5 habilidades para a vida que você deve ensinar aos seus filhos

8 de maio de 2017

Muitos pais sem perceber focam a educação dos seus filhos em questões de disciplina, baseada em castigar as crianças quando se comportam mal e, se for o caso, recompensar quando se comportam bem. Mas educação é muito mais que isso. Educar um filho pressupõe ensiná-lo habilidades para a vida que o permitirão ser no dia de amanhã um adulto responsável e bem-sucedido.

Nosso comportamento e exemplo como pais, assim como a maneira que aplicamos a disciplina e definimos as regras vão determinar o desenvolvimento dessas habilidades. Por outro lado, ter em mente o desenvolvimento dessas habilidades vai nos permitir estimulá-las em nossos filhos, além de nos proporcionar grande crescimento pessoal.

Autodisciplina

A autodisciplina é uma habilidade essencial aos adultos. Mas é preciso começar a estimular a autodisciplina o quanto antes e dar o exemplo para atingir de verdade nossos filhos. As crianças devem aprender a autodisciplina em questões como a utilização do dinheiro, realização das tarefas diárias, hábitos de saúde e gestão do tempo.

Repreender constantemente a criança quando ela realiza suas tarefas, organizar completamente o dia dela, não delegar tarefas porque a criança não as realiza tão bem quanto gostaríamos, ou ficar constantemente ajudando a criança nas tarefas difíceis não são formas de ensinar a autodisciplina.

hh

O objetivo final da autodisciplina é criar crianças independentes, que sejam capazes de fazer o que precisam fazer sem questionar. É fazer com que elas adquiram hábitos que facilitam o próprio dia a dia. Para conseguir isso, os pais precisam estar por perto ensinando o que as crianças devem fazer e dando o exemplo.

A melhor maneira de ensinar a autodisciplina é proporcionando consequências rígidas quando as crianças se comportam mal, assim como consequências positivas quando se comportam bem. Nesse sentido, aplicar um sistema de recompensas às ações relacionadas à autodisciplina é bastante eficaz. Deve-se começar a fazer isso o quanto antes.

Controlar os impulsos

As crianças desenvolvem lentamente o controle dos impulsos, mas é necessário ajudá-las. Umas vez mais, o exemplo é fundamental para que elas entendam quão importante é se controlar e para que consigam adquirir habilidades para tal.

O reforço positivo é uma boa maneira de motivar a criança à controlar e lidar com seus impulsos. Parabenize seu filho quando ele demonstrar que foi capaz de pensar antes de agir, quando esperar sua vez de falar ou quando sair nos momentos em que fica bravo.

Da mesma maneira, você deve tentar praticar o autocontrole quando estiver irritada e não sair do sério quando seu filho interromper ou gritar com você porque está bravo. Caso contrário, serão atitudes incongruentes e contraditórias.

Tomar decisões adequadas

As crianças não enxergam os problemas da mesma forma que nós adultos os enxergamos. Elas precisam de ajuda para aprender habilidades como resolução de problemas e precisam praticar isso tomando decisões saudáveis por conta própria.

hhh

Quando seu filho estiver passando por problemas você deve conversar para que ele consiga desenvolver a capacidade de escolher soluções saudáveis. Mas deve ser a criança quem decide o que precisa ser decidido. Ela deve estar consciente de que é aquilo que ela quer. Os pais devem evitar a manipulação para que a criança faça o que eles querem. Eles também não devem tomar sempre todas as decisões pela criança.

Outro aspecto fundamental para que a criança aprenda a tomar decisões por conta própria é deixá-la arcar com as consequências das próprias decisões. Somente assim ela vai aprender que as ações têm consequências e, assim, vai passar a analisar as próximas situações mais além da satisfação pessoal e imediata.

Habilidades sociais

A maioria das crianças precisa de muita ajuda para aprender habilidades sociais. Assim como muitas oportunidades para praticar tais habilidades. As crianças pequenas devem aprender a compartilhar, a ter bons modos, e a ser amáveis para que possam desenvolver amizades saudáveis.

À princípio pode ser fácil, mas à medida que as crianças crescem elas podem precisar de ajuda para moldar suas habilidades sociais. Para isso é preciso dar o exemplo no dia a dia. Não devemos somente dizer o que elas devem fazer, mas mostrar nós mesmos como pais, o que deve ser feito. Também é preciso ajudar a criança a identificar seus sentimentos e oferecer oportunidades para que ela possa expressá-los.

Controle emocional

Ensinar às crianças maneiras efetivas e saudáveis para lidar com as emoções é uma habilidade fundamental para a vida que os pequenos devem aprender. Quando as crianças não podem se expressar verbalmente ou quando não sabem como agir frente às emoções incômodas elas costumam ficar bravas ou agressivas.

Para que a criança aprenda a lidar com suas emoções é preciso primeiramente ensiná-la a identificar o que está sentindo. Uma vez que ela saiba o que está acontecendo, quando nomeia a emoção, ela pode ser capaz de desenvolver hábitos que permitam expressar e lidar com essas emoções.

O controle emocional é a base do desenvolvimento da inteligência emocional. Isso é mais importante que o coeficiente intelectual quando se trata de sucesso na vida como um todo.