Por que é importante cultivar a paciência nas crianças?

28 de março de 2019
Se você se pergunta porque é importante cultivar a paciência nas crianças, vamos esclarecer as suas dúvidas.

É muito importante cultivar a paciência nas crianças. Por quê? Para que o seu filho possa manter a calma durante situações estressantes, situações que ele vai ter que enfrentar ao longo de sua vida.

A seguir, vamos explicar porque é tão importante que as crianças adquiram esse valor e quais são seus benefícios.

Os perigos da falta de paciência

Uma sociedade estressada

É comum que muitas pessoas permitam que a falta de paciência tome conta delas, ainda mais vivendo em uma sociedade tão estressante.

O estresse e a frustração nos dominam de tal forma que perdemos o controle dos nossos pensamentos e ações. A chave para lidar com isso está na gestão das emoções e no controle da situação. Essas habilidades são conquistadas lutando contra a falta de paciência.

Para muitas pessoas, o mais importante é fazer, ter ou querer tudo de uma maneira extremamente rápida. Como adiantamos anteriormente, as coisas estão acontecendo com mais rapidez ou intensidade a cada dia, de maneira vertiginosa, e é por isso que observamos pessoas que estão imensamente estressadas.

Para evitar que o seu filho seja contaminado por esse tipo de vida, você deve ajudá-lo a começar a ver o lado positivo de aprender a cultivar a paciência.

Os perigos da impaciência

A paciência é uma maneira que o cérebro tem de nos ajudar a desenvolver e manter a tolerância. As pessoas que têm a qualidade da paciência têm múltiplos benefícios em várias facetas de suas vidas, como por exemplo nas relações sociais ou no trabalho. E nós também queremos isso para os nossos filhos, certo?

O que as crianças vão aprender ao ter mais paciência?

  1. Avaliar as coisas com mais perspectiva, sem se precipitar.
  2. Ter mais educação.
  3. Perceber as diferentes situações que exigem tolerância enquanto aproveitam a infância. Isso vai ajudá-las durante a adolescência, fase em que a paciência vai ajudar no controle das emoções que estão se desenvolvendo.
  4. Alcançar grande equilíbrio emocional, fazendo com que a pessoa tenha paz e tranquilidade suficientes para enfrentar os diferentes contratempos com uma melhor atitude e força.

Não dê ouvidos quando seu filho for mal-educado

É um fato que existem crianças malcriadas, muitas delas escandalosas e irritantes. Geralmente falam gritando e dando ordens aos seus pais tais como: “Quero ir embora” ou “Quero isso”.

Mas por que elas fazem isso? Porque não têm paciência. Porque, em parte, seus pais não investiram tempo para ensiná-las como cultivar esse valor.

Visto que as crianças pedem algumas coisas de forma imediata com o objetivo de que os pais as deem, é indispensável ensiná-las a serem pacientes. Não dê as coisas imediatamente, muito menos se não pedirem educadamente.

Uma das coisas que podemos levar em consideração é que as crianças percebem e geralmente copiam o jeito de ser dos pais, então o principal passo é dar o melhor exemplo de paciência. Portanto, naturalmente, você deve ensinar pelo exemplo.

Certamente, quando forem adultas, as crianças vão agradecer todo o esforço de seus pais. Esperamos que você possa se beneficiar de todas as informações que encontrou ao longo deste artigo.

  • Isaacs, D. (2003). La educación de las virtudes humanas y su evaluación (No. 370.034 Is14e Ej. 1 022524). EUNSA.
  • Savater, F. (2001). El valor de educar. Educere, 5(13). https://www.redalyc.org/html/356/35601319/
  • Shapiro, L. E. (2002). La salud emocional de los niños (Vol. 16). Edaf.
  • Snel, E. (2013). Tranquilos y atentos como una rana: la meditación para los niños con sus padres. Editorial Kairós.