4 acidentes domésticos que você pode evitar

30 de junho de 2019
Torne a sua casa um local mais seguro e evite os acidentes domésticos mais comuns.

Os acidentes domésticos são a causa de muitas lesões, leves e graves, em crianças de todas as idades. Nos casos mais graves, podem até mesmo levar à morte.

É por isso que é tão importante que você saiba quais medidas podem ser tomadas para garantir um ambiente seguro para os seus filhos. Embora você não possa evitar todos os contratempos domésticos, é sim possível evitar muitos deles.

“Atualmente, nos países desenvolvidos, os acidentes são uma das principais causas de doença e morte. Eles constituem uma das ‘epidemias’ deste século e devem ser considerados um problema de saúde pública. Além da perda de vidas humanas e do sofrimento físico e psicológico, é necessário lembrar as repercussões socioeconômicas derivadas dos danos.”

–Guia da FACUA Andalucía–

Lembre-se de que a casa é um espaço que deve oferecer toda a segurança e tranquilidade para a convivência da sua família. Portanto, identificar e remediar riscos potenciais é uma enorme responsabilidade dos adultos.

Também é importante preparar os segmentos da população de maior vulnerabilidade (crianças menores de cinco anos de idade, idosos e donas de casa) para reagir a situações domésticas que envolvam riscos.

Como evitar os acidentes domésticos mais comuns?

1. Quedas

Geralmente acontecem devido à imaturidade motora das crianças pequenas, isto é, por causa das dificuldades que elas ainda têm para se locomover. Também ocorrem devido à presença de objetos no chão e à ausência de um adulto para supervisionar. Para preveni-las:

  • Mantenha a passagem livre de brinquedos ou outros objetos.
  • Certifique-se de que o chão permaneça seco.
  • Levante a grade do berço ou do cercadinho sempre que o bebê estiver dentro deles.
  • Tranque as portas e janelas com chave e evite ter cadeiras ou degraus perto delas.
Como evitar os acidentes domésticos mais comuns

2. Afogamento ou asfixia

Este episódio angustiante pode acontecer quando, acidentalmente, um corpo estranho é ingerido. Também ocorre por sufocamento, quando a criança cobre a cabeça com travesseiros ou cobertores enquanto dorme. O que pode ser feito para evitar esse tipo de situação é:

  • Escolha brinquedos que sejam de um tamanho adequado para a idade do seu filho.
  • Evite que sacos plásticos e qualquer tipo de fio fiquem ao alcance das crianças.
  • Ensine que as crianças devem ficar quietas enquanto comem para evitar que se engasguem.
  • Certifique-se de que as mantas e os cobertores dos seus filhos não sejam muito pesados e que nunca cubram o rosto.
  • Nunca deixe o seu filho sozinho em uma banheira ou outra superfície cheia de água.

3. Queimaduras

Fogo, água quente e utensílios de cozinha podem causar ferimentos graves em qualquer pessoa, mas principalmente em uma criança.

O maior perigo da situação é que a consequência nem sempre é um leve toque de calor, já que em muitos casos há queimaduras que exigem atendimento médico. Por isso, as seguintes medidas de prevenção são úteis:

  • Não segure uma bebida quente e um bebê ao mesmo tempo, sob nenhuma circunstância.
  • Certifique-se de que os alimentos que você der ao bebê estejam em uma temperatura adequada antes de oferecê-los.
  • Instale uma porta ou uma grade na entrada da cozinha para que, dessa forma, as crianças não fiquem perto de objetos quentes.
  • Verifique a temperatura da água antes de dar banho nos seus filhos.
  • Não permita que fósforos, isqueiros ou ferros de passar fiquem ao alcance das crianças.

4. Envenenamento

Esses tipos de acidente doméstico pode acontecer devido à ingestão de medicamentos, produtos de limpeza ou inseticidas. Por outro lado, em muitos casos, ocorrem por uma intoxicação causada por alimentos consumidos em quantidade excessiva. Para evitar esses fatos:

  • Tenha um local seguro para medicamentos e produtos químicos. De preferência, mantenha-os trancados e em um local que seja de difícil acesso para uma criança.
  • Certifique-se de que os brinquedos das crianças, principalmente as massinhas de modelar, não tenham componentes tóxicos.
  • Ensine para os seus filhos que comprimidos e cápsulas só devem ser tomados ou administrados por adultos.
  • Nunca coloque um produto químico que possa ser perigoso em um recipiente de produtos comestíveis.
Conclusões sobre a prevenção de acidentes domésticos

Conclusões sobre a prevenção de acidentes domésticos

Se algum desses episódios ocorrer, mantenha a calma e procure assistência médica imediatamente. Dê prioridade a medidas preventivas para que, dessa forma, nem você nem a sua família tenham que passar por nenhum desses acidentes domésticos.

Por fim, embora você não possa evitar todos esses eventos infelizes, é sim possível aumentar as medidas de segurança em casa para que possamos estar prevenidos a qualquer momento.