Senso de humor no ensino fundamental

2 de janeiro de 2020
Ter bom humor é importante por causa dos benefícios que isso traz para a nossa saúde e bem-estar. Neste artigo, vamos falar sobre como trabalhar o senso de humor com as crianças do ensino fundamental.

Trabalhar conscientemente, desenvolver e promover o senso de humor no ensino fundamental tem um objetivo tanto pedagógico quanto lúdico, e ambos ajudam no desenvolvimento e na formação integral das crianças.

O que significa senso de humor?

O humor é um estado de espírito que se manifesta externamente. Assim, o bom humor se refere a um bom estado de espírito que é expresso como um estado de alegria.

Ter senso de humor implica conseguir enfrentar as diferentes situações cotidianas, profissionais, de lazer, burocráticas e até mesmo as situações mais difíceis ou problemáticas, de bom humor ou com um bom humor.

O senso de humor nos ajuda a entender o mundo ao nosso redor e nos faz ver a realidade a partir de diferentes pontos de vista, oferecendo, assim, diferentes perspectivas para interpretar essa realidade.

Benefícios do bom humor para a nossa saúde

Atualmente, tanto psicólogos quanto sociólogos e psiquiatras argumentam que o bom humor tem efeitos muito positivos sobre as pessoas, ajudando a melhorar e a preservar a sua saúde. Isso é possível porque o bom humor influencia o nosso sistema imunológico de forma positiva, permitindo que o nosso cérebro libere endorfinas.

Senso de humor no ensino fundamental

As endorfinas são os chamados hormônios da felicidade, responsáveis ​​por produzir sensações de bem-estar e por reduzir a dor. Quando rimos e quando estamos felizes, com uma atitude positiva, elas são produzidas pelo cérebro de forma natural, o que nos faz sentir bem.

Além disso, o bom humor e o riso ajudam a reduzir o estresse, a reduzir a pressão alta e a proteger o coração. Rir muito é contagioso, rejuvenesce, relaxa e permite que sejamos nós mesmos, nos expressando mais livremente.

O papel do humor na educação

O desenvolvimento de estratégias de intervenção educacional baseadas no trabalho do ou com o senso de humor pode ser muito útil para os educadores alcançarem objetivos relacionados aos processos de ensino-aprendizagem.

É importante reconhecer a importância do humor como um recurso pedagógico e didático, pois ele permite enriquecer e estimular os processos de ensino e aprendizagem, introduzindo variáveis ​​mais criativas na transmissão de informações e conhecimentos.

Dessa forma, retomando o que foi desenvolvido por Fernández Solis (2003), a primeira função trazida pelo humor para o campo educacional é a função pedagógica. Ao mesmo tempo, também melhora os processos de ensino-aprendizagem. Mas ele também tem outras funções relevantes, tais como:

  • Motivacional, despertando entusiasmo e interesse.
  • De união e relaxamento do grupo, aproximando as pessoas, tirando a inibição e aliviando tensões.
  • Criativa, estimulando o desenvolvimento de pensamentos divergentes e ideias inovadoras.
  • Transformadora e terapêutica, de situações complicadas, difíceis e tensas.
  • Intelectual, ajudando a ativar componentes cognitivos e racionais.
  • Psicológica, melhorando a autoestima, a autoaceitação, a autoconfiança e a segurança.
  • Comunicativa, melhorando os canais de comunicação e as relações interpessoais.
  • Lúdica, gerando ambientes de diversão, distração, alegria e harmonia.

Senso de humor no ensino fundamental

Embora seja importante trabalhar o senso de humor diariamente, em todas as idades e tanto em contextos de educação formal quanto não formal, isso é ainda mais importante quando se trata de crianças. A fase do ensino fundamental e as idades entre os 6 e os 12 anos são ideais para trabalhar o senso de humor.

As crianças devem aprender a reconhecer e internalizar a sensação de bem-estar trazida por rir e se divertir. Da mesma forma, devem crescer cientes de que uma atitude positiva em relação à vida sempre será a melhor estratégia para progredir e resolver os problemas.

Senso de humor no ensino fundamental

Temos muitas razões para levar a vida com um pouco de bom humor.

Atividades para trabalhar o senso de humor no ensino fundamental

A seguir, vamos mostrar duas propostas de atividades para trabalhar o senso de humor no ensino fundamental.

Nós nos desenhamos

Individualmente, cada aluno deve desenhar uma caricatura de si mesmo. Nela, devem ser destacadas as partes do seu corpo que mais chamam a atenção ou das quais não gostam.

A atividade tem como objetivo fazer com que as crianças possam rir dos seus próprios desenhos e, por fim, de si mesmas, percebendo, assim, que todos temos partes do corpo com as quais não estamos muito satisfeitos, mas que às vezes elas fazem com que todos possamos rir muito.

Estou vendendo tudo

Cada aluno deve escolher um item ou objeto que deve tentar vender para os colegas de classe. A atividade tem como objetivo fazer com que os alunos improvisem argumentos para convencer os compradores de todos os benefícios do seu produto, por mais loucas e irreais que as explicações e os motivos possam parecer.

No final da atividade, os alunos vão escolher quem foi o vendedor mais original e convincente, mas, acima de tudo, o mais engraçado.