Papinhas de cereais para bebês: o que você precisa saber

Vamos ensinar você a fazer boas papinhas de cereais para a dieta de bebês. Lembre-se de que as opções saudáveis dependem dos ingredientes que você escolher.
Papinhas de cereais para bebês: o que você precisa saber

Última atualização: 25 dezembro, 2021

As papinhas de cereais são preparações comuns na dieta de bebês e conseguem fornecer uma grande quantidade de nutrientes essenciais, necessários ao crescimento.

Agora, para que sejam uma opção saudável, é fundamental escolher bons ingredientes. Acima de tudo, evite a presença de açúcares simples e outros aditivos que afetam a saúde metabólica das crianças.

A primeira coisa a se ter em mente é que os carboidratos simples podem ter um impacto muito negativo no corpo do bebê e predispô-lo ao estresse pancreático e à resistência à insulina no futuro. Além disso, é inconveniente para os bebês se acostumarem com sabores muito doces, pois eles determinarão suas escolhas alimentares quando ficarem mais velhos.

Quando introduzir cereais na dieta?

Bebê comendo papinha feita de alimentos típicos de uma dieta vegana.

Para começar, deve-se observar que os cereais não devem ser incluídos na alimentação do bebê antes do sexto mês de vida. Até lá o melhor alimento é o leite materno. A partir dessa data, a alimentação complementar pode ser iniciada com segurança.

Agora, é preciso ter em mente que as papinhas de cereal não são essenciais na dieta do bebê. Também não são a única forma de oferecer esses alimentos. Além disso, é necessário evitar adicionar cereais à mamadeira, pois isso favorece um desequilíbrio energético e predispõe as crianças ao excesso de peso.

Por outro lado, é necessário mencionar aqui que existem diferentes tipos de cereais e que nem todos têm a mesma qualidade.

A melhor opção costuma ser a aveia, pois é composta por beta-glucanos, elementos muito necessários para garantir a função digestiva. De acordo com estudo publicado no The Journal of Nutritional Biochemistry, eles conseguem estimular o crescimento das bactérias que compõem a microbiota.

Cuidado com papinhas de cereais industriais

É comum encontrar nas lojas papinhas de cereais prontas. Embora sejam promovidas como naturais, em muitos casos não são inteiramente naturais. A principal razão é que elas contêm açúcares adicionados em altas concentrações. Isso promove o estresse pancreático desde a infância.

Além disso, os cereais presentes nessas papinhas costumam ser excessivamente triturados, condição que favorece a rápida absorção dos carboidratos e o aumento do índice glicêmico. A médio prazo, isso se traduz em níveis descontrolados de açúcar no sangue e leva à resistência à insulina.

A melhor opção é sempre fazer papinhas de cereais em casa, evitar aditivos e combinar aveia com outros ingredientes (por exemplo, flocos de milho ou trigo ou sêmola de arroz). Dessa forma, você obtém um alimento repleto de carboidratos de cadeia longa, ou seja, de boa qualidade.

Além disso, as papinhas caseiras podem ser complementadas com leite (uma fonte de gordura e proteína) ou frutas (uma fonte de fibra).

É positivo incluir grãos integrais na comida do bebê?

O melhor é incluir sempre os grãos integrais na comida do bebê, pois eles se destacam pelo alto teor de fibras. Esse elemento é essencial para se conseguir um trânsito intestinal eficiente e para que a microbiota se torne competente.

Além disso, o consumo regular de fibras em quantidades suficientes está associado a um menor risco de desenvolver problemas de saúde crônicos e complexos no futuro. Portanto, também é recomendável aumentar a ingestão de frutas e vegetais todos os dias do ano.

Prato de papinha para bebê

As papinhas de cereais são benéficas para o bebê

Como você viu, as papinhas de cereal são preparações que trazem vários benefícios para o bebê.

É positivo que apareçam na alimentação dos pequenos com alguma regularidade, visto que lhes fornecem energia e nutrientes de alta qualidade. Da mesma forma, elas servem para melhorar a função digestiva dos bebês. No entanto, devem ser incluídas no contexto de uma alimentação variada e não apenas limitadas a essa opção.

Finalmente, você deve ter em mente que as versões comerciais das papinhas de cereais não são tão benéficas quanto parecem. Seus ingredientes costumam ser muito triturados e podem conter grandes quantidades de açúcares simples e aditivos químicos. Portanto, é melhor evitar os ultraprocessados e sempre prepará-los em casa.

Pode interessar a você...
Qual é o melhor momento para deixar as papinhas de lado?
Sou Mamãe
Leia em Sou Mamãe
Qual é o melhor momento para deixar as papinhas de lado?

Você acha que chegou a hora de deixar as papinhas de lado? Tire todas as suas dúvidas sobre como introduzir na dieta alimentos em pedaços sem probl...



  • Krol, K. M., & Grossmann, T. (2018). Psychological effects of breastfeeding on children and mothers. Psychologische Effekte des Stillens auf Kinder und Mütter. Bundesgesundheitsblatt, Gesundheitsforschung, Gesundheitsschutz61(8), 977–985. Disponible en: https://doi.org/10.1007/s00103-018-2769-0
  • Jayachandran, M., Chen, J., Chung, S., & Xu, B. (2018). A critical review on the impacts of β-glucans on gut microbiota and human health. The Journal of nutritional biochemistry61, 101–110. Disponible en: https://doi.org/10.1016/j.jnutbio.2018.06.010