O que fazer se o bebê se engasgar com leite?

· 17 de fevereiro de 2019
Quando começa o período de amamentação, uma das principais preocupações dos pais é o que fazer se o bebê se engasgar com leite. Então, o que se deve fazer nesses casos?

Quando se é mãe, uma das experiências mais difíceis de enfrentar é quando você não sabe o que fazer em alguma situação, especialmente se o bebê engasgar com leite, seja ele materno ou na mamadeira. A asfixia não é um caso incomum durante a primeira infância. Na verdade, é uma situação mais frequente do que parece.

Certamente, ser mãe pela primeira vez significa enfrentar muitas coisas novas em relação ao cuidado e proteção da criança. Nesses momentos, é importante saber distinguir situações potencialmente perigosas que possam afetar a saúde da mãe e da criança.

Principalmente, quando se trata de mães de primeira viagem, é preciso manter uma atitude calma e reagir prontamente. Se o bebê engasgar com leite, o pânico não vai ajudar em nada, pelo contrário, pode até impedir a solução colocando em risco a saúde dos filhos.

O que fazer se a criança se engasgar com leite?

Além de tentar manter a serenidade em todos os momentos, existem alguns conselhos que podem ser seguidos:

  • Coloque a criança imediatamente nas pernas da mãe, de bruços.
  • Dê toques suaves mas firmes com a palma da mão nas costas da criança para provocar uma tosse.
  • Isso deve ser suficiente. A tosse induzida deverá limpar as vias respiratórias.

No entanto, pode acontecer de a criança se engasgar com algo sólido. Nesses casos, os pais podem usar o que é conhecido como Manobra de Heimlich. É importante notar que esse procedimento só pode ser aplicado em crianças com mais de 12 meses.

engasgar com leite

Manobra de Heimlich

  • Para realizar esse procedimento, é preciso se sentar e cercar a criança com os braços.
  • Coloque as mãos no plexo solar ou na boca do estômago.
  • Em seguida, mova as mãos progressivamente uma sobre a outra e exerça pressão.
  • A pressão exercida entre o tórax e o umbigo vai expelir o objeto ou pedaço de comida que estava entupindo as vias respiratórias.

Outras técnicas

  • Deite a criança virada para cima no chão ou em uma superfície dura.
  • Exerça pressão com as mãos uma em cima da outra, na área localizada entre o esterno e o umbigo.
  • Pressione para o tórax com cinco compressões.

Se isso não resolver o problema, ligue para o serviço de emergência o mais rápido possível. É importante ter todos os números relevantes em um local acessível, pois provavelmente a sua memória vai falhar em uma situação como essa.

“Se a criança se engasgar com leite, a primeira coisa a fazer é colocá-la de bruços imediatamente sobre as pernas da mãe e dar batidas leves, mas firmes, com a palma da mão em suas costas”

Causas da asfixia

A asfixia pode acontecer devido a vários fatores. Algumas delas são coisas que podemos evitar, enquanto outras têm a ver com o seu pequeno corpo que acaba de se formar. Se você notar que a criança engasga com frequência, é melhor conversar com o pediatra. Ele tomará a melhor decisão para esse problema.

Fatores externos que levam o bebê a engasgar com leite

Quando a criança é amamentada, o leite flui diretamente para a garganta. Em alguns casos é possível que o fluxo do leite materno seja muito forte. Entretanto, essa situação pode ser resolvida pressionando o mamilo ou bombeando um pouco de leite antes de amamentar o bebê.

A maneira correta de amamentar impede que a criança se engasgue com o leite. Portanto, é essencial garantir a posição correta da criança em relação ao seio materno.

Para isso, certifique-se de que a barriga da criança esteja de frente para a barriga da mãe, enquanto o nariz dela deve apontar em direção ao mamilo. Essa posição permitirá que a criança tome o leite de forma correta.

Se, por outro lado, a criança estiver se alimentando com a mamadeira, pode ser que o fluxo do leite seja rápido demais. As crianças muito pequenas não conseguem se adaptar sozinhas. Felizmente, essa situação pode ser resolvida com paciência.

Fatores internos

Algumas crianças podem ter condições internas que afetam a capacidade de engolir, ou ainda, podem ter mais facilidade de causar refluxo gastroesofágico, isto é, o conteúdo do estômago retorna à boca.

Para verificar se o problema é interno e não está relacionado a problemas de alimentação, é necessário conversar com um médico.

Se o bebê engasgar com leite, a primeira coisa é manter a calma e ajudá-lo a se recuperar.

Cuidados para reduzir o risco de asfixia em crianças

Em pouco tempo, a criança poderá comer e beber sem a ajuda de um adulto. Para ajudar, é aconselhável seguir estas dicas a fim de evitar uma situação em que a criança possa se engasgar com leite:

  • Não deixe a criança se deitar depois de mamar, é melhor mantê-la em posição vertical. No caso de ocorrer o refluxo, a criança poderá tossir ou vomitar sem risco.
  • É necessário evitar que a criança tome a mamadeira sem supervisão.
  • Mantenha o berço da criança perto dos pais, pelo menos nos primeiros seis ou sete meses.

Com essas recomendações simples, podemos reduzir o risco deste pequeno incidente em bebês. De qualquer forma, se você notar problemas mais sérios, como refluxo por fatores internos, não hesite em consultar um profissional o mais rápido possível

  • Abdullat, E. M., Ader-Rahman, H. A., & Al Ali, R. (2015). Choking among Infants and Young Children. Jordan Journal of Biological Sciences. https://doi.org/10.12816/0026959