Por que você deve permitir que o seu filho escolha a própria roupa

2 de novembro de 2019
Deixar as crianças escolherem a própria roupa traz grandes benefícios para o desenvolvimento delas. Como pais, o nosso trabalho é guiar e não impor os nossos próprios gostos.

Como pais, queremos que os nossos filhos cresçam e se tornem adultos saudáveis, independentes e determinados. No entanto, às vezes nos esquecemos de que a personalidade é construída desde a infância, e que é nosso trabalho guiá-los em direção à autonomia. Permitir que o seu filho escolha a própria roupa é um gesto simples, mas que tem grandes repercussões.

Nossos filhos não são nossos

O segredo para uma educação respeitosa é entender que as crianças são seres humanos individuais. E, como tal, elas têm o direito e a liberdade de serem elas mesmas. Os pais devem orientá-las, acompanhá-las e aconselhá-las, mas nunca assumir o controle de suas vidas.

A imagem pessoal que cada um de nós projeta é amplamente determinada pelas roupas que vestimos. É isso que nos permite desenvolver o nosso próprio estilo e identidade e transmiti-los ao mundo. Para as crianças, esse é um ótimo aprendizado e um aspecto crucial no desenvolvimento da autoestima.

As brigas entre pais e filhos em relação às roupas são comuns em muitos lares. Surge uma luta pelo poder, na qual os dois lados acabam decepcionados. É importante manter o foco na ideia de que, como pais, a nossa missão é criar pessoas saudáveis ​​e felizes, não pessoas que se vestem bem.

educação respeitosa

Assim, não há nenhum problema se uma criança escolher roupas extravagante, com cores que não combinam entre si ou que você, simplesmente, não gosta. O importante é que seja uma roupa confortável e apropriada. O resto faz parte da criatividade e da liberdade que a infância deve ter.

Portanto, não tente impor seus gostos ou opiniões aos seus filhos. Eles não são nossos brinquedos. Eles não existem para que possamos nos expressar através deles. Vamos respeitar a individualidade das crianças, pois assim estaremos construindo as bases de um apego saudável.

Benefícios de permitir que o seu filho escolha a própria roupa

  • Promove a autoexpressão. Permitir que o seu filho escolha a própria roupa lhe dá a possibilidade de se expressar e definir o próprio estilo. Ele poderá experimentar até encontrar a imagem que o defina e com a qual ele realmente sinta que é ele mesmo.
  • Isso é útil para que as crianças assumam a responsabilidade pelo seu corpo e seus cuidados. Escolher a própria roupa é uma maneira de se comprometer consigo mesmo, com o seu corpo e com a sua pessoa, em geral. Promove o autocuidado.
  • Eles se sentirão seguros, respeitados e valorizados. Embora possa não parecer, os seus filhos vão apreciar bastante o seu gesto de permitir que eles decidam sobre a própria imagem.
    • Ao verem que você respeita as decisões que tomarem, a confiança em si mesmos e em você também vai aumentar, e eles não sentirão a necessidade de se rebelar, porque saberão que são levados em consideração.
  • Fortalece a personalidade e o caráter. São esses pequenos passos que ajudam a educar crianças autônomas e independentes. Crescer tomando decisões fará com que o seu filho se torne uma pessoa determinada e capaz de expressar as próprias vontades, sem medo de ser rejeitada.
  • Isso os torna mais responsáveis em relação às roupas que têm. Por serem roupas das quais os seus filhos gostam, que eles mesmos escolheram, eles se sentirão mais envolvidos em relação aos seus cuidados.
    • Dessa forma, vão internalizar rotinas, tais como guardar as roupas ou levá-las para lavar de uma maneira mais natural. Em suma, eles não vão querer que as roupas estraguem.
Benefícios de permitir que o seu filho escolha a própria roupa

Guiar sem impor

Dentro dos limites lógicos, as crianças devem poder experimentar e decidir sobre a própria imagem. O papel dos adultos deve ser guiar e orientar.

É possível que, ao terem a possibilidade de escolher, os pequenos decidam se vestir de uma maneira inconveniente. Como pais, devemos explicar a necessidade de que as roupas sejam adequadas ao clima e à situação social e monitorar as decisões que os filhos vão tomar.

Por outro lado, dependendo da idade e do temperamento da criança, pode ser que ela leve muito tempo para decidir ou então mude de ideia em várias ocasiões. Para resolver essa situação, podemos optar por oferecer duas ou três opções para que ela decida.

O importante é que ela sinta a liberdade de experimentar, falhar e decidir. Que ela encontre um ambiente seguro para se expressar e se sentir aceita e apoiada. E, acima de tudo, que ela saiba que sempre encontrará conselhos respeitosos e amor incondicional nos seus pais.

Portanto, antes de pressionar o seu filho a escolher a jaqueta que, na sua opinião, combina melhor, pense se não é mais importante deixar que ele vista a autoconfiança.