25ª semana de gravidez

13 Dezembro, 2017

Na 25ª semana de gravidez, o feto mede aproximadamente 44 centímetros e pesa 660 gramas.

A 25ª semana de gravidez é uma fase crucial para a mãe e o bebê. Nessa fase, os pequenos pulmões já estão completamente formados e o bebê continua crescendo. Além disso, o corpo da mulher passa por grandes mudanças e apresenta vários sintomas.

Nessa semana, o bebê já consegue abrir os olhos, tem sobrancelhas, mexe a língua de um lado para outro e suas unhas se destacam nos dedos. Ele também já é capaz de movimentar seu corpo. Sua cabeça é muito grande em comparação com o resto do corpo. No entanto, pouco a pouco o pequeno vai adquirindo um tamanho mais proporcional.

25ª semana de gravidez: fase crucial para o bebê

Na 25ª semana, o feto mede 43,6 centímetros e pesa 660 gramas, aproximadamente. Cada bebê cresce em um ritmo diferente, mas a maioria mede o mesmo tanto na 25ª semana de gravidez. A genética e os fatores ambientais influenciam em grande parte no crescimento do pequeno, embora isso não seja perceptível quando nascem. À medida que a gravidez avança, o líquido e o funcionamento dos rins melhoram.

25ª semana de gravidez

Líquido amniótico

Com o passar das semanas, o líquido amniótico se torna parecido com a urina. O fluxo sanguíneo do cordão e a placenta regulam a temperatura do bebê. À medida que as semanas passam, o bebê começa a adotar uma temperatura parecida com a da mãe.

Tecido adiposo marrom

Na 25ª semana de gravidez, o corpo do bebê começa a desenvolver um tecido adiposo marrom. O tecido adiposo marrom vai servir para que o corpo sinta calor e tenha energia. Esse tecido costuma aparecer no peito, nas costas e no pescoço.

Processo de queratina da pele

Na 25ª semana de gravidez, as camadas da pele se fortalecem e as veias passam a ficar menos à vista. A pele produz mais queratina, que fica mais concentrada nas mãos e nos pés do feto.

Como o corpo da mãe muda nessa semana?

Nessa semana de gravidez, o corpo da mãe passou por muitas mudanças e a barriga está bem evidente. Por isso, é importante que a mãe use roupas mais largas à medida que a gravidez avança, pois ela vai ganhar peso. É fundamental usar roupas mais largas e roupas íntimas de algodão.

Problemas para dormir na 25ª semana de gravidez

Nessa semana a barriga da mulher vai passar por grandes mudanças e, muitas vezes, o aumento do tamanho pode dificultar na hora de dormir. Os movimentos do bebê são bastante perceptíveis, normalmente durante a noite. Por outro lado, durante o dia, os movimentos da mãe cumprem a função de balançar, o que permite o bebê dormir profundamente. Quando a mãe para de se movimentar, o bebê acorda.

As mulheres costumam ter problemas para dormir. Por um lado, a barriga aumentou de tamanho e a bexiga está pressionada. Os hormônios também são os culpados dessa situação. Assim, o aumento de estrógeno altera o sono.

“O nervosismo de algumas futuras mamães provocado pela ansiedade que o momento do parto provoca pode ocasionar problemas de sono durante os meses de gravidez”

Refluxos gástricos e azia

É muito provável que na 25ª semana de gravidez a mulher sinta refluxos e azia no estômago. Isso se deve ao fato de que a progesterona desacelera a digestão ao relaxar os músculos. Isso faz com que o suco gástrico vá para o esôfago. Além disso, à medida que a gravidez avança, o bebê passa a pressionar o estômago. Quando o estômago é pressionado, a mãe perde espaço para comida e sente dores estomacais.

Gases ou flatulências

Na 25ª semana de gravidez, as flatulências ou os gases são muito comuns. Algumas vezes doem tanto que são confundidos com contrações. A partir dessa semana, falta pouco para o momento do parto, por isso é importante ficar atenta a todos os sinais.

Inchaço nas pernas e nos pés

Nessa fase a mulher apresenta inchaço nos pés e nas pernas, principalmente devido ao aumento de peso. O aumento de peso faz com que os hormônios se alterem e os ligamentos do corpo sofram.

25ª semana de gravidez

Ritmo cardíaco diferente

A mãe também apresenta mudanças no ritmo cardíaco. Por isso, o humor e o estado emocional podem começar a variar drasticamente. É importante que o casal tenha consciência de todas essas mudanças para que os pais saibam superar essa situação. As variações de humor se devem às mudanças hormonais e isso é completamente normal. Naturalmente, depois que a mulher der à luz, todos os hormônios vão se regularizar, pois os sintomas anteriores são temporários.

O bebê já pode ser claramente visto nas ecografias

Nessa semana, o bebê pode ser perfeitamente visto. Por isso, é o momento ideal para fazer uma ecografia. Na ecografia, é possível ver se o bebê boceja, chuta ou faz qualquer outro movimento. As batidas do coração são bem claras e, portanto, podem ser facilmente ouvidas.

Nessa fase, a mãe deve cuidar mais ainda de si mesma, já que essa é uma fase crucial da gravidez. A mulher pode praticar esportes, mas deve ficar atenta. Qualquer movimento brusco pode causar prejuízos ao bebê.

O desenvolvimento correto do bebê depende, em grande parte, dos hábitos da mãe durante a gravidez. A mãe deve evitar qualquer tipo de vício que possa afetar o bebê, como o tabaco ou as bebidas alcoólicas. É fundamental ter consciência todos os dias da grande responsabilidade que é estar grávida.