O reflexo de sucção dos recém-nascidos

03 Abril, 2018
Você sabe em que consiste o reflexo de sucção? Certamente você já percebeu que quando aproxima algo da boca do bebê ele reage instintivamente.

É um instinto primitivo presente em todos os mamíferos e o ser humano não é uma exceção. O reflexo de sucção dos recém-nascidos ocorre involuntariamente e, se não acontece normalmente, pode ser um sinal de que o desenvolvimento do bebê não está normal.

Se você é ou está prestes a ser uma mãe que amamenta, confira esse artigo. Aqui vamos contar tudo o que você precisa saber sobre o reflexo de sucção dos recém nascidos.

O que exatamente é o reflexo de sucção?

Ao nascer, os bebês trazem consigo os instintos básicos que necessitam para sua sobrevivência. Embora eles tenham o cuidado de seus pais ao nascer, algumas habilidades inatas e involuntárias são essenciais para permitir a sua sobrevivência. Esse é o caso do reflexo de sucção.

O bebê apresenta o reflexo de sucção mesmo antes de nascer, dentro do útero. Aproximadamente no quarto mês de gestação já é possível perceber esse movimento involuntário por meio de um ultrassom.

Isso é possível de ser identificado pois é o mesmo estágio em que o bebê começa a chupar o dedo. O líquido amniótico também tem um papel importante para a consolidação desse reflexo pois é um processo que anda de mãos dadas com o reflexo da deglutição.

Este processo não deve ser confundido com um tipo de condicionamento clássico. Os reflexos de sucção e deglutição são tão primitivos que estão registrados nos genes tanto de bebês humanos quanto de descendentes de qualquer outro mamífero.

Esses reflexos permitem que o corpo do bebê coordene corretamente os reflexos de forma que ambos se complementem. Ou seja, o reflexo de sucção em combinação com o reflexo da deglutição permitirá que o bebê tenha habilidade de sugar o leite materno corretamente, desde o momento do seu nascimento.

O reflexo de sucção é essencial para a sobrevivência do bebê

É um reflexo temporário

O reflexo de sucção não necessita da presença do seio materno para verificar se esse instinto está, de fato, presente. Basta aproximar o dedo dos lábios do bebê para que ele responda ao estímulo querendo sugar.

Vale dizer que o reflexo de sucção geralmente desaparece entre os seis e os nove meses de idade. Isto não significa que esta seja a idade correta para o final da amamentação, nem implica que o bebê vai perder a capacidade de sugar.

O que acontece é que nesse estágio os bebês começam a ter consciência da execução de seus movimentos. Isto é, realizam a sucção voluntariamente e não mais como reflexo. Por isso, antes do primeiro ano de vida o bebê pode ter algumas atitudes que não tinha até então, como rejeitar o seio ou a mamadeira se não estiver com fome naquele momento.

Tipos de sucção dos bebês

Temos duas maneiras de classificar o reflexo de sucção. Uma é do ponto de vista direto do bebê, e outra, do efeito que esse reflexo tem sobre a mãe.

Ambas as classificações contam com dois subtipos: sucção madura e imatura, e sucção correta e incorreta. Em seguida, vamos explicar cada uma delas:

Sucção madura

O reflexo de sucção dos bebês pode ser definido como maduro se, durante a amamentação, ele realiza de 10 a 30 sucções sem parar.

Isso significa que o bebê está coordenando a sucção, a deglutição e a respiração sem problemas. Ele realiza todos os três sem esforço durante a sua alimentação.

Sucção imatura

É aquela em que existe alguma dificuldade na execução do reflexo. Isso pode ser identificado quando o bebê faz de 3 a 5 sucções e depois para para descansar ou respirar.

A sucção imatura pode ser um indício de má coordenação dos estímulos necessários para a amamentação. Quando o bebê parece se esforçar demais para conseguir sugar o leite materno ou ainda não consegue, pode ser que exista algum problema, como a presença do frênulo lingual curto.

Sucção correta

O reflexo de sucção correto ocorre quando é realizado de forma fluida e natural. Também não deve machucar ou causar desconforto no seio materno.

A sucção correta está relacionada diretamente à sucção madura. Embora seja comum que uma sucção madura ocorra sem desconfortos no seio materno, nem sempre elas são inclusivas.

reflexo de sucção

Sucção incorreta

É aquela na qual o bebê causa dor ou algum desconforto no seio da mãe. Pode ser apresentado em forma de uma sucção com dor ou até mesmo de aparecimento de infecções nos mamilos. Pode ser um sinal de frênulo lingual curto se a criança fizer muito esforço para sucção e mesmo assim mantiver baixo peso.

Vale lembrar que isso não se trata necessariamente de um problema patológico. Tanto a sucção imatura quanto a incorreta podem ocorrer devido ao uso precoce de mamadeiras ou chupetas. Isso pode levar a falta de costume do bebê ao formato do seio da mãe.

Outros objetivos do reflexo de sucção

O processo de sucção não serve apenas para o bebê se alimentar sem problemas, é um estímulo de duas vias. Por um lado, o seio da mãe estimula automaticamente os lábios do bebê para começar a se alimentar. Pelo outro, a sucção é um estímulo para a produção de leite.

O reflexo de sucção também serve como uma medida tranquilizante para o bebê. Isso está relacionado mais à necessidade de segurança que o contato com a mãe proporciona do que a alimentação em si. Pois isso não é de se estranhar que os bebês se sintam mais confortáveis e se tranquilizem mais facilmente perto do seio da mãe, mesmo que não estejam se alimentando.

  • DE LA DEGLUCIÓN, F. A. S. E. S. (2003). Transtornos del Mecanismo Succión Deglución. Revista Gastrohnup5(1), 73-75.
  • Garrido, A. (2017, 7 noviembre). ¿Cómo es la evolución del bebé de 9 meses? Recuperado de https://lamenteesmaravillosa.com/la-evolucion-del-bebe-9-meses/