5 Remédios caseiros contra as pernas inchadas

· 2 de junho de 2017

Ficar com as pernas inchadas é comum durante a gravidez. Sobretudo quando o final desse processo se aproxima, muitas mulheres se queixam que as pernas, os pés e os dedos ficam inchados.

Apesar de algumas dessas mulheres levarem uma vida normal mesmo com os edemas nas pernas, outras sentem dificuldades para caminhar, se deitar, se levantar e realizar qualquer outra ação, pois além dos edemas há o excesso de peso e o tamanho da barriga.

Com o objetivo de reduzir a retenção de líquidos nas pernas trazemos alguns conselhos neste artigo de Sou Mamãe. São remédios caseiros e ideias que você pode colocar em prática independente de quão avançada está sua gravidez.

Todas elas são totalmente seguras e não causam prejuízos nem à sua saúde nem à saúde do seu bebê.

Tome duchas de água fria e água quente

inchadas

Lave suas pernas no chuveiro. Procure uma forma segura e confortável de se sentar e deixe a água que sai pelo chuveirinho “regar” suas extremidades inferiores.

Primeiro, deixe a água morna para se adaptar à mudança de temperatura. Em seguida, vá deixando a água mais quente, aos poucos. Fique assim durante meio minuto.

Mude de novo a temperatura e estimule seus vasos sanguíneos deixando a água fria. Mantenha a temperatura por mais meio minuto.

Para melhorar a circulação das suas pernas e deixá-las menos inchadas alterne entre água fria e água quente durante 10 minutos todas as vezes que você for tomar banho.

Inclua frutas e vegetais diuréticos na sua dieta

As frutas e os vegetais diuréticos são aqueles que ajudam você a eliminar líquidos de forma natural. Entre os mais indicados, levando em consideração que você está grávida, temos:

  • As uvas
  • O abacaxi
  • O aspargo
  • A laranja
  • O tomate
  • O mamão
  • O salsão
  • O melão
  • A salsinha
  • A maçã
  • O limão
  • A pera

Deite-se com as pernas para o alto

inchadas

Deite-se na cama e apoie as pernas na parede de uma maneira que elas fiquem em um nível mais alto que o do resto do corpo.

Isso vai ajudar a diminuir a pressão nelas. Se você ficar por 15 minutos nessa posição, vai sentir o inchaço melhorar.

Faça uma drenagem linfática manual nas suas pernas

A drenagem linfática é um procedimento terapêutico que consiste em massagear as pernas com o propósito de estimular os gânglios linfáticos a fim de melhorar a circulação da linfa (líquido transparente que circula pelos vasos linfáticos para transportar resíduos até os gânglios, responsáveis por destruir os agentes patogênicos).

Essa massagem, que pode ser realizada alternando pressões e movimentos rítmicos em favor da circulação da linfa, apresenta muitos benefícios para o corpo da mulher grávida:

  • Alivia os incômodos nas pernas
  • Reduz os hematomas
  • Desinflama as varizes
  • Evita a retenção de líquidos
  • Melhora o funcionamento dos rins
  • Reduz a celulite
  • Melhora o estado emocional

Beba infusões com propriedades diuréticas

Muitas plantas medicinais encontradas no mercado possuem propriedades diuréticas.

Um bom remédio contra as pernas inchadas é beber diariamente uma infusão de:

  • Sabugueiro
  • Dente de leão
  • Tanchagem
  • Milefólio
  • Verbena
  • Urtiga
  • Cavalinha

Remédios caseiros contra pernas inchadas

Para finalizar oferecemos uma série de conselhos que vão ajudar no objetivo de diminuir o inchaço nas pernas. Esperamos que sejam úteis.

  • Beba água abundantemente.
  • Consuma pouco sal. O excesso de sal além de todos os contratempos que causa em qualquer pessoa, pode favorecer a retenção de líquidos especialmente nas grávidas.
  • Não fique sentada com as pernas para baixo. Sempre que for se sentar, coloque uma banqueta ou qualquer outro apoio para as pernas ao seu lado para que elas sempre fiquem acima da altura que está o resto do seu corpo;
  • Não use lycras ou qualquer outro tecido apertado.
  • Use cosméticos e géis relaxantes que ajudem na circulação.
  • Evite ficar em pé durante muito tempo. Apesar de se recomendar para a grávida não ficar ociosa durante a gravidez, também não se deve abusar do corpo. Se você fica em pé durante muitas horas seguidas, isso vai aumentar o inchaço das suas pernas.
  • Evite usar salto alto. Além de ser perigoso porque você pode cair ou torcer o pé, dificulta a circulação do sangue.