Sinais de que o seu filho está prestes a fazer birra

25 Julho, 2020
As birras fazem parte do desenvolvimento dos seus filhos, mas, a partir do momento em que as entendemos, podemos conseguir evitá-las em muitas situações.
 

Apoiar o filho no meio de uma birra é a parte mais desafiadora para os pais. Todas as crianças fazem birra, então todos os pais precisam passar por esses momentos de crise emocional dos seus pequenos.

Talvez você se sinta frustrado, mas isso é o menos importante. O que realmente importa é ter a certeza de que essa é uma parte normal do desenvolvimento infantil e que você deve estar à sua altura.

Seu filho não está tentando te incomodar ou te deixar com raiva intencionalmente. Ele apenas está tentando te mostrar, por meio de ações, que está se sentindo mal emocionalmente e que precisa do seu apoio e da sua orientação para poder reencontrar o equilíbrio interno.

Assim, a forma como você reage é essencial para melhorar o comportamento do seu filho.

A birra não é culpa de ninguém

Quando seu filho está fazendo birra, você pode ficar tentada a pensar que a culpa é sua. Mas não é. As birras são uma parte normal do desenvolvimento infantil e não acontecem porque você foi uma mãe ou (um pai) ruim ou porque fez algo de errado.

Felizmente, a maioria das birras é precedida por uma lista de sinais que indicam que o seu filho está prestes a sofrer uma crise emocional ou a fazer birra. A seguir, vamos explicar quais são os sinais mais comuns que são manifestados pelas crianças antes de fazer birra. Assim, você poderá prever esse momento.

birra
 

O que posso fazer para ajudar a evitar as birras?

Existem vários fatores que podem contribuir para que uma criança fique propensa a fazer birra a qualquer momento:

  • Fome. Os pequenos ficam com fome, assim como nós. Ter lanches à mão e tentar antecipar os momentos nos quais seu filho vai precisar de um pouco de combustível extra pode ajudar bastante.
  • Fadiga ou cansaço. Quanto mais cansado o seu filho estiver, mais ele terá dificuldade com a comunicação e o raciocínio através de dificuldades e desafios.
  • Tentação. Andar com seu filho pelo corredor de doces no supermercado quando ele estiver com fome e quando você não tiver nenhuma intenção de permitir que ele coma doces é uma receita pronta para gerar birras, sem dúvida.

Quais são os sinais que posso procurar e que geralmente indicam que a birra vai acontecer?

A seguir, vamos falar sobre os sinais que indicam que o seu filho está prestes a fazer birra, para que você possa evitá-la.

Dificuldade de comunicação antes da birra

As crianças geralmente ficam com raiva porque ainda não têm a capacidade de se expressar e entender claramente. Se você perceber que a criança está com dificuldade para expressar seu ponto de vista, ou se ela tiver dificuldade para pedir o que quer, a birra pode estar a caminho, a menos que você a ajude a se expressar.

As birras: sinais físicos de frustração

Se uma criança começa a bater em um brinquedo, jogar um objeto ou levantar as mãos com frustração, pode haver uma crise no horizonte. Quando a exasperação começa a se mover dentro do corpo, seu filho pode estar chegando ao limite.

 

Gritos antes da birra

Se o seu filho começar a levantar a voz, esse pode ser um sinal de que ele está com dificuldades emocionais. Quando ele levantar a voz de uma maneira menos alegre, você pode verificar se é necessária uma intervenção para evitar a birra.

birra

Bater ou chutar coisas ou pessoas

Bater, chutar e até mesmo morder pode ser comum durante a infância, pois as crianças aprendem a se comportar interagindo com outras crianças que também têm uma capacidade limitada de comunicação.

Esse tipo de comportamento é um sinal de que a criança está com problemas para conseguir o que deseja ou de que ela está impedindo um determinado comportamento de um amigo, de modo que se sente pressionada além do seu limite.

Redução da capacidade de atenção antes da birra

Nunca devemos esperar que as crianças tenham longos períodos de atenção. Mas quando uma criança está claramente perdendo o foco durante um momento no qual é pedido que ela faça o oposto, a sua frustração certamente vai aumentar.

Usar uma distração ou ajudar seu filho a encontrar uma atividade pela qual ele se interesse pode ajudar a evitar uma crise iminente.

 

Sentir-se sem controle

Assim como os adultos se sentem confortáveis quando podem controlar as situações, o mesmo também acontece com as crianças. Se uma criança está diante de uma situação na qual ela não tem poder de escolha, isso pode levar suas emoções para um lugar onde são difíceis de controlar, o que também pode provocar a birra.

Também é possível que o seu filho fique com o corpo tenso, chore, repita algo muitas vezes devido à insegurança emocional ou fique nervoso se suas rotinas forem alteradas sem aviso prévio. Esses também podem ser sinais de que a birra está a caminho.