Qual grupo sanguíneo meu bebê vai herdar?

13 de fevereiro de 2018
É possível saber qual vai ser o grupo sanguíneo do meu bebê?

Existe a crença popular de que o grupo sanguíneo de um bebê deve ser igual ao de um dos pais. Às vezes também se pode pensar que deveria ser uma combinação do tipo de sangue dos dois. Se a mãe é O- e o pai A+, o bebê deveria ser algo como O+ ou A-.

A verdade é que o assunto dos grupos sanguíneos é um pouco mais complexo. É perfeitamente normal que um bebê não tenha o tipo de sangue dos seus pais. As leis da genética não operam de forma mecânica.

Na transmissão do grupo sanguíneo e do Rh operam várias variáveis. É necessário conhecê-las e examiná-las. Isto, para determinar com mais exatidão qual será o grupo sanguíneo de um bebê.

Aspectos genéticos

O grupo sanguíneo de um bebê depende de fatores genéticos. Ou seja, de aspectos hereditários. Os genes intervêm em cada característica do organismo. Um deles vem do pai e outro da mãe. O grupo sanguíneo não é uma exceção.

Então, genes se dividem em dominantes e recessivos. Os dominantes são aqueles que têm mais força. Os que têm mais chances de se impor sobre os demais, ou de se manifestar. No caso do sangue, os genes “A” e “B” são dominantes. O gene “O” é recessivo.

Cada grupo sanguíneo tem características diferentes. Os glóbulos vermelhos e o soro de cada um deles são distintos. Isso dá lugar a quatro grupos sanguíneos: A, B, O e AB.

O grupo sanguíneo

Cada ser humano tem genes dominantes e genes recessivos. Em relação ao grupo sanguíneo, as possibilidades são as seguintes:

  • Alguém com grupo AB tem um gene A e outro B.
  • Uma pessoa com grupo A pode ser AA ou AO. Prevalece o gene dominante A.
  • Se a pessoa fizer parte do grupo B, ela pode ser BB ou BO. Prevalece o gene dominante B.
  • Alguém do grupo O tem ambos os genes O.
grupo sanguíneo

A combinação dos genes dominantes e recessivos dos pais é o que determina o grupo sanguíneo do bebê. As possíveis combinações herdadas são 16. E são as seguintes:

SE O PAI FOR DO GRUPO O:

*Com mãe do grupo A: o filho será do grupo A ou O.

*Com mãe do grupo B: o filho será do grupo B ou O.

*Com mãe do grupo AB: o filho será do grupo A ou B.

*Se a mãe for do grupo O: o filho será do grupo O.

SE O PAI FOR DO GRUPO A:

*Com mãe do grupo A: o filho será do grupo A ou O.

*Com mãe do grupo B: o filho será do grupo A, B, AB ou O.

*Com mãe do grupo AB: o filho será do grupo A, B ou AB.

*Se a mãe for do grupo O: o filho será do grupo A ou O.

SE O PAI FOR DO GRUPO B:

*Com mãe do grupo A: o filho será do grupo A, B, AB ou O.

*Com mãe do grupo B: o filho será do grupo B ou O.

*Com mãe do grupo AB: o filho será do grupo A, B ou AB.

*Se a mãe for do grupo O: o filho será B ou O.

SE O PAI FOR DO GRUPO AB:

*Com mãe do grupo A: o filho será do grupo A, B ou AB.

*Com mãe do grupo B: o filho será do grupo A, B ou AB.

*Com mãe do grupo AB: o filho será do grupo A, B ou AB.

*Se a mãe for do grupo O: o filho será do grupo A ou B.

Os filhos podem ter um grupo sanguíneo diferente do grupo sanguíneo dos pais.

grupo sanguíneo

O fator Rh

O sangue de cada pessoa às vezes contém um antígeno e outras não. Se o tem, se diz que seu Rh é positivo. Se não o tem, se diz que é negativo.

Assim como acontece com o grupo sanguíneo, o Rh é determinado pela hereditariedade. O Rh positivo é um gene dominante. O negativo é um gene recessivo.

As possibilidades do fator Rh são nove. Estas são:

SE A MÃE TIVER Rh-:

*Com pai de Rh-: o filho será Rh-

*Quando o pai é Rh+ (++): o filho será Rh+

*Caso o pai seja Rh+ (+-): o filho será Rh+ ou Rh-

SE A MÃE TIVER Rh+(++):

*Com pai de Rh-: o filho será Rh+ ou Rh-

*Quando o pai é Rh+ (++): o filho será Rh+

*Com pai de Rh+ (+-): o filho será Rh+ ou Rh-

SE A MÃE TIVER Rh+(+-):

*Com pai de Rh-: o filho será Rh+ ou Rh-

*Quando o pai é Rh+ (++): o filho será Rh+

*Caso o pai seja Rh+ (+-): o filho será Rh+ ou Rh-

Recomendados para você