5 conselhos para que seu filho não se torne um vagabundo

· 7 de novembro de 2016

A preocupação de muitos pais de família, atualmente, é que seus filhos não tenham o melhor desempenho nos seus empregos e em seus estudos, ou pior ainda, que nem sequer se sintam motivados a iniciar um projeto. Neste artigo vamos mostrar a você alguns conselhos para que seu filho não se torne um vagabundo e se torne produtivo e motivado.

  1. Envolvê-lo nas atividades do casa 

É fundamental que a criação de seus filhos desde pequenos dê a eles responsabilidades conforme à sua idade e às suas possibilidades. O fato de pedir a eles que arrumem seus brinquedos, que levem sua roupa suja ao lugar adequado ou que se encarreguem de pôr a mesa na hora da comida, ajudará claramente que tenham consciência do dever.

O valor do trabalho deve ser cultivado desde os primeiros anos de vida; para motivá-los, você pode usar pequenas, mas significativas palavras de estímulo que incentivem as crianças a continuar realizando com entusiasmo as suas tarefas.

conselhos para que seu filho te ajude

  1. Procure não se tornar um provedor de dinheiro este é um dos conselhos para que seu filho aprenda a dar valor nas conquistas

Não se trata de não dar aos seus filhos dinheiro que precisam, mas você deve evitar seguir seus caprichos e premiá-los sem que antes tenham ganhado esse dinheiro.

Receber pequenas recompensas quando realizaram bem os deveres que você encarrega eles de fazer, pode ajudar eles a adquirirem a consciência de que para receber um prêmio eles precisam realizar em primeiro lugar um trabalho, da mesma forma que no trabalho. Obtemos o dinheiro em troca de um serviço prestado.

  1. Mostre através de um exemplo

Naturalmente, a primeira ação que mostrará aos seus filhos a importância do trabalho é ver como os seus pais são trabalhadores. Ao ver que se motivam certas atividades e que elas são realizadas com vontade, se sentirão interessados para encontrar uma vocação e começar a trabalhar para desenvolvê-la.

É conveniente que os envolva em suas atividades para que pouco a pouco avaliem se se sentem atraídos por alguma profissão em especial.

  1. Motive-os a realizar atividades nas quais eles devam se comprometer

Um aspecto que todos os pais de família deveríamos levar em consideração, é proporcionar aos nossos filhos a possibilidade de participar em atividades diferentes na escola. É uma boa ideia inscrevê-los em uma aula de música, convidá-los a praticar algum esporte ou perguntar a eles quais são os seus hobbies preferidos.

Encontrar uma atividade do agrado de seus filhos, fará com que eles se sintam comprometidos e que você encontre razões para que eles as façam de forma voluntária, sem a necessidade de pressioná-los.

Permitir a falta de comprometimento desde a infância, é tornar possível que durante a idade adulta eles apresentem comportamentos preguiçosos e dificuldades para realizar de maneira adequada os trabalhos em que se engajem.

conselhos para que seu filho

  1. Trabalhe ao seu lado: um dos melhores conselhos para que seu filho seja sempre seu parceiro

A melhor maneira de mostrar ao seu filho a importância do trabalho, é trabalhar junto com eles. Você poderá trabalhar passo a passo e também resolver suas dúvidas à medida que elas apareçam. Além de compartilhar tempo de qualidade e fortalecer a comunicação familiar, você conseguirá que pouco a pouco ele construa sua vocação ao trabalho.

Em todas as tarefas que realize com seus filhos, mostre a eles que o mais importante é dar tudo de si para que cada ação gere o melhor dos resultados possíveis. Ao longo do caminho também aprenderá que é necessário ter tolerância com a frustração e que seus planos nem sempre sairão como você espera.

Conselhos para que seu filho adolescente pouco motivado mude de atitude

É muito comum ver as crianças não terem motivo para fazer as coisas com vontade, por isso, com as seguintes orientações você terá uma ideia mais clara de como aumentar a sua motivação.

  • Quando encarregar ele de uma tarefa, faça-o na forma de uma brincadeira para que não se sinta trabalhando.
  • Dê a ele palavras de consolo cada vez que ele realize uma boa ação. O estímulo é um excelente aliado.
  • Seja constante com as regras e tarefas que encarregue a ele de realizar, assim ele vai adquirir com mais facilidade o hábito do trabalho.
  • Envolva toda a família, não somente a pessoa que não tem nível tão alto de motivação.
  • Divida as tarefas de maneira igual. Nenhum membro da família deve se sentir com maior carga de trabalho.
  • Estabeleça prazos para o cumprimento das tarefas. Cada ação que você estabelecer deve ser realizada em um tempo que você estipule de maneira consciente.