10 brincadeiras que melhoram a memória do seu filho

2 de julho de 2018
Poucos pais sabem, mas existem brincadeiras que melhoram a memória dos filhos. São momentos que levam a situações agradáveis capazes de gravar recordações, o que é uma excelente estratégia para melhorar a atenção e treinar o cérebro dos pequenos.

A memória é formada por recordações e, principalmente, emoções. Ou seja, as crianças lembram com maior facilidade aquilo que gera alegria, bem-estar ou diversão. Por isso, é possível estimular a memória infantil através de atividades lúdicas.

Dessa forma, os especialistas afirmam que as brincadeiras e a memória constituem uma combinação perfeita que melhora a aprendizagem das crianças. Sobretudo naquelas situações em que a única resposta possível parece ser o “não me lembro” como prévia de um futuro problema escolar.

Brincadeiras que melhoram a memória das crianças

Já demonstramos que o tempo de brincadeiras para os pequenos não é um luxo, mas uma necessidade da qual se pode ter muitos benefícios realmente proveitosos na área cognitiva, tanto que melhoram a atenção e a memória, entre outras coisas.

Enquanto muitos pais acreditam que os jogos e brinquedos não têm qualquer vantagem para as crianças ou que apenas representam uma simples perda de tempo, os especialistas recomendam aos adultos que se envolvam nas atividades. Então, existe outra forma senão apelar para as brincadeiras que melhoram a memória?

Ao mesmo tempo, esse entretenimento tão útil para as crianças como para os pais enchem seus dias de diversão e de momentos gratificantes e cativantes. As crianças se divertem com as brincadeiras que estimulam o desenvolvimento de suas habilidades e competências, assim como também educam e fortalecem sua memória e conhecimento.

Vantagens das brincadeiras de memória para as crianças

  • Oferecem um ótimo e saudável exercício para estimular a atividade cerebral da criança, inclusive com pouca idade.
  • Aumentam o poder de concentração das crianças rapidamente se jogam regularmente.
  • Representam uma diversão segura, saudável e totalmente livre de violência.
  • São especificamente projetadas para crianças entre os três e os oito anos de idade.
  • Melhoram o raciocínio da criança, assim como suas habilidades cognitivas.
  • Ajudam seu filho a melhorar o rendimento escolar.
  • Estimulam a memória visual e/ou auditiva, a atenção e a concentração das crianças.

Ative e melhore a memória das crianças por meio das brincadeiras

Jogos de perguntas e respostas. São aqueles que contam com diferentes temas e categorias, e que se tornam um interessante desafio para a criança.

Está cientificamente comprovado que quando os pequenos aprendem por meio de jogos, conseguem se lembrar com maior facilidade. Por isso, atualmente são produzidos tantos aplicativos, ferramentas didáticas e jogos educativos com foco em diversas áreas de conhecimento, com a intenção de ensinar.

Assim, é possível diferenciar diversos jogos que agilizam e melhoram a memória das crianças. Todos eles são tão simples e divertidos que, geralmente, as crianças nem sequer percebem que estão aprendendo e estimulando a memória.

Brincadeiras que melhoram a memória das crianças

  • Canções infantis. A ideia é incentivar a memorizar várias canções infantis para que as cantem várias vezes ao dia. O objetivo é melhorar a memória auditiva, incorporar conhecimentos (que se referem a língua, matemática e inclusive idiomas). Mais para frente, você também pode empregar essa técnica para inventar estrofes com o conteúdo que as crianças têm que memorizar durante os primeiros anos da escola.
  • Repetição de palavras. É sabido que as crianças aprendem por repetição. Exatamente isso pode se tornar uma brincadeira se você incentivar o pequeno a repetir uma frase como um desafio.
  • Brinquedos com sons e cores. Esse jogo é bom para estimular a memorização das crianças do som ouvido após tocar determinada parte do brinquedo ou uma cor específica.
  • Quebra-cabeça. É uma das brincadeiras que melhoram a memória mais populares entre os adultos. Você pode começar oferecendo ao pequeno o mais simples e ir aumentando a dificuldade à medida que vai desenvolvendo novas habilidades analíticas e estratégicas. Recomenda-se adquirir inicialmente um quebra-cabeças de cores vivas e com poucas peças com o objetivo de estimular a memória visual.
  • Jogos de perguntas e respostas. São aqueles que contam com diferentes temas e categorias, e que se tornam um interessante desafio para a criança.
brincadeiras que melhoram a memória

E tem mais…

  • Jogos de tabuleiro. Atualmente, existe uma grande variedade de jogos de tabuleiro disponíveis no mercado capazes de aumentar a concentração das crianças.
  • Jogos de memória. São jogos para melhorar a memória visual e consistem basicamente em mostrar cartas com diferentes figuras para cima para, em seguida, colocá-las para baixo. O objetivo, portanto, é que as crianças lembrem onde estão cada par de cartas iguais.
  • Xadrez. A idade ideal para ser iniciado nesse jogo espetacular é aos quatro anos. O primeiro objetivo é que a criança aprenda e lembre as bases do jogo, os movimentos aceitos das peças, etc. Desse modo, cria-se uma memória prática, em que não somente se requer a repetição ou aplicação de jogadas previamente aprendidas, mas também é necessária a criatividade a todo instante.
  • Poesias, trava-línguas e adivinhações. Essas brincadeiras têm o dom de estimular a memória auditiva na medida em que nossos filhos retêm todo tipo de informação. Por isso, é possível usar livros infantis de rimas e poesias ou ensiná-los trava-línguas. Ou seja, esses maravilhosos jogos de palavras se transformam em uma ferramenta útil para potencializar a memória infantil. A ideia é que o pai recite em voz alta o trava-línguas para que os pequenos os repitam.
  • Jogos infantis. Outra opção é iniciar uma oração para que as crianças comecem essa mesma enunciação esboçada pelo adulto, mas adicionando posteriormente um novo elemento à série. Você encontrará muitas canções que seguem também esse método de repetição.