Quais vitaminas devo tomar para engravidar?

· 23 de fevereiro de 2019
A alimentação influencia a fertilidade tanto do homem quanto da mulher. Por isso, quando tentamos conceber, é importante considerar a alimentação como um fator fundamental para o sucesso nesse processo.

As vitaminas são substâncias de vital importância para a nossa saúde, pois são responsáveis pela regulação de muitas das funções do nosso corpo. Por esse motivo, não é de se estranhar que a carência de vitaminas no seu corpo diminua a fertilidade.

Devemos prestar atenção a esse assunto, porque o nosso corpo só consegue produzir a vitamina D naturalmente. As outras não podem ser sintetizadas pelo corpo, por isso devem ser ingeridas através de alimentos ou suplementos.

Você deve ficar atenta aos nutrientes que ingere e enfatizar aqueles que não podem faltar em uma dieta balanceada para tentar conceber um bebê. Algumas vitaminas são de vital importância quando se busca esse objetivo.

De quais vitaminas eu preciso para engravidar? Quais alimentos devo incluir na minha dieta se quiser conceber um bebê? Você vai encontrar todas essas respostas a seguir.

Quais vitaminas devo tomar para engravidar?

Seu corpo deve estar preparado para abrigar por nove meses e dar vida a um novo ser. Portanto, a alimentação e o suprimento das necessidades em termos de vitaminas e minerais é fundamental para conseguir conceber e ter uma gravidez com riscos mínimos.

Recomenda-se que você inclua as vitaminas a seguir na sua dieta de maneira rigorosa para que, dessa forma, as chances de engravidar aumentem consideravelmente.

Vitamina B

Existem vários tipos de vitaminas do complexo B que são essenciais para aumentar as chances de engravidar.

Por exemplo, a vitamina B6 ajuda a aumentar a fertilidade nas mulheres e é um regulador hormonal na terceira fase do ciclo menstrual, que começa após a ovulação e ajuda no equilíbrio do estrogênio e da progesterona.

A vitamina B6 é essencial para a gravidez, pois mantém a progesterona em níveis normais e evita abortos espontâneos. É encontrada em alimentos tais como vísceras ou carnes em geral, laticínios, ovos ou peixes.

Outra vitamina essencial do grupo B é o ácido fólico, que ajuda a prevenir malformações, complicações e até mesmo defeitos no tubo neural do bebê. Por isso, você deve consumi-lo a partir do momento em que decidir engravidar.

A vitamina B6 ajuda a aumentar a fertilidade nas mulheres

Em geral, os médicos recomendam começar com uma ingestão disciplinada de ácido fólico cerca de 3 meses antes de engravidar. Ele pode ser encontrado principalmente em vegetais, tais como acelga, espinafre, brócolis ou repolho, e em grãos integrais.

No entanto, dada a sua importância e com o objetivo de evitar a sua carência no organismo, também é possível tomar suplementos de ácido fólico. Certamente, isso requer a autorização do médico.

Vitamina C

A vitamina C ajuda a manter os níveis de progesterona ideais, de modo que os óvulos mantenham seus ciclos e, assim, a fecundação possa ocorrer de forma bem-sucedida. Pode ser facilmente encontrada nas frutas cítricas, no pimentão e na salsinha.

Vitamina D

Pode ser produzida naturalmente pelo nosso corpo e é sintetizada quando nos expomos aos raios do sol. Poucos alimentos, como por exemplo o leite, a manteiga, os ovos e os peixes azuis também são fontes de vitamina D.

A vitamina D pode aumentar as chances de engravidar produzindo hormônios sexuais que regulam a ovulação e também reduzindo os riscos de complicações durante o parto.

A alimentação e o suprimento das necessidades em termos de vitaminas e minerais é fundamental para conseguir conceber e ter uma gravidez com riscos mínimos.

Vitamina E

É importante na regulação do sistema hormonal, o que ajuda a evitar alterações no ciclo menstrual, melhora a função do sistema reprodutivo, protege os óvulos de mutações e controla os radicais livres que prejudicam o esperma.

Também ajuda a aumentar as chances de implantação de óvulos fertilizados e a qualidade do muco cervical. Pode ser encontrada em alimentos tais como as oleaginosas, a gema de ovo e o azeite de oliva. Além disso, pode até mesmo ser consumida em cápsulas diariamente.

Zinco

O zinco ajuda o corpo das mulheres a usar o estrogênio de forma mais eficiente. Isso desencadeia a ovulação e a fertilidade. É encontrado nos frutos do mar, no feijão e em laticínios.

Ferro

O ferro, presente nas carnes e no espinafre, ajuda a produzir glóbulos vermelhos. Eles são muito importantes porque, quando o corpo não tem uma quantidade suficiente deles, ocorre a forma mais comum de anemia. As mulheres com essa condição são mais propensas à anovulação e à má saúde dos óvulos.

Só eu devo consumir vitaminas para engravidar?

Não é só a mulher que deve procurar consumir vitaminas que ajudem a promover a concepção de um bebê. O homem também podem ingeri-las através de sua dieta para que elas ajudem a aumentar e manter os seus espermatozoides vivos, o que facilita o processo de concepção.

As vitaminas A, B12, C e E aumentam a contagem de espermatozoides e, portanto, as chances de conceber. Outros nutrientes que desempenham um papel importante nisso são o selênio ou o zinco. Este último, adicionalmente, também aumenta o nível de testosterona.

As vitaminas A, B12, C e E aumentam a contagem de espermatozoides

Além disso, antioxidantes tais como as vitamina A, C e E, protegem as células do sistema reprodutor masculino de processos de envelhecimento prematuro que podem ser produzidos pela presença de radicais livres.

Outros minerais, como o iodo, por exemplo, que são encontrados nos frutos do mar, o ferro e o cálcio ou a vitamina C, favorecem a mobilidade dos espermatozoides e impedem que eles se agrupem. Dessa forma, a fertilidade aumenta.

Assim, a alimentação influencia todos os processos do nosso corpo e isso também inclui a fertilidade, tanto no homem quanto na mulher. Por essa razão, manter uma dieta saudável é de extrema importância para nos mantermos saudáveis, especialmente quando se trata de conceber.

Por fim, além de saber quais vitaminas você deve tomar para engravidar e em quais alimentos você pode encontrá-las, você também deve reduzir os níveis de estresse e evitar hábitos nocivos, como, por exemplo, o tabagismo. Nesse sentido, as drogas e o álcool afetam a concepção consideravelmente.

  • Dror, D. K., & Allen, L. H. (2012). Interventions with Vitamins B6, B12 and C in pregnancy. Paediatric and Perinatal Epidemiology. https://doi.org/10.1111/j.1365-3016.2012.01277.x
  • Wilson, C., Howard, L. M., Reynolds, R. M., Simonoff, E., & Ismail, K. (2018). Preconception health. The Lancet. https://doi.org/10.1016/S0140-6736(18)32199-8