6 motivos pelos quais o bebê chora

· 10 de janeiro de 2018
O choro do bebê é a forma que ele tem de comunicar suas emoções, sentimentos, desejos e necessidades. Conhecer os motivos pelos quais seu filho pode chorar vai te ajudar a saber como consolá-lo adequadamente em cada caso.

Depois de poucas semanas de convivência com o recém-nascido, os pais costumam sofrer por algo que lhes causa angústia: o choro de seus bebês. Eles se sentem ansiosos e inquietos para saber quais são os motivos e as causas pelas quais o bebê chora. Principalmente se o choro do pequeno for duradouro.

Porém, é perfeitamente normal que as crianças chorem. Esta é a maneira que elas têm de se comunicar. Por meio do choro, eles expressam seus desejos e necessidades. Informam também sobre o que está incomodando e qualquer outro tipo de coisa.

Motivos pelos quais o bebê chora

Normalmente, os pequenos da casa choram de uma a três horas diárias. Há muitos motivos que fazem com que os bebes sintam a necessidade de se comunicar com seus pais. Nós apresentamos alguns deles a seguir.

1.- Sentem fome

Com certeza a primeira coisa que os pais pensam quando ouvem o bebê chorando é que ele está com fome. E, efetivamente, essa é uma das principais razões pelas quais o bebê chora. Outra das maneiras para saber que a criança está com fome é observar se ela leva as mãos ou qualquer objeto à boca.

2.- Precisa que a fralda seja trocada

Uma das situações mais incômodas para o bebê é ficar com a fralda suja. Isso lhe causa irritação e muito incômodo. Este problema é fácil de solucionar e de detectar. Inclusive, antes que faça suas necessidades, pelo cheiro, você já saberá que precisa de fraldas novas.

3.- Está com sono

O sono é a causa do mau humor e da irritabilidade em bebês. Eles precisam repousar várias vezes ao longo do dia. É importante cumprir com as horas de descanso e ser pontuais na hora de colocá-los para dormir. Muitas vezes os pais pensam que fazê-los dormir no colo é a melhor ideia. Mas isso vai depender de cada criança, já que em ocasiões o bebê pode demorar mais a conciliar o sono desta maneira. Por isso, é melhor colocar o bebê deitado, seja no berço ou no moisés.

Para evitar o choro e o mau humor, é possível detectar a necessidade de descansar a partir dos bocejos. Quando o bebê boceja com muita frequência, está comunicando seu desejo de dormir.

4.- Sente frio ou calor

Assim como os adultos, os recém-nascidos podem se sentir incomodados com as mudanças e variações de temperatura. Ainda que seja conveniente que esteja bem cobertos para se sentirem quentes e confortáveis, não é bom que isso seja excessivo. Como adulto, é fácil detectar a temperatura em um lugar. É por isso que o mais aconselhável é cobrir o bebê com uma roupa a mais do que a quantidade que nós, adultos, estamos usando.

Outro dos fatores que costumam incomodá-los é o roçar de um objeto muito frio ou muito quente em sua pele. Por exemplo, se é a hora de trocar a fralda e limpá-lo, é bom se assegurar de que a toalhinha úmida não esteja muito fria. Igualmente, se for a hora de comer, o melhor é se assegurar de que o leite ou a comida não estejam muito quentes.

Os bebês podem chorar de uma a três horas por dia.

5.- Precisam de atenção

Desde o momento em que nascem, os bebês são os consentidos da casa. Muitas vezes a causa pela qual o bebê chora é porque simplesmente ele precisa ou quer chamar a atenção de seus pais. Seja para que brinquem com ele ou para que o peguem no colo e deem um passeio.

Manter os bebês entretidos para que não chorem pode ser complicado e cansativo. Os bebês também se cansam de brincar e é importante saber quando parar para que eles não voltem a chorar.

6.- Não se sentem bem ou algo está doendo

O choro do bebê pode ser muito agudo se ele estiver sentindo algum mal-estar ou incômodo. Em seus primeiros meses e anos de vida, costumam ser muito vulneráveis a certas doenças, especialmente à febre e ao mal-estar estomacal.

Uma das principais causas das dores de estômago dos menores é a intolerância à lactose. Isso pode ser porque o leite materno contém muita quantidade de lactose ou porque o leite comprado não tem os componentes indicados para a criança.

Claro, se o choro do pequeno continuar e a causa não for encontrada dentre as mencionadas aqui, o melhor é procurar um especialista para averiguar. O choro permanente e exagerado pode indicar um problema de maior magnitude nos bebês.