Recuperar a forma em pouco tempo

· 17 de janeiro de 2018

Depois do parto, muitas mães se perguntam qual o tipo de exercícios pós-parto que podem ser feitos para recuperar a forma em pouco tempo. Nesse artigo comentaremos algumas ideias de como conseguir isso.

Educação postural

E no que se refere a educação postural? Essa expressão significa educar o corpo com o propósito de que adote uma postura correta depois do parto. Educar o corpo para que adote uma postura correta é fundamental, já que um porte correto é necessário para recuperar a silhueta em pouco tempo.

Os benefícios que se obtém de aprender a segurar bem o bebê uma vez que já tenha nascido e dos exercícios pós-parto para recuperar a forma em pouco tempo são inegáveis. Segundo especialistas, eles ajudam a evitar problemas nas costas e a não sofrer disfunções no assoalho pélvico, que são aqueles que afetam o útero, a bexiga e o reto.

A espera é essencial para recuperar a silhueta em pouco tempo

Um aspecto a considerar antes de realizar os exercícios é que para poder realizar exercícios depois do parto é preciso esperar um tempo prudente, já que a recuperação do corpo varia de uma mulher para outra, levando em conta algumas condições.

O objetivo dos exercícios pós-parto é que as mães saiam da rotina e voltem a se sentir ativas. Na verdade, segundo uma especialista em psicoprofilaxia, a ideia é que após o parto a mulher comece a se recuperar fazendo alguma atividade física, de tal forma que melhore sua mentalidade e eleve sua autoestima. 

Quando voltar a realizar exercícios?

Em muitos casos, é aconselhável não retornar à academia antes da terceira ou quarta semana após o parto. No entanto, recomenda-se fazer uma avaliação médica com o propósito de estabelecer a condição física em que se encontra a paciente e determinar em quanto tempo é possível voltar a praticar exercícios.

Recuperar a forma em pouco tempo

Como recuperar a silhueta em pouco tempo

Quais tipos de exercícios podem ser realizados para recuperar a silhueta em pouco tempo? Antes de mencionar algumas ideias, é possível afirmar que tais exercícios podem ser realizados utilizando um elemento comum e essencial na recuperação, denominado de bola terapia. Tendo em mente isso, aqui vão algumas ideias:

  1. É possível colocar o abdômen em cima da bola, com o intuito de iniciar um exercício de fortalecimento muscular da área do quadril e da pélvis. Para isso, é preciso colocar as mãos no solo e elevar uma perna. Deve-se realizar 2 séries de 10 repetições alternando as pernas.
  2. Mantendo a mesma posição do exercício mencionado anteriormente, pode se elevar as pernas e contrair os glúteos. Esse trabalho fortalece a região abdominal. Também deve-se realizar 2 séries de 10 repetições.

Exercícios para o fortalecimento muscular e de órgãos

  1. Nesse caso, é preciso encostar as costas na bola com o intuito de iniciar um exercício de fortalecimento muscular na parte baixa do abdômen, músculos e glúteos. Também deve-se realizar 2 séries de 10 repetições.
  2. Outro exercício envolve o uso de um colchonete para elevar os pés num ângulo de 45°. Nesse casos, deve-se levar o queixo ao peito e manter os braços na altura do corpo. Mantendo a posição durante 10 segundos, com esse exercício pode-se beneficiar a revitalização dos órgãos. É possível fazer em séries de três.

Como recuperar a forma em pouco tempo: exercícios para a mãe e para o bebê

Também é possível realizar exercícios junto com o bebê para recuperar a forma em pouco tempo. Como você pode fazer isso? Aqui vão algumas ideias:

  1. É possível segurar o bebê e levantá-lo na altura dos ombros, para em seguida flexionar os joelhos e fortalecer a perna e os músculos traseiros. Esse exercício também ajuda no controle abdominal no caso da mãe. É possível realizar 10 flexões em duas séries seguidas.
  2. Mantendo a mesma posição do exercício anterior, é possível descer mantendo a postura e sem flexionar os joelhos. Também é possível elevar os braços e abaixá-los durante 10 segundos, 2 vezes seguidas. Esse exercício trabalha as costas, o peito e os braços.
Recuperar a forma em pouco tempo

Exercício para o fortalecimento da parte superior do corpo

  1. Nesse caso, utilizando um colchonete, deve-se alçar o bebê num ângulo de 45°. Isso se faz com o objetivo de que a criança fortaleça sua percepção através do campo visual, enquanto a mãe interage com ele. Em seguida, é possível abaixar a criança.

Exercício para o fortalecimento da parte inferior do corpo

  1. Tomando como base a posição do exercício anterior, é possível subir as pernas formando um L. Logo, deve-se colocar o bebê sobre as pernas com o objetivo de marcar o deslocamento ao elevá-las. Nesse caso, se requer controle do abdômen, glúteos e músculos. Dessa maneira, se fortalece a parte baixa do corpo.
  2. Colocando o corpo na posição lateral, é possível realizar de duas a três séries de movimentos de elevação de pernas. Enquanto se realiza esse exercício é possível falar, brincar e inclusive cantar com o bebê.

Em relação a todos os exercícios anteriores, é possível ir realizando um a um, isso com o objetivo de que depois de uma semana esteja realizando 10 minutos de atividade física.

Recomendações ao realizar os exercícios pós-parto

Existem algumas condições que podem contraindicar a realização dos exercícios. Uma delas é que a mulher tenha apresentado infecção no pós-parto ou desvio importante no aparelho genital no momento do parto. Além disso, no caso de que tenha sangrado muito durante o parto, pode apresentar anemia (o que pode ter grande impacto no desempenho físico da mãe). No caso de que a mulher tenha tido o filho por cesárea, é preciso esperar mais tempo para poder retomar uma rotina de exercícios.

Ter cuidado com o excesso de exercícios pós-parto

No caso de algumas mulheres, com o intenção de perder peso, excedem sua atividade ou rotina de exercícios. No entanto, nas primeiras etapas do pós parto os exercícios não devem exercer de 15 a 20 minutos. Por outro lado, a atividade física deve ser acompanhada de uma dieta equilibrada. Além disso, é fundamental uma boa hidratação.