Ecografias: tudo o que você precisa saber

· 30 de outubro de 2017

O momento de realizar as ecografias é talvez um dos mais esperados quando se está “esperando”. Continue lendo e você vai saber por que as ecografias são muito mais do que uma imagem do seu bebê.

A gravidez pode parecer muito longa quando você fica pensando em como seu bebê vai ser, como sua carinha vai ser, ou como serão suas mãozinhas. Apesar de atualmente haver muitas informações para que você possa ter uma ideia de tudo isso, o momento de fazer uma ecografia sempre é uma motivação especial.

Com as ecografias podemos ver o bebê, ouvir seu coração e constatar seu crescimento. Elas são muito importantes para o controle e o acompanhamento da gravidez, por isso é aconselhável seguir as recomendações médicas em relação ao calendário de exames e ecografias recomendadas.

O que é, e para que servem as ecografias?

Uma ecografia é uma imagem criada a partir de ondas que “refletem” no útero para projetar uma imagem do bebê em uma tela. O exame é realizado usando um gel condutor que é aplicado na região abdominal e que ajuda o transdutor na hora de enviar as ondas.

Também existem ecografias transvaginais, que costumam ser realizadas no primeiro trimestre e cujo método é semelhante ao das abdominais, mas são realizadas a partir da vagina. Não é uma técnica invasiva, por isso você não tem que se preocupar com a possibilidade de machucar de alguma maneira o bebê.

As diferentes ecografias destinam-se a responder diferentes perguntas, assim em cada uma delas você poderá saber coisas novas sobre seu bebê.

mulher grávida fazendo uma ecografia

Tipos de ecografia

O tipo de ecografia utilizado para o acompanhamento da gravidez são as 2D ou ecografias em duas dimensões. Elas são mais complicadas de “decifrar”, pois não oferecem uma imagem tão nítida para quem não é um profissional da área.

Nos últimos anos, viraram moda as ecografias 3D, projetadas para oferecer imagens que vão facilitar a visualização do bebê. Uma das maiores vantagens das ecografias em 3 dimensões é que elas facilitam o trabalho de reconhecimento por parte do profissional de possíveis anomalias no feto, assim como a identificação de outros exames que devem ser realizados em cada caso.

São fotografias que se destacam por dar volume e profundidade ao que se vê dentro do útero materno.

Por último, existem as inovadoras ecografias 4D, que são produto do movimento real das ecografias 3D. É um vídeo resultante das várias imagens das ecografias 3D. Essa é a tecnologia mais inovadora em relação à imagem do bebê dentro do útero.

Tanto as 3D como as 4D não são oferecidas pelo sistema de saúde público, por isso certamente você terá que pagar por elas em clínicas e hospitais privados.

Você verá meu corpo se transformar em berço para que o filho dos seus sonhos possa nascer

–LauraVictoria–

Quantas ecografias são realizadas durante a gravidez?

Normalmente são realizadas 3 ecografias durante a gravidez. Podem ser realizadas mais ecografias, mas essas três são as que marcam diferentes pontos de inflexão para verificar que tudo está bem na gravidez.

1ª ecografia

É realizada entre a 6ª e a 12ª semana de gravidez. Ela serve para confirmar a notícia da gravidez. Mas, além disso, é a primeira vez que os futuros papais vão olhar para o bebê. É a primeira vez que você vai escutar os batimentos do coraçãozinho do seu pequeno, o que transforma esse momento em um dos mais emocionantes da gravidez.

mulher grávida com uma ecografia sobre a barriga

Além disso, nesse ponto já é possível saber a data aproximada do parto, pois se pode calcular o tempo de gestação.

2ª ecografia

É realizada entre a 18ª e a 20ª semana de gravidez. Nesse momento da gravidez você vai descobrir o sexo do bebê, ou seja, se é um menino ou uma menina, pois os órgãos genitais já estarão formados.

Além disso vocês poderão ouvir e ver o coração batendo e são medidos o diâmetro do crânio ou biparietal (DBO), o comprimento do fêmur (LF) e a circunferência do abdômen (CA). Todas essas medidas são realizadas para garantir o crescimento adequado do bebê.

3ª ecografia

É realizada entre a 33ª e a 34ª semana de gravidez. É a última ecografia da gravidez. A partir daqui você vai realizar exames até o momento do parto. Nessa última ecografia, tenta-se identificar possíveis anomalias tardias no desenvolvimento do bebê, além de verificar seu crescimento, e a posição que ele vai se estabelecendo na proximidade do nascimento.

Ela oferece uma imagem do bebê completamente formado, o que ajuda os pais a terem uma noção mais clara de como seu pequeno é.