Permita que seu filho fique entediado

23 Setembro, 2018
“Mamãe, tô entediado”, o pior filme de terror do dia a dia materno. Os especialistas se pronunciaram em relação a essa peça nada cinematográfica à qual todas as mães assistem diariamente.

O conselho dos especialistas pode chamar a atenção daquelas mães que preferem superestimular os pequenos. Permita que seu filho fique entediado.

Sim, é isso mesmo que você leu: deixe que seu filho fique entediado, tranquilamente, sem culpa. Pois quando você recorre aos diversos dispositivos eletrônicos, simplesmente está roubando a oportunidade do seu filho de crescer. Desse modo, a criança não consegue se desenvolver psicologicamente como deveria.

Cada vez que você apela ao tablet ou à televisão, parte da imaginação e da criatividade do seu filho morre um pouco mais a cada dia. Entretanto, por que é tão importante permitir que seu filho fique entediado? Descubra neste surpreendente artigo de Sou Mamãe.

Motivos para deixar seu filho ficar entediado

Esqueça todas aquelas técnicas que você achava úteis para entreter, educar e estimular. Deixe de lado o celular, o tablet e desligue a televisão. Segundo os especialistas no assunto, é conveniente que as crianças não dependam nem abusem dos aparelhos tecnológicos que os pais – com a melhor das intenções – oferecem.

O motivo? Você deve permitir que seu filho fique entediado para, assim, deixar que a mente dele fique em silêncio pelo menos durante alguns segundos. Dessa forma, o pequeno vai ter tempo para observar o mundo e aprender sobre ele. Somente dessa forma vai ser possível para ele imaginar, pensar, sentir e acreditar por si mesmo.

ficar entediado

Além disso, a superestimulação por meio das telas apresenta um efeito contraproducente. Essa prática diminui a sensibilidade infantil aos estímulos naturais do ambiente ao redor. Assim, capacidades como a concentração, a criatividade e a imaginação são gradativamente deterioradas.

São vários os psicólogos especialistas em primeira infância que concordam sobre esse aspecto. É aconselhável oferecer ao pequeno um descanso das atividades programadas. Se você deixa os pequenos com algum tempo livre, eles podem desenvolver uma melhor capacidade de resolução de problemas.

Ao mesmo tempo, outra grande vantagem de permitir que seu filho fique entediado é despertar habilidades motivacionais. Claramente, elas são de vital importância para a vida futura das crianças. Então, não é ruim o fato de a criança se sentir entediada, é preciso somente saber tirar proveito disso.

Não tenha medo quando seu filho ficar entediado

Não tenha medo quando seu filho ficar entediado. Não é imprescindível apelar à “chupeta eletrônica”. Quando a criança não tem o que fazer, ela coloca em jogo uma grande e inestimável riqueza: a imaginação. Esta, ao ser corretamente alimentada, se transforma na criatividade que, na idade adulta, é capaz de abrir muitas portas.

ficar entediado

Criar brincadeiras e histórias de terror e investigar com a imensa curiosidade que possuem: esse é o resultado dos “tempos sem nada para fazer”. Ao ficar o dia todo conectadas, as crianças se esquecem daquilo que é introspectivo. Nesse caso, vários sonhos acabam se desfazendo sem chegar a tocar um grama de realidade.

Do mesmo modo, essas artimanhas tecnológicas, das quais nós, pais, nos utilizamos, enfraquecem nossos vínculos. Pois, já não há união à mesa durante as refeições e as crianças se desacostumaram a olhar as outras pessoas nos olhos. O contato pessoal com pessoas reais – de carne e osso – corre risco de extinção.

Simplesmente, trata-se de deixar a criança brincar e criar aquilo que vier à mente dela. Caso a criança não goste da ideia, ofereça outras alternativas, como seus pais faziam. Ou, por acaso, você não se lembra daquelas viagens intermináveis de carro tentando adivinhar os formatos das nuvens?

Então, como mamãe, não há nada melhor que deixar seu filho ficar entediado. Obviamente, isso só deve ocorrer de vez em quando. Você não será uma mãe ruim por causa disso, nem vai prejudicar os pequenos. Pelo contrário. Afinal, não há nada mais bonito que compartilhar tempo de qualidade com os pequeninos da casa.