10 maneiras de educar crianças otimistas

31 de março de 2019
Aprenda a educar crianças otimistas com práticas diárias simples.

Numa sociedade tão exigente e acelerada como a atual, é difícil pensar em educar crianças otimistas. No entanto, é uma tarefa que pode ter resultados maravilhosos quando iniciada desde a mais tenra idade.

A ideia é formar crianças fortes, corajosas e convencidas de que são sempre a melhor versão de si mesmas. Mas como conseguir fazer isso? Não é uma tarefa tão difícil quanto parece, mas requer prática constante.

“Um pessimista vê a dificuldade em todas as oportunidades; um otimista vê a oportunidade em todas as dificuldades.”

-Winston S. Churchill-

Começaremos definindo o otimismo como a capacidade de tirar proveito de desafios, apreciar as possibilidades e acreditar nas próprias habilidades. Estas são, em essência, algumas das características que distinguem um otimista de outras pessoas.

Faça com que seus filhos aprendam a ver “o copo meio cheio”, aplicando estas estratégias:

Crianças otimistas: formas de motivá-las

  1. Pratique meditação e Mindfulness (atenção plena). Ensine aos seus filhos práticas simples de meditação, mesmo que você não tenha muita experiência no assunto. Você pode, por exemplo, aprender e mostrar a eles como respirar adequadamente e fazer uma rotina de 5 minutos de prática por dia. Isso ajudará a reduzir o estresse, a ansiedade e a fortalecer o senso de autorregulação.
  2. Incentive a prática de atividades físicas. Motive seus filhos a se exercitarem com frequência e a se interessarem por um esporte. O movimento é a maneira mais fácil de liberar endorfinas e de fazer com que as crianças permaneçam enérgicas. Outros benefícios do esporte são o trabalho em equipe, a disciplina e a capacidade de definir e atingir metas.
  3. Desenvolva o valor da gratidão. Peça aos seus filhos que agradeçam pelos favores e benefícios que recebem da vida e dos outros. Dedique 5 minutos do tempo em família para citar duas ou três coisas positivas que aconteceram durante o dia. Dessa forma, seus filhos aprenderão a apreciar as razões que têm para serem felizes em suas vidas diárias e serão crianças otimistas.
  4. Mostre o seu amor. A melhor maneira de fazer com que uma pessoa saiba que nós a amamos é lhe dedicar tempo e expressá-lo especificamente. Certifique-se de compartilhar com seus filhos diariamente e fazer desse momento um tempo de qualidade. Esteja interessado em ouvir seus problemas e preocupações e ajude-os a encontrar soluções.

  1. Deixe-os experimentar o sucesso. Quando uma pessoa desfruta da alegria de uma conquista, ela é motivada a obter muito mais. É por isso que é importante atribuir tarefas de acordo com a idade dos seus filhos e reconhecer seus esforços.

Outros hábitos para o dia a dia das crianças otimistas

  1. Seja um modelo positivo. As crianças imitam os comportamentos das pessoas que admiram. Se você quiser que o seu filho enfrente a vida com otimismo, mostre a eles que você lida com os conflitos de maneira construtiva. Ensine-os a entender as lições da vida que emergem de cada situação difícil.
  2. Evite preocupações que não sejam necessárias ou coerentes. As crianças pequenas não devem ter preocupações do mundo adulto. Espere até que a idade e a maturidade de seus filhos sejam suficientes para falar sobre questões adultas.
  3. Dê espaço para a diversão. Frequentemente, deixamos que as rotinas da vida adulta sejam limitadas ao trabalho e às tarefas domésticas. Portanto, lembre-se de que momentos felizes em família devem ter um espaço igualmente importante, como outras tarefas. Famílias que compartilham momentos divertidos ficam mais próximas.
  4. Ensine-os a usar uma linguagem positiva. Os seres humanos tendem a usar expressões negativas sobre si mesmos. Troque frases como “matemática é muito difícil” por “a matemática exige muita prática”.

  1. Mostre a eles como enxergar os acontecimentos em perspectiva. É inegável que coisas difíceis acontecem na vida e isso nunca vai mudar. O que pode ser modificado é o modo como essas situações são confrontadas. O fato de olhar para diferentes faces da mesma figura pode levá-los a mudar a perspectiva do papel de vítima e se tornarem vencedores, ou seja, crianças otimistas.

Conclusão

O otimismo é uma habilidade de vida que fará com que seus filhos sejam mais felizes e se tornem melhores seres humanos. Ser feliz e ter confiança em si mesmo irá ajudá-los a transformar seu entorno de maneira positiva.

Portanto, coloque essas estratégias em prática e torne-se você também uma pessoa que enxerga o lado bom em todas as situações.

  • Conversano, C., Rotondo, A., Lensi, E., Della Vista, O., Arpone, F., & Reda, M. A. (2010). Optimism and Its Impact on Mental and Physical Well-Being. Clinical Practice and Epidemiology in Mental Health : CP & EMH, 6, 25–29. http://doi.org/10.2174/1745017901006010025
  • González Arratia López Fuentes, N. I. (2011). Resiliencia y personalidad en niños y adolescentes. Universidad Autónoma del Estado de México.
  • Sánchez Hernández, Ó., & Méndez Carrillo, F. X. (2009). El optimismo como factor protector de la depresión infantil y adolescente. Clinica y salud, 20(3), 273-280. http://scielo.isciii.es/scielo.php?pid=S1130-52742009000300008&script=sci_arttext&tlng=en
  • Seligman, M. E. (2014). Niños optimistas. DEBOLS! LLO.