O que fazer se o meu filho tirar notas baixas?

2 de junho de 2019
Aprender o que fazer se seu filho tirar notas baixas pode fazer a diferença entre atitudes agressivas e comportamentos responsáveis. Embora sejam grandes os sentimentos de frustração e decepção, o ideal é oferecer ferramentas para superar a situação.

A escola é o segundo lar de seu filho. É o lugar onde ele aprende a conviver com outras crianças e estuda para enfrentar o futuro. Também é o local onde encara a avaliação de seus conhecimentos para traduzir os resultados por meio de notas.

Em algumas ocasiões, elas podem contrastar com todo o esforço realizado por pais e filhos. O que devo fazer se o meu filho tirar notas baixas? Como posso melhorar o clima tenso em casa?

O que fazer se o meu filho tirar notas baixas na escola

Nem tudo pode ser perfeito na vida das crianças. Mais cedo ou mais tarde, com certeza chegará aquele momento em que seu filho chegará em casa com notas baixas.

Não se desespere e esforce-se para manter a calma, já que pode haver várias razões por trás desse leve fracasso. Essa atitude pode gerar confiança para, através do diálogo, entender o que aconteceu de errado.

Por que o meu filho tirou notas baixas?

As notas baixas podem dizer muito sobre as crianças e o seu comportamento na escola. Por isso, convém analisar todos os aspectos que podem estar envolvidos nesas circunstâncias. Os motivos mais comuns que geram esse tipo de situação podem ser:

Transtornos emocionais

Muitos jovens ficam nervosos diante de provas, eles têm de lidar com a ansiedade, a depressão e o medo. Isso pode ocorrer porque são perfeccionistas ou não se sentem capazes.

Problemas de aprendizagem

Algumas crianças apresentam dificuldade para ler, memorizar, escrever e definir conceitos, o que se traduz em distração. Esses transtornos levam a comportamentos impulsivos, agressivos, desobediência e falta de motivação.

Maus hábitos de estudo

Essa pode ser considerada a causa principal do fracasso escolar, já que muitas crianças não sabem definir estratégias para aprender. Na maioria dos casos, o jovem não sabe estudar e é desorganizado, o que dificulta o aprendizado.

menino estressado

Dificuldades familiares

Problemas como separação dos pais, morte de um ente querido ou um familiar doente que requer cuidados especiais podem causar estresse e prejudicar os estudos. Além isso, a família pode estar passando por problemas econômicos ou a criança está experimentando as mudanças típicas da idade.

No entanto, as crianças não têm 100% de culpa pelas notas baixas. Todos que participam no processo de aprendizagem têm alguma influência. Ou seja, pais, professores e crianças. Portanto, a punição não é a solução. O ideal é que aprendam com seus erros para que possam ser superados.

Soluções para as notas baixas dos filhos

É normal que quando o seu filho tira notas baixas você sinta muita preocupação como responsável pela criança. Entretanto, é importante lidar com os sentimentos de desespero e decepção para oferecer a ajuda que é necessária nesses momentos.

“Muitos jovens ficam nervosos diante de provas, quando têm de lidar com a ansiedade, a depressão e o medo.”

O trabalho dos pais não é apenas punir, mas educar e proporcionar as ferramentas de superação. Algumas recomendações para resolver essa desagradável situação são:

Evite gritar e fazer drama

Gritar e dramatizar a situação só irá piorar o problema e dá brecha a desculpas e mentiras por parte do seu filho. Além disso, você pode fazer com que a criança entre em pânico, chore e esconda o verdadeiro problema por medo de contar o que está acontecendo com ela.

Comunicação sincera e franca

É muito provável que as crianças também se sintam desapontadas com os resultados. Por isso, diga para ela o quando você a ama, apesar das circunstâncias e que você só quer ajudá-la a superar essa fase difícil. A sinceridade fará com que a criança explique o que ela acredita ser o motivo das notas baixas.

nota baixa em matemática

Planejamento

Uma vez identificado o problema, podemos começar a planejar as estratégias de estudo em equipe. Para garantir o êxito, certifique-se de que tenha os seguintes aspectos:

  • Uma alimentação saudável e balanceada, que forneça os nutrientes necessários para estimular a inteligência.
  • Descansar o suficiente e reduzir as horas de videogames, televisão e lazer.
  • Estabelecer rotinas de estudo dinâmico, em que se integrem diferentes estratégias de aprendizagem. O ideal é que encontrem motivação e interesse pela aprendizagem.
  • Oferecer apoio e dar demonstrações de carinho em cada fase, isso é muito importante para o seu filho.

Em conclusão, se o seu filho tirar notas baixas, procure ficar calma, respire profundamente e mostre uma atitude compreensiva. Elabore um plano de ação e reforce positivamente o seu desejo de melhorar. Lembre-se de que o modo como você enfrentar a situação servirá de exemplo para situações semelhantes no futuro.