Sintomas do terceiro trimestre da gravidez

· 16 de março de 2018
Dores de cabeça, dor abdominal, falta de apetite sexual e muito mais. Os sintomas do terceiro trimestre da gravidez indicam que o final da gestação já está próximo. A seguir vamos dar algumas dicas para passar por essa fase da melhor maneira possível.

Já se passaram sete meses e o desconforto persiste. O caminho foi difícil, mas ainda falta muito. Os sintomas do terceiro trimestre da gravidez indicam que o bebê já quer sair. Imaginar ter seu pequeno no colo é o melhor antídoto para resistir ao que ainda está por vir.

As dores associadas à gravidez variam em cada mulher. Nem todas sofrem com a mesma intensidade ou frequência. No entanto, nesta fase é possível que alguns desconfortos que pareciam ter desaparecidos voltem a aparecer. Inclusive, podem aparecer novas dores que até agora não tinham aparecido.

Durante esta fase vários fatores incidem no bem-estar da mãe: o peso, o diâmetro da barriga, a nutrição e a saúde da mãe, entre outros. Os sintomas do terceiro trimestre da gravidez podem incluir refluxo, inchaço, dor nas costas, desconforto para dormir, indigestão e até mesmo sangramento. A seguir, vamos ver os sintomas mais comuns.

Refluxo e acidez: um mal comum

Tudo começa com uma queimação que vai desde a parte final do esterno até a garganta. Nos primeiros dias de gravidez essa queimação aparece com frequência, depois geralmente desaparece por várias semanas e volta nos últimos meses.

Os obstetras relacionam esta condição com a ação da progesterona. Este hormônio faz com que o músculo esofágico relaxe e desacelere o esvaziamento gástrico, provocando inflamação e irritação.

Este e outros sintomas são causados pelo crescimento do bebê e pela pressão exercida sobre os órgãos. A queimação no esôfago, por exemplo, é devido à compressão do útero no estômago, o que dificulta a digestão.

Para evitar o refluxo e a acidez do estômago, é recomendável se alimentar mais vezes em quantidades menores, fazer cinco em vez de três refeições. Também recomendável evitar alimentos apimentados, aumentar o consumo de líquidos e não se deitar imediatamente após a ingestão de alimentos.

As dores associadas à gravidez variam em cada mulher e nem todas sofrem com a mesma intensidade ou frequência

Inchaço e cansaço

O inchaço é outro sintoma do terceiro trimestre da gravidez. As coxas, os pés, os tornozelos e os dedos das mãos começam a inchar. Por que isso acontece? O inchaço é causado pela retenção de líquido, pressão sanguínea e má circulação, associada ao alargamento do útero.

Este desconforto é acompanhado por cansaço nas pernas que costuma aparecer depois de permanecer horas em pé ou sentada. Portanto, é necessário caminhar, comer frutas, levantar as pernas ocasionalmente e beber água. Também é conveniente não usar roupas apertadas e fazer massagem com frequência.

sintomas do terceiro trimestre da gravidez

Dor lombar

A maior tortura do oitavo mês é a dor lombar. Ela se concentra nas costas, no meio e no final da coluna. A dor piora quando a mulher caminha ou fica parada. Em alguns casos, a dor é tanta que algumas mulheres não aguentam e precisam usar cadeiras de rodas. Esta dor é causada pelo esforço que a coluna faz para suportar o útero.

Para evitar essa dor, é preciso prestar atenção na postura. Veja alguns conselhos:

  • Apoiar-se em algo quando precisar se levantar e colocar almofadas na cadeira para manter a coluna ereta.
  • Sentar-se com os glúteos apoiados no final da cadeira é a melhor maneira de diminuir a dor.
  • Dobrar os joelhos sempre que for agachar.
  • Os sapatos de salto-alto e os sapatos retos devem ser deixados no armário pois não são compatíveis com as habilidades físicas atuais da mulher.
  • Para dormir é importante usar um colchão duro ou ortopédico. A posição adequada para descansar é de lado, e de preferência do lado esquerdo.
  • Aulas de natação ou pilates ajudam a aliviar as dores

O inchaço nas mãos e nos pés acontece por causa da retenção de fluido, pressão sanguínea e má circulação, associada ao alargamento do útero

Indigestão, insônia … frequentes, mas controláveis

Como já vimos, durante a gravidez há hormônios que relaxam o sistema digestivo e evitam que as refeições sejam digeridas facilmente. Portanto, muitas mulheres grávidas sofrem de indigestão, gases e sensação de saciedade.

Para não ter que lidar com esses sintomas, o ideal é preparar refeições leves, comer devagar e pausadamente, e não falar enquanto mastigar. Comer pelo menos duas horas antes de ir para a cama e dormir semi-sentada são outros hábitos que podem fazer diferença.

Para conciliar o sono, é aconselhável se deitar do lado esquerdo porque o sangue chega melhor ao coração da mãe e do feto. Além disso, é aconselhável usar almofadas debaixo da barriga e entre as coxas para evitar que a pressão sanguínea suba. Pode não ser muito confortável no começo, mas logo você se acostuma.

sintomas do terceiro trimestre da gravidez

Outros sintomas do terceiro trimestre da gravidez

Muitas coisas acontecem desde que o teste de gravidez apresenta um resultado positivo. A mulher enfrenta uma onda de emoções e transformações que, como vimos, podem representar um desconforto considerável.

Além dos sintomas citados acima, o terceiro trimestre da gravidez pode incluir dores de cabeça, dores nos músculos  intercostais, dificuldade respiratória e movimentos involuntários ou formigamento nas pernas (síndrome das pernas inquietas). Também pode causar falta de apetite sexual e hemorroidas.

Embora a gravidez possa parecer um caminho tortuoso, não se desespere. Todos esses sintomas do terceiro trimestre da gravidez são suportáveis e podem ser facilmente curados. A melhor maneira de fazer isso é por meio de rotinas saudáveis. Não é preciso ter medo, a recompensa está chegando!