Os primeiros alimentos para oferecer ao bebê

· 2 de março de 2018
Começar a dar outros tipos de alimentos, além do leite, é um tema complicado. Depende, em grande medida, do grau de desenvolvimento do seu bebê. A seguir, daremos excelentes opções para você considerar.

Segundo a Associação Americana de Pediatria, os bebês deveriam começar a ingerir sólidos entre os 4 e 6 meses. Além da idade, ele deve demonstrar alguns sinais de desenvolvimento antes de ser apresentado a novos alimentos.

Quando esses sinais aparecerem, você saberá que o bebê está pronto para começar uma dieta sólida e diversificada.

Os principais sinais que devemos perceber são:

  • O bebê já perdeu o reflexo de expulsão (que faz com que expulse a colher ou a comida de sua boca).
  • Tem interesse ou curiosidade quando vê outras pessoas comendo e tenta pegar os alimentos.
  • Mesmo que ainda necessite de apoio, é capaz de se sentar com bom controle da cabeça.
  • O peso do bebê dobrou desde o nascimento.

Neste processo é necessário ser muito cuidadoso para andar no mesmo ritmo do desenvolvimento fisiológico do bebê. A forma de preparo dos alimentos também é essencial para que a formação do regime nutricional seja bem-sucedida.

A seguir, vamos listar alguns dos primeiros alimentos para incluir na dieta de um bebê saudável.

Os 4 primeiros alimentos sólidos para o bebê

1.- Abacate

É um excelente alimento inicial para o bebê, pois contém gorduras saudáveis para o crescimento e o desenvolvimento. A textura macia e cremosa do abacate é ideal para o sistema digestivo do bebê.

Esse alimento é rico em vitaminas A, C, niacina, folato, potássio, fósforo, ferro, magnésio e cálcio. Para preparar, remova a casca, extraia a parte de dentro e amasse-a com um garfo.

“Todos nascemos iguais; com a alimentação começa a diferença”

–Dr. Hernán Jaramillo Botero–

2.- Banana

Também é ideal para iniciar o bebe na dieta sólida. As propriedades da banana são ideais para a digestão do bebê. Seu sabor doce e sua textura facilitam que eles aceitem o alimento e o achem saboroso. Essa fruta contém vitamina A, C, folato, potássio, fósforo, selênio, magnésio e cálcio.

Antes de oferecer a banana, descasque, amasse e, se você quiser que fique ainda mais macia, esquente um pouco. É possível adicionar um pouco de leite materno ou de fórmula para que fique mais fácil de ingerir.

A banana é uma excelente alternativa para incluir entre os primeiros alimentos na dieta do bebê

3.- Carnes

Quando o bebê começa a mudar sua forma de alimentação, pode ter deficiência de alguns nutrientes. Principalmente de ferro, zinco e vitamina B12, que está presente em alimentos de origem animal.

Também é necessário esclarecer que o ferro presente nos vegetais não é absorvido tão facilmente.

Por isso é recomendável incluir uma porção de carne na alimentação do bebê. Uma boa maneira de dar carne ao seu filho é verificar se é de boa qualidade, cozinhar e triturar.

Você pode adicionar um pouco de água ou molho para que a textura seja processada sem problemas.

“Uma boa maneira de dar carne a seu filho é verificar se é de boa qualidade, cozinhar e desfiar”

4.- Manga

A manga é um alimento rico em vitaminas A, C, E, K, folato, potássio, fósforo, magnésio, cálcio e sódio. É uma fruta doce que fornece ao organismo do bebê uma grande quantidade de nutrientes.

Da mesma forma que os outros alimentos, você deve descascar, tirar a semente e transformar em uma papinha.

Os primeiros alimentos para o bebê

Recomendações para a dieta do bebê

  • O leite materno ou o leite de fórmula devem ser mantidos na dieta do bebê, mesmo depois de introduzir os alimentos sólidos. Desses alimentos serão garantidas as calorias e os nutrientes que a criança necessita durante seu primeiro ano de vida.
  • Um pouco antes de comer, tente deixar seu bebê tranquilo, limpo e feliz. Assim, será mais provável que ele goste dos alimentos e faça associações positivas.
  • Uma comida de cada vez. Ofereça o alimento durante vários dias antes de introduzir um novo alimento. Isso facilita a identificação de qualquer tipo de reação alérgica.
  • Ao perceber a ocorrência de diarreia, erupções na pele ou vômito após a ingestão de alimento, pare de oferecê-lo à criança e consulte o médico.
  • Se você for oferecer cereais para o bebê, certifique-se de que é apropriado para a idade dele. Os cereais adequados para bebês têm nutrientes específicos.

Ainda que não seja um alimento sólido, o caldo de carne sem temperos também é bom para seu filho. Devido à sua textura e às suas propriedades, ajuda a fortalecer o sistema digestivo do bebê.

Outra recomendação é sempre verificar que os alimentos sejam de boa qualidade. Isso te dará a certeza de construir bons hábitos alimentares desde os primeiros meses de vida do bebê.

Recomendados para você