Qual é o melhor momento para o bebê deixar as fraldas?

· 6 de julho de 2017

Um dos passos mais importantes na vida do seu filho é quando ele consegue ir ao banheiro sem a ajuda de ninguém. Conforme vão crescendo as fraldas ficam para trás, e as crianças só precisam avisar quando querem ir ao banheiro. E como se trata de um momento importante para o seu desenvolvimento, os pais devem estar preparados para saber qual é o melhor momento ensiná-los a deixar as fraldas.

Fazer xixi na cama é um acidente comum entre as crianças pequenas que ainda estão aprendendo a ir ao banheiro e tentando controlar o esfíncter. Esse processo de aprendizagem é transitório e lento, dessa forma, é conveniente acompanhar o bebê com paciência e amor.

Os motivos que levam os pais a desfraldar seus bebês são muito variados, mas normalmente são externos. Às vezes, por pressão do colégio, onde muitas vezes não aceitam crianças que não saibam ir sozinhas ao banheiro, ou por pressão de terceiros, que dizem que a criança já está grandinha e que deve fazer as suas necessidades sem a ajuda da fralda.

A verdade é que não deve ser fácil abandonar as fraldas que são obrigados a usar, para começarem a avisar quando têm vontade de fazer as suas necessidades. Por isso, é necessário que você esteja informada sobre o que é mais importante nesse processo e que trabalhe junto com o seu filho para que essa transição seja fácil e sem traumas.

Dois ou três anos são as idades mais indicadas

Se o seu caso é de uma mãe com um bebê em transição de deixar as fraldas para passar a usar um penico, com certeza você deve estar se perguntando: qual é o melhor momento para o bebê deixar as fraldas? Qual é a hora certa para começar a treinar o meu filho a ir ao banheiro? Essas perguntas são a chave para ajudar às crianças a dar esse novo passo.

Um estudo realizado pelo Hospital Pediátrico Bristol-Myers Squibb, de Nova Jersey, afirma que o momento ideal é entre os 2 a 3 anos de idade. Se o treinamento de controle do esfíncter começar depois dos 3 anos, é muito provável que a criança sofra de incontinência urinária de urgência, o famoso “molha a cama”. Esse problema afeta as crianças principalmente até os 4 anos, mas, em alguns casos, chega até os 12 anos.

Se você é uma dessas pessoas apressadinhas e que gostar de estar sempre prevenida, seguramente deve estar se perguntando: será que é melhor treinar meu filho antes dos 2 anos? A resposta é não. A criança, antes dos 2 anos, ainda é muito pequena para entender essa história de ter que parar de usar as fraldas. Iniciar o desfraldamento nesse momento só irá prolongar o processo. Começar antes não significa que a criança irá conseguir aprender mais rápido a controlar o esfíncter e parar de fazer xixi na cama.

Deixar as fraldas também depende de fatores exteriores

Muitas pessoas costumam dizer que estar preparado para ir ao banheiro depende mais de fatores físicos e emocionais do que de uma idade específica. O ideal é que seja a criança que decida quando irá deixar as fraldas. A verdade é que na maioria dos casos em que as crianças escolheram o momento de deixar de usar fralda, o processo foi muito menos traumatizante que de costume.

Um dia a criança começará a se queixar das fraldas porque está sentindo calor ou porque está machucando, e vai querer imitar os adultos que vão ao banheiro para fazer as suas necessidades. Possivelmente, voltará a usar as fraldas por um tempo, mas logo voltará a deixá-las para trás, até que tenha confiança suficiente para nunca mais voltar a usá-las.

Se o seu filho já faz perguntas simples e, inclusive, já tem capacidade de entender e de seguir instruções básicas, significa que ele já pode começar a aprender a controla o esfíncter e avisar quando está com vontade de fazer as suas necessidades. Isso normalmente ocorre entre os 2 a 3 anos de idade.

Outro sinal que indica que o seu filho já é capaz de deixar as fraldas é quando já consegue subir e abaixar a calça ou a saia sem ajuda. Algumas vezes esses segundos são definitivos para fazer suas necessidades na calça ou fazer no vaso sanitário, uma vez que não conseguem controlar o esfíncter como os adultos e ainda estão no processo de aprendizado.

Nem todas as crianças aprendem as coisas da mesma forma e ao mesmo tempo. Alguns aprendem melhor vendo, outras aprendem melhor ouvindo, já outros aprendem mais observando. Depende muito de criança para criança, e é difícil saber nessa idade como eles aprendem melhor, pois ainda são muito pequenos.

No entanto, você pode seguir o seu instinto, que irá lhe guiar na direção mais adequada e conveniente para ajudar o seu filho a deixar as fraldas. Portanto, não precisa pressionar o seu bebê, basta confiar nele e não se esquecer de ter muita paciência e amor.