Quando ter relações sexuais depois do parto?

8 de junho de 2018
É um pouco complicado ter relações sexuais depois do parto, já que a mulher passa por muitas mudanças emocionais e físicas durante essa etapa. Mas, é claro, não é algo impossível. Tudo vai depender de cada casal e vai exigir muita paciência, compreensão e amor.

Depois de uma gravidez, é um pouco difícil retomar as relações sexuais com seu parceiro de maneira habitual. Voltar a desfrutar da intimidade vai tomar seu tempo. A perda de interesse pelo sexo é uma situação real que você vai precisar enfrentar. Por isso, ter relações sexuais depois do parto pode representar um novo começo, já que o desejo pode ter desaparecido.

Na verdade, a porcentagem de ter dificuldades no momento das relações sexuais depois do parto é mais alto e mais comum do que se imagina. Por exemplo, um estudo realizado com mulheres australianas mostrou que, de um grupo de 1.500 mães, 89% admite ter passado por contratempos sexuais nos primeiros três meses após o parto. Paralelamente, 51% afirmou que o problema se manteve por 12 meses.

A realidade depois do parto

Vamos analisar até que ponto sua situação mudou. Agora você tem menos intimidade porque passa mais tempo cuidando do bebê; o cansaço vai afetar bastante seu estado físico e emocional, ao ponto de ser um obstáculo para se reaproximar do seu parceiro rapidamente.

Em relação ao físico, também vale ressaltar que durante a gravidez seu útero aumentou de tamanho e, no momento do parto, sua vagina se alargou ou dilatou mais do que o habitual. Por isso, vai levar certo tempo para seu corpo voltar a um estado que te permita se sentir confortável, principalmente se houve alguma ruptura ou incisão no processo do parto. Além disso, você pode passar por um período de ocasionais hemorragias.

Por outro lado, seu organismo desenvolve o hormônio prolactina, que vai permitir a produção do leite materno e reduzir o nível de estrogênio; isso vai condicionar sua resposta sexual.

A partir de quando é seguro iniciar as relações sexuais?

Primeiro, você deve entender que a verdadeira razão de evitar ter relações sexuais depois do parto é dar tempo ao seu organismo para que ele se recupere adequadamente. Por quê? Lembre-se de que seu corpo passou por mudanças emocionais, físicas e hormonais, por isso a resposta ao sexo foi condicionada.

No entanto, a partir de quando ter relações sexuais depois do parto varia de uma mulher para outra. Apesar de ser prudente recomendar esperar até que passe o período conhecido como quarentena, isso pode variar em função do tipo de parto.

Por exemplo, o Comitê Científico da Sociedade Espanhola de Contracepção afirma que, se não houve nenhuma complicação, depois de uma cesárea é possível retomar as relações sexuais dentro de vinte dias. No entanto, é necessário procurar posições em que a mulher se sinta confortável.

Em contrapartida, se o nascimento foi por parto normal, é preciso esperar de 5 a 6 semanas.

Se você tentar ter relações sexuais muito cedo, não vai apenas sentir dor, mas também seu corpo vai sofrer interferências no processo de recuperação. É possível até mesmo acontecer uma ruptura que pode precisar de um procedimento cirúrgico ou ocorrer uma infecção que precise ser tratada.

“A grande maioria das mulheres admite ter passado por contratempos sexuais nos primeiros três meses após o parto. Paralelamente, mais da metade afirma que esses inconvenientes se mantiveram por doze meses.”

O aspecto psicológico de ter relações sexuais depois do parto

Como mulher, e agora como mãe, o fato de entender o que acontece no seu organismo vai ajudar você a retomar as relações sexuais depois do parto. Portanto, um aspecto muito importante a trabalhar nesse momento é a parte psicológica.

Você continua sendo uma mulher com necessidades, entre elas as sexuais. Conseguir ter momentos de aproximação e intimidade com seu parceiro, nos quais vocês possam se abraçar e descansar juntos, inclusive com carinhos sem caráter erótico pode ajudar a despertar novamente sua libido.

Outras complicações

O elemento psicológico não é o ponto central para conseguir retomar as relações sexuais depois do parto. Também há outros aspectos aos quais devemos prestar atenção. Estes são:

relações sexuais depois do parto

Um novo aprendizado como casal

Lembre-se também de que você deve manter expectativas realistas nessa nova fase. Não pense que de uma hora para outra você vai conseguir demonstrar a mesma energia depois do parto.

Não tenha pressa! Você precisa se sentir confortável. Se seu parceiro colaborar, melhor ainda. Converse com ele e exponha suas necessidades, suas preocupações e tudo o que você sente. Isso vai permitir diminuir um pouco a tensão e as exigências próprias do retorno à vida sexual.

Portanto, querer que tudo continue igual após o parto é um erro. Ao ter relações sexuais após o parto, tem início um novo processo de aprendizagem.

Você deve explorar suas zonas erógenas, descobrir posições confortáveis, assim como o que te excita. Por fim, sempre há a possibilidade de que tudo volte a ser como antes, que mude um pouco ou que se transforme por completo. Cada mulher é um mundo!