O que é a sociologia da educação?

Vamos falar sobre as principais características da sociologia da educação, uma perspectiva sociológica responsável por estudar como a escola e a sociedade se relacionam.
O que é a sociologia da educação?

Última atualização: 03 Janeiro, 2021

Em resumo, a sociologia da educação constitui uma perspectiva que tem como objetivo estudar e compreender a educação em sua dimensão social. Utilizando conceitos e metodologias próprios da disciplina sociológica, a sociologia da educação contribui para o campo educacional e também se alimenta dele, assim como acontece com outras disciplinas, tais como a pedagogia, a psicologia e a filosofia, aplicadas ao âmbito educacional.

Objeto de estudo e definição da sociologia da educação

O principal desenvolvimento da sociologia da educação ocorreu nos países ocidentais nas décadas de 1960 e 1970 do século XX. Autores como Émile Durkheim, Max Weber e Karl Marx são considerados os autores mais representativos da teoria clássica da sociologia da educação. Durkheim foi justamente o primeiro sociólogo a considerar a educação como um objeto de estudo.

a sociologia da educação

Assim, a pedagogia passa a ser influenciada pela sociologia e, conforme exposto por Alexis Rojas León, em seu artigo “Aportes de la sociología al estudio de la educación” (“Contribuições da sociologia para o estudo da educação”, em tradução livre):

“A sociologia pode lidar tanto com fatores sociais que podem ter uma consequência ou relação com a educação e vice-versa, quanto com as instituições educacionais (em geral e não apenas as escolas) como uma instituição social e um ambiente social onde ocorre a interação social de numerosos indivíduos (professores, alunos, mães, pais, etc.)”.

Assim, dito de uma forma mais simples, a sociologia da educação é um ramo da sociologia que trata do estudo da relação entre educação e sociedade. Ou seja, estuda a função social da educação e a influência do ambiente e do contexto social nos sistemas educacionais. Para isso, usa teorias e métodos próprios da disciplina sociológica.

Principais características e objetivos da perspectiva sociológica da educação

  • Compreender os processos de socialização e a relação entre sociedade e educação e estudar a função social da educação, bem como analisar o sistema educacional e os subsistemas e elementos que o compõem.
  • Evidenciar as determinações existentes entre as diferentes forças sociais (econômicas, políticas e culturais) e os agentes educacionais, educadores, alunos, pais…
  • Estudar instituições e processos formais e informais de educação e diversos níveis educacionais (infantil, primário, secundário, universidades).
  • Desenvolver estudos descritivos e explicativos, ao contrário de outras disciplinas, como a psicologia da educação ou as didáticas específicas, que tem como objetivo principal intervir no processo educacional.
  • Foco na análise de problemas relacionados com socialização e educação; vínculo da educação e do poder social; igualdade e equidade social; mobilidade e estrutura social, e estrutura da escola; a sala de aula como um grupo…
  • Proporcionar aos agentes educacionais, professores e alunos conhecimentos sobre o método ou a metodologia própria da pesquisa sociológica, como uma forma de compreender em profundidade os fatos sociais no âmbito educacional.

A sociologia da educação na atualidade

Atualmente, as diversas correntes, autores e pesquisas da sociologia da educação estão voltados para o conhecimento profundo dos processos sociais desenvolvidos em sala de aula, para analisar questões atuais relacionadas à função social da escola e ao trabalho docente, tais como:

a sociologia da educação

  • Bem-estar social.
  • Participação social e política.
  • Aquisição de competências ocupacionais (competências sociais e tecnológicas).
  • Transmissão de valores dominantes.
  • Construção de identidades sociais (de gênero, por exemplo).
  • Controle social.
  • Formação de uma atitude crítica diante da relação e da influência recíproca entre sociedade e educação.
  • Desenvolvimento e mudança social.
  • Igualdade de oportunidades.
  • Fracasso escolar.
  • Justiça social.

Por fim, é conveniente destacar a importância de uma interdisciplinaridade que reúna as teorias e metodologias no estudo da educação. O nosso sistema educacional atual, assim como a nossa sociedade, apresenta uma grande complexidade em seu tecido social.

Assim, a sociologia da educação requer a contribuição de outras disciplinas e perspectivas que ajudem a alcançar uma compreensão profunda da relação íntima e recíproca entre instituição educacional e instituição social, escola e comunidade.

Pode interessar a você...
As etapas de desenvolvimento cognitivo infantil segundo Piaget
Sou Mamãe
Leia em Sou Mamãe
As etapas de desenvolvimento cognitivo infantil segundo Piaget

Quais são as etapas de desenvolvimento cognitivo infantil segundo Piaget? A seguir serão mencionadas como se desenvolvem cada uma dessas etapas...