeita de alergia: se você perceber que seu filho apresenta problemas respiratórios ou avermelhados vergões em várias áreas de seu corpo, é prudente levá-lo para o pronto-socorro para evitar um choque anafilático.

“As vespas são da família das abelhas, mas ao contrário destas, têm um ferrão liso que não fica preso na pele do indivíduo que atacam”

picada de vespa

O que você deve ensinar ao seu pequenino sobre as vespas

Certamente, ninguém está isento de acidentes com insetos ou qualquer animal. Mas definitivamente devemos ensinar as crianças sobre os perigos e consequências dolorosas de enfrentar ou perturbar esses insetos.

Dessa forma, é muito importante que as crianças saibam que:

  • Elas nunca devem tentar prejudicar uma vespa ou colmeia. Nem mesmo usando pedras. As crianças tendem a pensar, erroneamente, que a distância lhes dará uma vantagem para se proteger.
  • Se um desses insetos se aproximar delas, elas não devem se mover ou começar a balançar as mãos no ar para tentar afastá-las, pois essa ação as encorajará a atacar.
  • Em caso de estar na piscina, no rio ou na praia, é prudente que elas sacudam suas roupas antes de se vestir para evitar o contato direto com uma vespa que tenha pousado lá.
  • Durante passeios ao ar livre ou no verão, é preferível manter os alimentos cobertos, especialmente frutas doces como bananas, que é uma das fraquezas nutritivas das vespas.

Por fim, se exames revelaram que seu filho é propenso a quadros alérgicos graves, é bom conversar com seu pediatra para ter um kit de emergência e guia de ação para casos sensíveis como esse.