Como reduzir os edemas nas pernas durante a gravidez?

· 3 de dezembro de 2018
Os edemas nas pernas durante a gravidez são comuns. Apesar desses edemas costumarem ocorrer no terceiro trimestre da gestação, existem mulheres que nas primeiras semanas de gravidez ficam com pés, tornozelos e mãos inflamadas.

Sabe-se que os edemas nas pernas durante a gravidez são originados pela retenção de líquidos no corpo e uma deficiente irrigação sanguínea nas extremidades, causada pela pressão do útero sobre as veias.

Contudo, ainda que pelo próprio processo da gravidez esse problema não pode ser eliminado, existe, sim, uma maneira de reduzi-lo.

Como reduzir os edemas nas pernas

Evite manter a mesma posição durante muito tempo

As inflamações nas extremidades inferiores prevalecem e até pioram quando você se mantém durante muito tempo em uma mesma posição, seja sentada ou parada.

Com o objetivo de evitar que isso ocorra, aconselhamos em intervalos regulares sentar, andar, fazer alguma tarefa, deitar um pouco, etc. Resumindo, manter um equilíbrio entre o descanso e o repouso, alternando também entre uma e outra postura.

Caminhar

Caminhar é um excelente exercício para a mulher grávida.

Desde que seu ginecologista ou obstetra permita, faça pequenos passeios. Essa atividade física contribui para uma melhor circulação sanguínea.

Faça massagens

edemas nas pernas

As massagens, sobretudo nas pernas, estimulam os gânglios linfáticos e melhoram a circulação da linfa.

Esse processo terapêutico ajuda também a reduzir os hematomas e desinflamar as varizes.

Coloque os pés para o alto

Quando você se sentar ou se deitar, coloque os pés para cima. Isso ajuda a melhorar a circulação sanguínea e reduz a pressão sobre suas pernas.

Consuma sal de maneira saudável

O sal é importante para o organismo humano porque fornece iodo.

A deficiência de iodo durante a gravidez pode causar bócio, ganho de peso, aborto, depressão, além de retardo mental e deformidades no feto.

Se sentir gorda dura nove meses, porém a alegria de se transformar em mãe dura para sempre.

-Nikki Dalton-

O sal contribui com uma boa hidratação porque aumenta o desejo de beber água e ajuda a regular os fluidos do corpo. Além disso, também participa também na geração dos impulsos nervosos e no relaxamento muscular.

Contudo, assim como sua falta, o excesso de sal pode ser ruim, sobretudo durante a gravidez.

Nessa etapa, o iodeto de sódio exagerado pode aumentar a pressão arterial e favorecer o sobrepeso, além aumentar os problemas com os rins e a retenção de líquidos até causar edemas.

Se você pretende ter uma gravidez feliz, equilibre o consumo do sal em sua dieta.

Mantenha suas pernas em movimento

O movimento de suas pernas serve para aliviar o peso que você sente nelas, o entorpecimento e a inflamação.

Use sapatos baixos

Durante a gravidez você deve evitar os saltos ou sapatos altos. Isso porque eles sempre são mais perigosos que qualquer outro calçado que você possa usar.

Os sapatos baixos, que não sejam muito apertados no pé, beneficiam sua locomoção e melhoram a irrigação do sangue até as extremidades inferiores.

Beba água suficiente

edemas nas pernas

Os edemas são o produto da retenção de líquido no corpo. Entretanto, isso não quer dizer que para reduzir você deva beber menos água. Na verdade, é exatamente o contrário.

Se você sofre de inflamações nas pernas, o mais recomendável é que tenha uma boa hidratação.

água ajuda a depurar o organismo e eliminar as toxinas da linfa, o que diretamente reduz o edema.

Consuma frutas e beba infusões de plantas diuréticas

Para diminuir a retenção de líquidos, consuma frutas e beba infusões de plantas diuréticas.

Entre as frutas, não podem faltar as tropicais como o abacaxi, o limão, a laranja e o melão. Se for beber as infusões, escolha entre o dente de leão, verbena e urtiga.

Além disso, também coma vegetais que tenham essa propriedade, entre eles, sugerimos que faça saladas com aipos, aspargos e tomates maduros.

Como reduzir os edemas nas pernas durante a gravidez?

Para terminar, damos estes outros conselhos:

  • Molhe suas pernas com água fria e em seguida com água quente. Alterne entre as temperaturas para aumentar a circulação do sangue
  • Use roupa folgada, sobretudo, as roupas íntimas
  • Aplique géis relaxantes para as pernas cansadas.