Crianças desobedientes: o que fazer para educá-las?

· 17 de fevereiro de 2019
A desobediência das crianças é uma das queixas mais comuns que atrai a atenção dos pediatras. Porém, em certas ocasiões, trata-se de algo completamente normal. Vamos te contar tudo sobre esse problema angustiante.

As crianças desobedientes são aquelas que não respondem às ordens dos pais. Certamente, é um problema que muitas famílias devem enfrentar e que geralmente se resolve quando a criança se torna um adulto.

Nesses casos, uma das principais dificuldades que surge é a comunicação. Qualquer que seja o tom, a gentileza ou a persuasão, nada funciona e parece que a criança não atende aos comentários. Inclusive, ela tem o prazer de não escutá-los!

Da mesma forma, você deve se preocupar se esses comportamentos estão presentes em grande parte de sua vida diária ou se impedem a criança de ter relacionamentos equilibrados com seus colegas e com as pessoas que passam tempo com ela.

Certamente, é claro que as crianças querem defender sua própria opinião e afirmar seus direitos diante dos adultos. Você não deve se sentir frustrada após uma discussão desagradável. Tente entender o que a criança está tentando comunicar.

Você deve tentar descobrir porque ela não está satisfeita e tentar encontrar uma solução adequada. Tenha em mente que, ao crescer, esse comportamento vai ser ainda mais refletido na sua própria personalidade.

Crianças desobedientes: o que fazer para educá-las?

A desobediência a regras e os comportamentos de oposição são traços característicos de algumas crianças. E isso pode acontecer desde os primeiros anos de vida.

Em alguns casos, essa tendência vai persistir e se tornar um traço da personalidade do pequeno, apesar dos esforços dos pais para incutir obediência e respeito às regras.

educar crianças desobedientes

De qualquer forma, as crianças desobedecem de vez em quando, já que seus cérebros em desenvolvimento dificultam o controle de gestos, emoções e pensamentos.

Além disso, elas são motivadas pelo prazer, e é por isso que fazem o que querem, em vez de fazer o que lhes foi pedido. Portanto, elas precisam de supervisão e ajuda para cumprir as regras.

Com o objetivo de que você possa reagir de uma maneira mais calma e serena na próxima discussão com o seu filho, é importante que você entenda o seguinte: responder de maneira provocativa e insolente é uma estratégia das crianças quando elas querem enviar uma mensagem específica para os adultos.

A insolência de nossos filhos é uma reação de oposição a certa situação com a qual eles não estão de acordo. No entanto, os pais muitas vezes não entendem o seu modus operandi.

Para que você possa entender as respostas provocativas e encontrar as soluções adequadas, é preciso saber o que o seu filho deseja obter com a resposta dele.

“Você não deve se sentir frustrada após uma discussão desagradável. Tente entender o que a criança está tentando comunicar”

Dicas para fazer a criança obedecer

A seguir, vamos dar algumas dicas para fazer com que a criança dê ouvido às suas instruções:

  • Certifique-se de chamar a sua atenção antes de dar instruções. Para conseguir isso, você pode usar os sentidos da audição, do tato e da visão para fazer com que te escutem.
  • Sempre que possível, ofereça à criança uma opção, já que sua oposição muitas vezes expressa o seu desejo de decidir por conta própria. Deixar que ela tome pequenas decisões também promove a sua colaboração.
  • Mostre determinação. Seu filho responde não apenas às instruções que você dá, mas também à maneira como você as formula. Isso explica porque os pais podem aplicar as mesmas regras, mas obter resultados diferentes.
Dicas para fazer a criança obedecer

  • Durante os primeiros 2 e 3 anos de idade da criança, seja firme, mas compreensiva. Esse é o momento de estabelecer limites, ao mesmo tempo que se concede controle sobre certos aspectos da sua vida.
  • Experimente algumas fórmulas que sejam úteis para você.
  • Seja consistente na aplicação das regras. A consistência na aplicação das regras é essencial. Isso porque uma criança pequena tem maior probabilidade de desobedecer quando as regras não são aplicadas sempre.
  • Quando a criança não obedecer, em vez de repetir e perder a paciência, aja. Seu filho sempre ajusta o tempo de reação ao seu grau de tolerância.
  • Não dê a ele o que ele quiser quando tiver uma crise. Se você fizer isso, ele vai entender que esses comportamentos são uma boa maneira de obter os seus caprichos.

Finalmente, tenha em mente que as crianças desobedientes se opõem mais às regras do que as crianças que não são.

Em qualquer caso, recomendamos consultar o seu médico de confiança, principalmente se durante um período muito longo a criança resistir à sua autoridade regularmente, se opor com frequência ou demonstrar um comportamento muito agressivo.