Quatro sucos de fruta para crianças

As frutas contribuirão para o desenvolvimento das crianças de maneira significativa e as ajudarão a fortalecer o sistema imunológico.
Quatro sucos de fruta para crianças

Última atualização: 29 Março, 2019

As frutas proporcionam nutrientes indispensáveis para a saúde e o desenvolvimento. No caso das crianças, é preciso levar em consideração a recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) de amamentação materna exclusiva até os 6 meses de idade. Uma vez passada essa fase, o bebê já pode começar a ingerir os primeiros sucos de fruta.

Contudo, o organismo do bebê não está preparado para digerir corretamente todos os alimentos. Em vista disso, é necessário introduzir novos alimentos de forma paulatina para que o pequeno possa se habituar a eles.

Dessa maneira, o bebê não apenas poderá ampliar sua dieta, mas também aproveitará os benefícios nutricionais da nova forma de alimentação, pouco a pouco.

O processo de assimilação

As frutas fornecem vitaminas ao bebê. Ao mesmo tempo, também proporcionam minerais, aminoácidos, fibras, calorias de boa qualidade e carboidratos, tais como: a glicose, a sacarose e a frutose. Dado que também contêm grande porcentagem de água, as frutas contribuem para a hidratação.

 sucos de fruta

Vale destacar que podem ocorrer algumas reações adversas leves no processo de adaptação aos novos alimentos.

Em geral, trata-se de alergias passageiras com as quais não é preciso se preocupar demais. No entanto, se houver alguma reação, é recomendável consultar o especialista para garantir que se trata de algo normal.

Conselhos para dar sucos de fruta a lactentes

O hábito de dar frutas às crianças em forma de batidas e sucos vai contribuir para ir adaptando o paladar delas aos novos sabores e às novas texturas dos alimentos.

Estes são alguns conselhos que você deve levar em consideração antes de começar a oferecer os sucos:

Sobre a escolha das frutas

  • Preparar o suco de uma fruta de cada vez e deixar um intervalo de alguns dias, no mínimo, antes de oferecer à criança uma fruta diferente.
  • No começo, você pode oferecer suco de maçã, pera, laranja, tangerina, ameixa ou uva. Deve-se adiar um pouco o consumo de frutas vermelhas e tropicais, pois têm um sabor muito forte para o bebê.
  • Escolher as frutas da estação maduras, já que são mais fáceis de digerir para o bebê.

Sobre o preparo

  • Os sucos devem ser naturais. É preciso evitar apresentações comerciais que contêm conservantes e outros produtos químicos. Apesar de proporcionarem comodidade aos pais, não são muito benéficos para as crianças.
  • Não adoçar. Assim, permite-se ao bebê conhecer o sabor original da fruta.
  • Preparar o suco preferivelmente sem ou com pouca água para aproveitar todas as propriedades da fruta ao máximo.
  • Manter uma boa higiene para, assim, evitar a contaminação do suco de fruta com germes ou possíveis substâncias alergênicas. Naturalmente, os acessórios utilizados no preparo devem estar bem limpos.

Sobre a administração

  • Administrar o suco com colher, já que a mamadeira tende a entupir.
  • Observar atentamente as reações do bebê perante a possibilidade de intolerância, alergias, diarreia, etc.
  • Uma vez pronto o suco, é recomendável consumi-lo o quanto antes para evitar que ocorra o efeito de oxidação.
  • Deve-se começar com pequenas quantidades de fruta e, em seguida, ir aumentando de forma progressiva até que o pequeno se familiarize com o sabor da fruta que queremos que assimile.

Quatro sucos de fruta para crianças

1. Para lactentes

Ingredientes

  • 1 porção de maçã, pera, ameixa, uva, pêssego, laranja ou tangerina.

Preparo

  • Descasque e lave a fruta escolhida. Em seguida, retire as sementes.
  • Bata a fruta no liquidificador (evitar usar água na medida do possível). As frutas cítricas simplesmente devem ser espremidas manualmente ou com a ajuda de um espremedor.
  • Coe para retirar os possíveis restos de sementes. Não retire toda a polpa, já que é importante que o bebê aprenda a consumi-la também.

2. Para crianças com idade igual ou superior a 12 meses

Ingredientes

  • 1 xícara de água.
  • ½ mamão pequeno e maduro.
  • 1 pitada de essência de baunilha.

 Preparo

  1. Descasque e lave o mamão.
  2. Retire as sementes.
  3. Bata no liquidificador.
  4. Adicione a baunilha.
  5. Misture tudo.

3. Para crianças a partir de 3 anos de idade

Ingredientes

  • 4 cubos de gelo.
  • 1 manga grande e madura.
  • 1 iogurte grego, sem açúcar.
  • ¼ de colher de chá de cardamomo moído.

 Preparo

  1. Descasque, lave e retire a semente da manga.
  2. Corte a fruta em pedaços e bata no liquidificador junto com o iogurte, o cardamomo e o gelo.
  3. Está pronto para servir.
 sucos de fruta

4. Para crianças com idade igual ou superior a 24 meses

Ingredientes

  • ½ mamão maduro.
  • 1 banana madura.
  • 4 cubos de gelo.
  • ½ abacaxi maduro.

Preparo

  1. Descasque, lave e retire a semente de todas as frutas. Em seguida, corte-as em pedaços.
  2. Bata no liquidificador. 
  3. Adicione gelo.

Algumas considerações

O organismo precisa de nutrientes em quantidades proporcionais, de acordo com o tamanho e a idade, para poder se desenvolver corretamente e se manter saudável.

Por isso, se incorporarmos esses sucos de fruta de forma regular à dieta do bebê, vamos satisfazer uma boa parte de suas necessidades nutricionais.

Além disso, no futuro a criança vai se tornar um adulto que saberá saborear as frutas e, consequentemente, tenderá a incluí-las em sua dieta, o que é um excelente hábito de vida.

Pode interessar a você...
Conheça sete sucos ricos em vitaminas para crianças
Sou MamãeLeia em Sou Mamãe
Conheça sete sucos ricos em vitaminas para crianças

Os sucos ricos em vitaminas para crianças são as bebidas que elas mais gostam. Esse tipo de bebida é muito recomendada para proporcionar energia.



  • Zhao X., Zhang M., Li C., Jiang X., et al., Benefits of vitamins in the treatment of Parkinson’s disease. Oxid Med Cell Longev, 2019.
  • Jensen T., Abdelmalek MF., Sullivan S., Nadeau KJ., et al., Fructose and sugar: a major mediator of non alcoholic fatty liver disease. J Hepatol, 2018. 68 (5): 1063-1075.