Saiba tudo sobre o sistema imunológico

· 5 de julho de 2018
Entender o que é e como funciona o sistema imunológico dos seres humanos irá nos ajudar a prevenir e compreender os sintomas de algumas das doenças mais comuns que podem atacar os nossos filhos.

O sistema imunológico não é nada mais do que a defesa natural que o corpo tem para combater as infecções, que podem ser causadas por bactérias ou vírus. Embora possa parecer um termo complexo, é de vital importância saber em que consiste e de que forma podemos fortalecê-lo.

O corpo combate e destrói os agentes infecciosos que pretendem invadi-lo antes que causem problemas. Se o sistema imunológico funciona de forma ótima, irá proteger o corpo de infecções que geram as doenças. No caso das crianças, o sistema imunológico começa a se desenvolver antes delas virem ao mundo. 

Um recém-nascido fica imune temporariamente a algumas doenças porque as mães compartilham com seu filho uma imunidade passiva. Posteriormente, ele recebe anticorpos quando é alimentado com o leite materno e, ao chegar ao primeiro ano de idade a criança, já terá a imunidade desenvolvida perante certas infecções.

Embora nosso filho consiga ampliar seu sistema imunológico, no decorrer do seu crescimento ele irá se expor a novos germes que não necessariamente podem afetar um adulto. Nesse sentido, é essencial que o vírus encontre uma barreira: uma criança com um sistema imunológico fortalecido.

Sistema imunológico: a cada infecção que supera, se torna mais forte

sistema imunológico

As mães frequentemente se perguntam porque seus filhos ficam doentes com muita frequência. A verdade é que, segundo os especialistas, as crianças que têm entre 2 a 6 anos são acometidas por 90% das infecções que poderiam adquirir ao longo de suas vidas. 

Uma das etapas nas quais elas estão mais propensas a contrair algum tipo de vírus é quando começam a frequentar a creche ou a escola, pois é nessa etapa que travam a sua maior batalha contra os germes e agentes infecciosos.

Na primeira fase da infância dos seus filhos, as mães vivem um embate entre a preocupação de enviá-los à escola, por medo de que fiquem doentes, e a necessidade de que a criança se desenvolva normalmente, física e intelectualmente.

O que acontece é que quanto mais infecções as crianças enfrentem, mais rápido elas se transformarão em pessoas mais saudáveis e fortes, se tornando menos vulneráveis, já que as defesas no seu sistema irão aumentar.

Em torno desse assunto, surge um debate que vale a pena prestar atenção: a aplicação de vacinasAtualmente, existe um debate entre aqueles que defendem o seu uso devido às barreiras protetoras que oferecem e aqueles que asseguram que produzem efeitos nocivos para a saúde em longo prazo.

Uma vacina é um composto biológico que proporciona imunidade adquirida contra uma determinada doença. Esse preparo é feito a partir dos agentes patógenos, como vírus e bactérias, que se comportam como antígenos e que, ao entrarem no corpo, favorecem a criação de anticorpos.

Apesar de haver pessoas que afirmem que as vacinas causam doenças crônicas e degenerativas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) assegura que as vacinas são completamente seguras e que as reações adversas são geralmente temporárias e bem leves.

As pesquisas realizadas pela OMS evidenciaram que existe mais probabilidade de uma pessoa padecer de um transtorno por causa de uma doença que pode ser prevenida por uma vacina do que por uma vacina em si. Se você tiver mais dúvidas sobre esse assunto, vale a pena consultar um especialista ou seu médico de confiança para esclarecê-las.

Como fortalecer o sistema imunológico?

sistema imunológico

  • Nos lactentes, a melhor forma de reforçar as suas defesas é através do leite materno. Os nutrientes fornecerão ao bebê os componentes necessários para o seu crescimento e a prevenção de doenças.
  • Uma alimentação balanceada, rica em verduras, legumes e cereais, proporcionará ao seu filho as vitaminas necessárias.
  • Fomentar o hábito de lavar as mãos antes das refeições, depois de ir ao banheiro ou de brincar o manterá mais limpo e longe das bactérias.
  • Assegure-se de que o seu filho descanse o suficiente. Lembre-se de que o corpo requer repouso para repor as energias e recuperar as energias gastas.
  • Deixe que o seu filho tenha contato com a natureza, não o deixe trancado dentro de uma bolha. Experimentar os benefícios de um ambiente natural irá potencializar a sua infância.

Nossos filhos sempre estarão expostos a doenças. A responsabilidade de permitir que eles tenham a proteção básica para ajudá-los a desenvolver um sistema imunológico que garanta o seu bem-estar está em nossas mãos.