Como reconhecer se o seu bebê tem cólica

· 5 de outubro de 2017

Cólica em bebês é um mal muito comum. Elas geralmente começam a aparecer duas semanas após o nascimento, ou algumas semanas depois, no caso de um bebê prematuro.

É uma condição na qual um bebê bem alimentado pode chorar por mais de três horas seguidas, todos os dias, por mais de três dias por semana, por mais de três semanas.

Você pode notar facilmente se e o seu bebê tem cólica, pois os sintomas são muito evidentes nessa fase. Primeiro, seu bebê começa a ficar vermelho, chora, fecha os punhos, arqueia as costas e levanta os joelhos em direção à barriga. Embora a cólica não seja prejudicial para a saúde é muito incômoda para o bebê.

Se o seu bebê chora incansavelmente e você já confirmou com o pediatra que não tem nada de errado com a sua saúde, então é provável que ele esteja sofrendo com essa condição transitória.

A cólica dói muito e costuma desaparecer aos três ou quatro meses de idade. Não se desespere se o seu filho tiver cólicas. Ele continuará a se alimentar e a ganhar peso normalmente.

Até o momento, nenhuma evidência científica revelou que a cólica pode ter efeitos a longo prazo na saúde do bebê.

A causa de tanta dor e lágrimas é porque o estômago do bebê ainda é muito imaturo e está começando a se acostumar com a alimentação que recebe fora do ventre materno. Como os adultos, os bebês sofrem de cólica e os gases geram muito desconforto e incômodo.

bebê chorando no colo do pai

Sinais de cólica

  • Crises de choro inconsoláveis: um bebê que sofre de cólica chora quase a mesma hora todos os dias, geralmente à tarde ou à noite. Os episódios de cólica podem durar apenas alguns minutos ou chegar a três horas ou mais.
  • Choro intenso: o choro das cólicas é um choro cheio de angústia, muito intenso e muito alto. O rosto do bebê pode ficar muito vermelho e é muito difícil consolá-lo.
  • O choro aparece sem motivo aparente: é muito normal que os bebês chorem. Um bebê chorando pode significar que ele precisa trocar a fralda ou ser alimentado, também pode ser que ele tenha frio ou calor. Quando não for nada disso e o choro parece não ter motivo, provavelmente é por causa de cólica.
  • Mudança de postura: um bebê com cólica pode ficar com os punhos fechados, perninhas levantadas em direção à barriga e os músculos abdominais tensos.
bebê chorando inconsolavelmente com cólica

Os pais podem tentar acalmar o bebê com massagens suaves na barriga, acompanhadas de movimentos delicados nas pernas. Isso ajudará a aliviar a cólica e expulsar os gases. E claro, devem ter muita paciência diante do choro.

A causa das cólicas

A seguir você encontrará alguns dos motivos que podem causar cólica em bebês com alguns dias, ou poucos meses de vida.

  • Refluxo: O refluxo é uma condição na qual a criança apresenta azia por causa do leite consumido e do ácido estomacal que volta para o esôfago
  • Problemas digestivos: os problemas digestivos podem ser devidos à intolerância às proteínas e a lactose
  • O sistema digestivo não é desenvolvido o suficiente. Os músculos do intestino provocam espasmos.
  • Gases no trato intestinal
  • Níveis hormonais mais elevados do que o normal. Estes hormônios são conhecidos por causar um humor agitado ou dores no estômago.
  • Sensibilidade intensa à estimulação no ambiente, por exemplo: luz, som, etc…
  • Sistema nervoso imaturo
  • Temperatura muito alta ou muito baixa

Com essas informações você poderá reconhecer facilmente se o seu bebê recém-nascido tiver cólica e poder agir de acordo. Lembramos que o seu bebê precisará de todo o amor e carinho do mundo para que ele possa sentir a segurança e a calma, que necessita para aliviar o seu desconforto.

E como sempre, o seu pediatra poderá lhe fornecer mais informações para que você possa ajudar o seu pequeno da melhor maneira possível.