4 frases para acabar com as birras das crianças

O poder da palavra não tem limites. Confira algumas frases muito inteligentes que você pode usar para finalmente acabar com as birras das crianças.
4 frases para acabar com as birras das crianças

Última atualização: 09 Setembro, 2021

Não há desafio mais complexo para um pai do que reprimir os acessos de raiva das crianças. No entanto, acabar com as birras é super possível, desde que tomemos ações adequadas, como adultos. Sob nenhuma circunstância devemos gritar, insultar, humilhar, ameaçar ou punir nossos filhos.

Mais uma vez, a comunicação é tudo na vida de adultos e crianças. O diálogo é o que nos ajudará a superar essas crises. Além do mais, com o tempo, você perceberá que através da conversa proporcionará às crianças as ferramentas necessárias para que elas sejam capazes de expressar corretamente o que sentem.

Mas… qual é o segredo?

A frase final desses diálogos é sempre a mais importante. Claro, você deve usá-la apenas nos casos em que a criança se recusa a entender e você já cansou de explicar e repetir continuamente com infinita paciência. Você quer saber do que estamos falando? Descubra a seguir!

Como acabar com as birras?

Em primeiro lugar, um detalhe imprescindível é saber exatamente o que é um acesso de raiva ou uma birra. É nada mais e nada menos do que o único recurso que seu filho tem para expressar suas necessidades, sentimentos e emoções.

 

Como mãe ou pai, é natural que você ache isso irritante, incômodo e, às vezes, frustrante também. Mas você deve entender que seu filho ainda não sabe como colocar em palavras suas emoções e seus sentimentos. Ou seja, a criança não os controla nem os administra e, portanto, também não sabe comunicá-los.

Manter a calma e armar-se com doses infinitas de paciência é condição essencial para superar essa circunstância. Mostre sua disposição para falar e explicar quantas vezes sejam necessárias os motivos pelos quais “não é não”.

Não se trata de tratar a situação com autoritarismo, mas também não significa confundir autoritarismo com autoridade. Portanto, sim, você deve manter uma postura firme e inabalável. Mas, também, aberta ao diálogo, comunicando-se com um tom de voz suave, descontraído e sincero.

Dessa forma, a primeira coisa que você deve propor é ouvir os motivos pelos quais a criança está tão zangada ou chateada. O segundo passo é fornecer explicações, consequências e, se não for suficiente, também propor alternativas. Então, o que você deve dizer ao seu filho para interromper a birra?

Frases finais de um diálogo para acabar com as birras

A criança vai despejar tudo o que tem dentro de si e não vai parar de chorar e gritar até conseguir o que deseja. Não é para menos, desde que ela chegou ao mundo, naturalmente nós lhe proporcionamos tudo o que necessita. Ela sabe disso, e é por isso que um “não” pode parecer uma coisa tão horrível. As situações ficarão mais complicadas quando ela começar a experimentar coisas que não sabe como controlar ou manifestar.

Mas não se preocupe, porque, depois de seguir os passos anteriores, você ainda tem mais uma carta na manga. A frase final. Muitas vezes as crianças acabam ganhando pelo cansaço. Ou até trazendo à tona o que há de pior em nós. Outras vezes, essa situação típica e normal leva a um conflito infrutífero e sem fim para mães e filhos. A ideia é encerrar esse diálogo empregando uma série de frases.

 

Conheça frases finais de um diálogo para acabar com as birras

Naturalmente, elas devem ser proferidas com total firmeza. Trata-se de usar uma cartada final quando seu filho não quer entender ou deseja continuar uma negociação sem sentido. Nada mais do que o estabelecimento de um ponto final na discussão.

As 4 frases finais da salvação

“Eu já te respondi”

Depois de todas as explicações, consequências e alternativas oferecidas, a criança pode ainda querer alcançar seu objetivo de qualquer maneira. Um de seus métodos pode ser o interrogatório policial, que, como você já deve ter percebido, não tem fim. Ela vai perguntar repetidamente a mesma coisa que você já respondeu inúmeras vezes. A solução é interromper essa sequência interminável de coisas: responda com “Já respondi” para cada questionamento.

“Isso não está mais em discussão”

Quando você quiser acabar com as birras causadas por algo que você simplesmente não deve permitir ao seu filho por razões de segurança, você deve ser contundente. Após as etapas anteriores, caso a criança continue insistindo, encerre a conversa com um “Não vamos mais discutir isso”. Pode parecer difícil, mas seu bem-estar deve estar acima de tudo.

“Essa conversa acabou”

Outra boa maneira de encerrar essas longas conversas, principalmente quando a criança insiste repetidamente, mesmo após centenas de explicações. Se ela não quer entender as consequências nem responde às alternativas, é hora de encerrar a discussão. Depois de empregar essa frase com firmeza, mude de assunto ou procure outra atividade. Isso será essencial para acabar com as birras.

“A decisão está tomada. Se você continuar, haverá consequências”

Se o seu filho continuar insistindo apesar de todos os seus esforços, essa frase é uma boa opção. Nem é preciso dizer que, se você apelar para essa estratégia, deve ser capaz de cumpri-la. Se após essa frase seu filho ainda mantiver uma atitude desafiadora, é bom que ele veja que você segue o que diz: “Eu disse que haveria consequências. Vá para o seu quarto e comece a fazer o dever de casa”.

Pode interessar a você...
Birras em público: 9 dicas para saber como agir
Sou MamãeLeia em Sou Mamãe
Birras em público: 9 dicas para saber como agir

As birras são algo que faz com que os pais percam a paciência, ainda mais quando ocorrem em público. A seguir, vamos dar algumas dicas!