Ser uma boa mãe e esposa ao mesmo tempo

· 28 de setembro de 2018
Muitas vezes nos perguntamos: como faço para não negligenciar meu querido marido perante um "muito desejado, mas muito exigente" bebê?

Ser mãe e esposa é o sonho de muitas mulheres. Mas uma vez que o concretizamos, percebemos que não é tão fácil quanto imaginávamos.

Independentemente da nossa cultura, posição social ou crença, a grande maioria das mulheres sonha com uma vida plena que inclui, dentre vários objetivos, ter uma família estruturada.

Tudo isso começou desde que éramos crianças e brincávamos com bonecas. Dessa forma, iniciamos um processo bastante maternal que nos acompanha ao longo de nossas vidas.

Na adolescência, quando temos nossas primeiras conquistas ou, talvez, o primeiro amor, idealizamos a pessoa amada como o príncipe encantado, que talvez nos leve ao altar.

Quando temos cerca de 20 anos, começam nossos primeiros pensamentos mais sérios relacionados ao desejo de formar uma família.

O que acontece quando nos casamos?

As situações podem variar de casal para casal. Mas se tiveram um longo namoro, é possível desejem ter filhos em um período de tempo relativamente curto. Ao mesmo tempo, a idade das mulheres também pode vir a ser uma razão para adiantar os planos.

Casais que têm uma boa comunicação, frequentemente, planejam esperar 2 ou 3 anos antes de tentar ter o primeiro bebê. O adiamento desse importante evento pode ocorrer por vários motivos ou desejos:

  • Ter mais tempo sozinhos
  • Amadurecimento da relação
  • Completar algum tipo de estudo
  • Buscar estabilidade financeira

Casais que estão totalmente preparados para a chegada do novo membro da família, tendem a ter níveis mais elevados de tolerância ao estresse gerado pela logística de atenção da criança.

mãe e esposa

O que podemos fazer para manter o equilíbrio entre o papel de mãe e esposa?

É um fato que as crianças exigem muito tempo e atenção da mãe e do pai. Principalmente nos primeiros meses de vida. E, como diz a “lei do funil”, quando alguém ganha, há outro que perde.

Nessa fase, é muito importante que seu marido participe da criação tanto quanto a mãe. Para isso, podemos implementar as seguintes dicas:

  • Quando o bebê estiver dormindo, aproveitem a oportunidade para fazer uma pequena pesquisa sobre o assunto. Ao perceber que vocês não são um caso único e que é normal se sentir oprimido pela chegada do novo membro da família, os níveis de tensão entre vocês vão diminuir.
  • A participação do pai no cuidado com o bebê é fundamental.
  • Se o seu marido estiver ausente por causa do trabalho, quando ele chegar ao final do dia, conte com carinho para ele os detalhes do seu dia.

Gerenciamento do tempo a o segredo do equilíbrio

É preciso tempo para compartilhar em família (como mãe e esposa), para compartilhar como casal e é necessário algum tempo para nós mesmas. Equilibrando essas três áreas, certamente minimizaremos os momentos de estresse familiar.

Para dedicar tempo pessoal e passar o tempo “a sós” com seu marido, você vai precisar do apoio de um membro da família ou de uma babá para cuidar bem do seu pequeno enquanto vocês estiverem ausentes.

É importante não se sentir culpada quando sair. Muito pelo contrário, quando você “respirar um ar diferente”, voltará com um novo entusiasmo e um enorme desejo de estar com seu bebezinho novamente. Por isso, sem dúvida, vai ser benéfico para ambos.

mãe e esposa

Ter momentos com seu marido

Separe um tempo a sós com o seu marido para:

  • Ter momentos de intimidade.
  • Fazer alguma atividade para curtir juntos, como, por exemplo, ir ao cinema, ao teatro ou, simplesmente, caminhar.
  • Faça algo com o “fator surpresa” (presente, tickets para um jogo ou um perfume). Ao iniciar esse jogo com o seu marido, ele vai ficar motivado a fazer o mesmo com você.

Você, mulher muito especial, senhora e perfeita dama,

dedicada mãe e esposa, a rainha do meu coração;

Deus te colocou no meu caminho, sob o teto celestial,

Para apoiar-me em seus braços e ensina-me amar.

-Joseph Miguel Pérez Amézquita-

Ter momentos em família

Dependendo da idade da criança, vocês podem decidir por:

  • Fazer um passeio em família. é possível, por exemplo, escolher entre parque, jardim zoológico, praia, etc.
  • Realizar alguma atividade em casa, como desenhar juntos, montar quebra-cabeças, assar biscoitos ou um bolo.
  • Convidar outros membros da família ou amigos com crianças de idades semelhantes para compartilhar uma refeição ou uma sobremesa especial.

Ter tempo para si mesma

É super importante, separar um tempo para ir ao salão, sair com suas amigas, ir a um spa, praticar yoga ou meditação, etc.

Se, apesar de implementar essas recomendações, algum conflito em seu papel como mãe e esposa surgir, não hesite em procurar a ajuda de um terapeuta de casal. A orientação desse profissional vai ajudar a resolver qualquer eventualidade que esteja afetando vocês como casal.