5 habilidades que os pais devem ter para uma disciplina eficaz

· 10 de maio de 2017

Ter filhos é um desafio para qualquer pai. Por mais que você tenha lido, observado e escutado, na hora da verdade lidar com a educação de um filho não é algo fácil. Especialmente em termos de disciplina. Um tipo de criação para uma disciplina eficaz requer que os pais possuam ou desenvolvam uma série de habilidades-chave, sem as quais não vai ser possível incutir tal disciplina. 

Dependendo da idade e do comportamento da criança é provável que às vezes algumas habilidades sejam mais fáceis de colocar em prática que outras. Melhorar essas habilidades exige prática. Os livros para pais, as aulas e grupos de apoio podem ser excelentes recursos para desenvolver essas habilidades. De qualquer forma, há algumas habilidades que são essenciais no incentivo efetivo da disciplina.

dddd

Proporcionar um exemplo positivo

Muitos pais tentam incutir uma série de valores nos seus filhos ao estabelecer determinada disciplina, enquanto, na prática, eles fazem o contrário. Essas atitudes não são nada eficazes. Na verdade, essa é a melhor forma de ensinar as crianças a fazer as coisas da maneira errada. As crianças aprendem aquilo que vêm, não o que elas ouvem.

Moldar comportamentos adequados é uma habilidade essencial aos pais. Para isso os pais devem dar o exemplo e não justificar a forma de fazer. As contradições entre o que as crianças vêm e ouvem formam uma imagem perigosa dos pais, os desautoriza. Nesses casos, as crianças perdem o respeito pelos seus pais.

Encontrar o equilíbrio entre a proteção e a segurança

A segurança dos filhos é um tema fundamental, sobre isso todos os pais concordam. Enquanto alguns superprotegem seus filhos e os isola de qualquer possibilidade de perigo, outros, na ânsia de não superproteger acabam dando muita liberdade. Mas é necessário encontrar o equilíbrio entre o que se refere à proteção e à segurança.

Nesse sentido é preciso ensinar confiança, permitindo que as crianças experimentem as consequências naturais das suas ações, assim como ensiná-las a tomar decisões saudáveis levando em consideração não somente o prazer momentâneo, mas também o efeito que tais ações vão causar nas outras pessoas.

ddddd

Estabelecer limites adequados

É essencial que os pais consigam estabelecer limites adequados para seus filhos, inclusive quando eles reclamam. Estabelecer limites adequados significa que a criança tem regras claras a seguir e o pai utiliza estratégias de disciplina apropriadas ao desenvolvimento do filho. Mas, além disso, é preciso fazer com que as crianças aprendam a respeitar.

Os pais, por outro lado, também devem respeitar os limites do próprio comportamento, dando exemplo de autocontrole e responsabilidade. Fumar ou beber na frente das crianças, demonstrar cansaço por não ter dormido o suficiente, utilizar uma linguagem inapropriada ou comer em excesso, por exemplo, são ações que mostram às crianças falta de autocontrole e de responsabilidade por parte dos pais.

Administrar o estresse de maneira efetiva

Os pais que lidam com seu estresse de forma efetiva têm muito mais sucesso na hora de incutir disciplina nos filhos. Os pais estressados são mais propensos a gritar e a estressar os filhos. Também são mais propensos a utilizar o castigo no lugar da disciplina.

Além disso, quando um pai está estressado, pode causar mais problemas de comportamento no filho. Isso provoca, por sua vez, uma maior pressão sobre os pais.

Estabelecer expectativas claras

Quando as crianças não entendem o que se espera delas pode ser impossível atingir as expectativas dos pais. Os pais mais habilidosas são capazes de dizer com clareza o que esperam dos seus filhos, de uma forma que os pequenos possam compreender. Além disso, pedem aos seus filhos coisas que eles realmente são capazes de fazer.

Nesse sentido, os pais habilidosos também são capazes de estabelecer claramente quais são seus próprios objetivos e estipulam a si mesmos metas alcançáveis. Dessa maneira eles dão aos seus filhos exemplo de estabilidade e esforço, de administração do tempo e do estresse, além de eficiência. Acima de tudo, são capazes de ter uma maior empatia com os filhos quando esses se sentem frustrados ou desmotivados.