Dicas para armazenar o leite materno

22 de abril de 2018
Você quer aprender dicas úteis para armazenar o leite materno de forma correta? A seguir, responderemos as dúvidas que costumam surgir na hora de guardar o principal alimento dos bebês.

Conhecer as dicas para armazenar o leite materno corretamente é muito importante para as mães que não podem alimentar diretamente seus filhos. Isso pode acontecer devido a diferentes ocupações no dia a dia ou outros inconvenientes. Seja como for, esta é uma ótima alternativa.

O leite materno é, sem dúvida, o melhor e mais completo alimento para os bebês, portanto conseguir conservá-lo é uma ótima opção. Desta forma a mãe não precisa substituir a amamentação pela fórmula infantil. A seguir, vamos dar algumas dicas para armazenar o leite materno corretamente. Veja como é prático e fácil.

Dicas para armazenar o leite materno

A primeira coisa a saber é quando o leite deve ser extraído usando a bomba. Depois, é importante saber onde guardar, por quanto tempo ele pode ser mantido em boas condições, a que temperaturas ele deve ser armazenado e como aquecer para ser consumido pelo bebê.

Quando o leite deve ser tirado usando a bomba?

Existem três tipos de bombas para extrair o leite materno: a bomba elétrica, a que usa baterias e a manual. Todas elas cumprem muito bem com a sua função. A diferença está na velocidade com que extraem leite e na força da sucção. A força de sucção vai aumentar ou diminuir o grau de desconforto nos mamilos.

Há vários momentos que são ideais para extrair leite usando a bomba. O melhor momento é uma hora após o bebê mamar. Ou, se você já conhecer a quantidade de leite que o seu filho consome, pode fazer em um seio enquanto ele estiver mamando em outro.

Extrair o leite com a bomba leva o mesmo tempo de amamentação do bebê: cerca de 10 a 15 minutos. Você pode fazer isso quantas vezes achar necessário para ter um bom estoque de leite.

Armazenar o leite materno é uma ótima solução para as mães ocupadas

Sobre a quantidade de leite que você pode extrair, é importante saber que quanto mais você usar a bomba, mais leite você vai produzir. Isso acontece graças aos estímulos do seu corpo. Mas lembre-se de que isso também depende da quantidade de água que você bebe e da qualidade da sua alimentação.

Onde guardar o leite?

Os especialistas recomendam o uso de recipientes de vidro previamente esterilizados com tampas herméticas. No caso de usar recipientes de plástico ou aqueles saquinhos de leite próprios para isso, verifique se eles estão certificados para armazenar alimentos e que não vazam.

Uma dica prática é guardar a quantidade certa de cada mamada do bebê em cada recipiente. Dessa forma você não vai ter que jogar o excesso fora.

Quanto tempo o leite pode ser mantido em boas condições e a que temperatura?

Como parte final das dicas para armazenar o leite materno, vamos analisar a questão do tempo e da temperatura. O tempo de conservação do leite varia de acordo com a temperatura em que é armazenado. À temperatura ambiente e em local fresco, pode durar 6 horas. Na geladeira, 24 horas. Se você quiser congelar, é possível manter o leite materno em boas condições por três semanas ou mais.

Não importa há quanto tempo o leite tenha sido armazenado, sempre é preciso verificar suas condições antes de dar ao bebê. O ideal, portanto, é experimentar, cheirar e olhar a cor.

Para maior segurança, coloque etiquetas nos recipientes nos quais você armazena o leite, colocando a data e hora em que foi extraído. Assim, você pode manter um registro mais preciso do tempo que está sendo guardado.

Armazenar o leite materno e conservar

Como o leite deve ser aquecido?

Se você congelar o leite, coloque na geladeira 24 horas antes de consumir. Isso permitirá que ele volte gradualmente ao seu estado líquido. Se você não puder esperar, coloque o recipiente com o leite em água morna, nunca quente, e agite pouco a pouco até que fique líquido novamente.

Faça a mesma coisa quando você quiser aquecer o leite. Mergulhe a mamadeira em água morna, o que também se conhece como “banho-maria”. Quando você achar que a temperatura está ideal, retire do fogo. Entretanto, não se esqueça de verificar sempre se a temperatura está boa para não queimar a boca delicada do bebê.

Uma dica: guarde a quantidade certa de leite extraído para uma mamada nos recipientes ou mamadeiras. Dessa forma, você não vai ter que jogar o excesso fora.

Como você pode ver, não é complicado aplicar em casa essas dicas para armazenar o leite materno. Em suma, extrair o leite materno e requentar para dar ao bebê são tarefas bastante fáceis. Lembre-se de que o leite materno fornece as melhores vitaminas, anticorpos e defesas que o corpo precisa para crescer.