O que é o sinal de Chadwick?

14 de junho de 2020
O sinal de Chadwick é considerado um dos sintomas mais comuns quando há uma gravidez. Porém, também pode ser provocado pelo ciclo menstrual.

A ausência ou o atraso da menstruação geralmente é um dos primeiros sintomas da gravidez, mas não é um fator determinante. Muitas mulheres apresentam irregularidades ou atrasos no ciclo menstrual com frequência. O sinal de Chadwick faz parte de uma longa lista de sintomas que aparecem quando existe uma possível gestação. Mas você sabe do que se trata?

O que é o sinal de Chadwick?

O sinal de Chadwick também é conhecido como “sinal de Jacquemier”. Trata-se de uma coloração violeta ou de tom azul escuro da mucosa vaginal e do colo do útero, que geralmente aparece na quarta semana de gravidez. É um efeito normal da congestão venosa local, que ocorre como resultado do aumento da progesterona.

Essa alteração pode ser vista através do espéculo durante um exame ginecológico. Entretanto, devemos ter em mente que seu aparecimento não garante a existência de uma gravidez. Nos dias anteriores à menstruação, também ocorrem alterações de coloração na região vaginal.

Embora seja considerado um dos principais sintomas de uma possível gravidez, deve estar associado a outros sinais próprios da gravidez para ter maior certeza. Isso porque algumas mulheres apresentam sintomas de gravidez apenas depois da segunda semana. Em geral, os sintomas ocorrem com mais frequência entre 4 e 6 semanas de gestação.

O sinal de Chadwick durante a gravidez

É provável que o sinal de Chadwick se mantenha durante todo o período de gestação, mas isso só poderá ser analisado pelo especialista através de um exame ginecológico.

Geralmente, esse sintoma desaparece quando a gravidez termina sem necessidade de recorrer a nenhum tipo de tratamento, pois é um processo natural do funcionamento fisiológico do organismo.

O sinal de Chadwick

Outros sinais que o acompanham

Além dos desconfortos comuns que as futuras mães sofrem durante a fase da gestação, também ocorrem outros sinais ginecológicos juntamente com o já mencionado sinal de Chadwick. Confira alguns deles:

  • Sinal de Noble-Budin: pode ser percebido no toque vaginal e consiste em um achatamento do fundo de saco vaginal, que assume forma globular.
  • Sinal de Pinard: trata-se do sinal pelo qual são aferidos os movimentos fetais e que permite diagnosticar a existência de uma gravidez.
  • Sinal de Piskacek: é o aumento assimétrico do corpo do útero.
  • Sinal de Osiander: consiste em uma pulsação vaginal que pode significar um sinal precoce de gravidez.
  • Sinal de Braga: é uma mudança de consistência e cor no cérvix uterino.
  • Sinal de Dickinson: o tamanho do útero aumenta principalmente no diâmetro anteroposterior. Em seguida, torna-se globular ou esférico.
  • Sinal de pescador: refere-se à transmissão de leves movimentos do cordão no fundo uterino.

“O sinal de Chadwick é uma coloração violeta ou de tom azul escuro da mucosa vaginal e do colo do útero, que geralmente aparece na quarta semana de gravidez.”

Outros sintomas que podem indicar gravidez

Quando se têm dúvidas sobre a existência de uma gravidez, a mulher começa a sentir vários sintomas à medida que sua condição avança e o bebê começa a se desenvolver. O sinal de Chadwick é um deles. Por isso, é importante conhecer quais outros sintomas podem ocorrer.

É fundamental destacar que, em muitos casos, as mulheres apresentam diferentes tipos de sintomas. A seguir, vamos listar os principais:

  • Ausência do ciclo menstrual.
  • Vômitos, tonturas, vertigens.
  • Sensação de sonolência.
  • Alterações no olfato e na digestão.
  • Dores na região do abdômen.
  • Pequeno sangramento vaginal.
  • Dor, aumento de tamanho e alterações na aparência dos seios.
  • Sensação constante de cansaço.
  • Alterações de humor.
  • Aumento na vontade de urinar.
O sinal de Chadwick

Quando fazer um teste de gravidez?

Embora no mercado existam vários testes de gravidez que prometem resultados precisos, os especialistas recomendam realizar o teste de gravidez com pelo menos 7 dias de atraso. Nesse momento, o hormônio hCG terá sido secretado e será possível obter um resultado mais confiável. Se for feito antes, há mais possibilidades de um resultado negativo.

No momento em que se apresentam vários sintomas e há a suspeita da existência de uma gravidez, é importante realizar um teste para depois procurar um especialista. Muitos sinais podem aparecer e serem confundidos com algum outro desconforto. Certificar-se com um especialista é sempre a medida mais recomendável.