7 dicas para evitar os piolhos nas crianças

13 Outubro, 2017

A volta às aulas traz de volta muitas rotinas e hábitos que foram esquecidos durante as férias, também traz outras experiências menos agradáveis como os piolhos. Aqui estão 7 dicas para evitar os piolhos, e para que seu filho não tenha que lidar com eles.

O que você sabe sobre os piolhos?

Os piolhos são insetos sem asas que vivem no couro cabeludo dos seres humanos, na maioria das vezes em crianças.

Esses insetos se alimentam de pequenas quantidades de sangue várias vezes ao dia. Por esta razão eles são muito irritantes e suas mordidas podem causar coceira. Isso se agrava se a pessoa coçar muito, pois pode irritar a pele causando pequenas feridas e se infectando.

Além disso, os piolhos são muito contagiosos pois podem passar da cabeça de uma pessoa para outra com bastante facilidade. Os piolhos sobrevivem até 30 dias na cabeça de uma pessoa e podem colocar até oito ovos por dia. Como os piolhos se reproduzem rapidamente, é altamente recomendável tratá-los o mais rápido possível.

crianças trocando bonés, isso não ajuda a evitar os piolhos

7 Dicas para evitar os piolhos nos seus filhos

1. Informação da escola

Quando a escola lhe informa sobre a existência de piolhos é recomendável que você passe um pente fino no cabelo do seu filho, para verificar e eliminar os possíveis piolhos e lêndeas todas as vezes que ele voltar da escola.

Quando ocorre o contrário, e é o seu filho que tem piolho, é fundamental informar imediatamente a escola para que os piolhos não se espalhem para todos os colegas de classe ou até mesmo da escola.

É importante manter um controle rigoroso sobre a cabeça do seu filho, assim quaisquer lêndeas ou piolhos poderão ser detectados e eliminados imediatamente, impedindo-os de colocar mais ovos no cabelo, reproduzindo, e infectando a cabeça inteira.

Para fazer a revisão do couro cabeludo é aconselhável dividir o cabelo em quatro partes e examinar cada parte minunciosamente, passando um pente bem fino, ou um pente de aço específico para isso.

2. Não compartilhar

É muito importante não compartilhar pentes, chapéus ou grampos de cabelo. Os piolhos não voam ou pulam de uma cabeça para outra, mas se seguram nos fios de cabelo, e se movem rapidamente de uma cabeça infestada para outra cabeça saudável.

A coisa mais importante para evitar o contágio é que a criança não empreste nada que use na cabeça aos seus colegas.

3. Vinagre

O vinagre é um ótimo aliado na prevenção e cuidado contra os piolhos. Misture o vinagre com água morna em partes iguais e aplique no cabelo do seu filho.

Deixe a mistura agir por alguns minutos. Isso faz com que as lêndeas que estão presas no couro cabeludo caiam sozinhas. Passe um pente fino para eliminar o que sobrar.

4. Árvore do chá

O óleo da árvore do chá é um dos melhores remédios naturais que existe para evitar os piolhos.

Ele facilita a remoção dos piolhos de forma completamente natural, fazendo com que as lêndeas e os piolhos se desprendam do cabelo, deixando mais fácil retirá-los com a ajuda de um pente fino.

Para eliminar os piolhos, dilua cerca de 10 gotas óleo da árvore do chá com um pouco de água e coloque num potinho tipo spray. Agite a mistura e pulverize o cabelo todo de maneira uniforme, não se esquecendo da nuca e atrás das orelhas. Certifique que todos as partes do couro cabeludo fiquem impregnadas pela mistura. Prenda o cabelo, coloque uma touca de plástico e deixe agir por, pelo menos, 30 minutos.

Menina coçando a cabeça; dica para evitar os piolhos

5. Lavanda

O óleo essencial de lavanda é conhecido por suas propriedades antissépticas, tem um perfume muito agradável e é ótimo para evitar os piolhos.

Vale lembrar que é bom para prevenir, mas não funciona para matar piolhos e lêndeas. Para isso basta aplicar algumas gotas de óleo de lavanda atrás das orelhas. É um excelente repelente natural e faz com que os piolhos não saltem para a cabeça e se instalem ali.

6. Alecrim

O cheiro do alecrim também funciona como repelente para os piolhos.

Para fazer essa receita caseira você só precisa colocar algumas gotas de óleo essencial de alecrim no seu shampoo habitual. Deixe a mistura atuar no cabelo por cerca de 30 minutos, e depois enxágue como de costume.

7. Produtos farmacêuticos

Na farmácia é possível encontrar uma infinidade de shampoos, loções ou remédios específicos para isso.

Todos devem sempre ser aplicados em cabelos secos, massageando levemente a área. É muito importante seguir as instruções do fabricante e do farmacêutico.

Esses tipos de tratamentos farmacêuticos costumam ser bastante eficazes. Para garantir a remoção completa das lêndeas e dos piolhos, geralmente se repete o tratamento dentro de alguns dias desde a primeira aplicação.