7 dúvidas sobre o aleitamento materno

· 20 de setembro de 2017

O aleitamento materno implica certo nível de entrega, pois o bebê vai buscar seu peito não apenas para se alimentar. Ele também vai buscá-lo para se sentir consolado, protegido, aquecido e querido, pois nada melhor que sua mãe para proporcionar segurança.

Amamentar seu bebê é um ato de amor. O que seu filho mais precisa nesse momento da vida é ter a mamãe sempre por perto.

Muitas mulheres são conscientes disso e sempre querem satisfazer os desejos das crianças. Os especialistas aconselham que se deve fazer isso porque estimula sensações de tranquilidade e conforto.

No entanto é possível que surjam muitas dúvidas no caminho. Provavelmente você vai sentir medo e não vai ter certeza se está dando de mamar corretamente ou não.

Muitas vezes conseguir uma boa técnica de amamentação não é tão simples. No entanto, e felizmente, você pode consultar a opinião de algum especialista em aleitamento, como um pediatra, uma parteira ou uma enfermeira. Esses profissionais poderão analisar a situação e corrigir sua postura, por exemplo, se não estiver adequada.

mamar

7 conselhos para esclarecer as dúvidas sobre o aleitamento materno

Tenho pouco leite. O que eu posso fazer a respeito disso?

Muitas mães sentem que seus filhos não ficam satisfeitos com a quantidade de leite que elas oferecem. Elas acham que estão fazendo alguma coisa errada ou, até mesmo, que seu leite não é bom.

Contudo, a ciência comprovou que salvo em situações excepcionais, todas as mães produzem a quantidade de leite que seus bebês precisam. Isso é garantido quando se aplica uma técnica correta de amamentação.

Se seu bebê mama pelo menos 8 vezes por dia; a estimulação da pele do seio garante o funcionamento dos hormônios da amamentação, especialmente durante as primeiras semanas.

Nenhum estado é tão parecido com o da loucura, por um lado, e com o divino, por outro, quanto estar grávida. A mãe se duplica, em seguida se divide ao meio e nunca mais ficará completa de novo.

-Jill Churchill-

Será que eu estou aplicando uma técnica correta de amamentação?

Para esclarecer essa dúvida você precisa saber que o bebê se alimenta bem quando a abertura da sua boca cobre o mamilo e boa parte da auréola. Dessa maneira ele consegue mamar bem no peito.

Uma boa sucção tem muito a ver com a produção do leite. O seio precisa do estímulo da boca do bebê para poder fabricar o alimento.

Se o bebê não abre completamente a boca ou tem o frênulo da língua muito curto, não vai conseguir mamar muito bem. Ele vai ficar muito tempo sugando para obter apenas o leite do começo e não ficará satisfeito.

Além disso, uma técnica errada faz os seios doerem e deixam o bico dos mamilos rachados, o que é bastante doloroso.

É bom extrair leite dos seios com uma bomba de leite?

mamar

Para muitas mães, principalmente para aquelas que precisam deixar seu bebê com outras pessoas, pode ser útil usar uma bomba de leite.

Fazer isso pode estimular a produção de mais leite, o que é positivo. Contudo, amamentar com mamadeira priva o bebê de estímulos que recebe quando se alimenta no seio da mãe.

Como eu sei que o bebê está se alimentado bem?

Nas primeiras 48 horas o bebê se alimenta com o colostro da mãe, mas nem todas as mulheres estão cientes disso. Esse líquido ajudará a imunizar o corpo do recém-nascido nos primeiros dias de vida.

Por outro lado, após a subida do leite, poucas mães sentem uma saída de leite com pressão. No entanto, a maioria produz leite em quantidade suficiente para o bebê.

A partir do terceiro dia, o bebê deve mamar mais de 8 vezes e defecar 3 ou mais vezes. Se isso acontecer ficará claro que o pequeno está sendo alimentado corretamente.

Quero amamentar meu bebê sempre que quiser

É adequado oferecer o seio sempre que seu bebê “procurar”, resmungar ou chupar os dedos, sem esperar que ele chore de fome.

É importante que o pequeno mame o tempo todo no mesmo seio, porque o leite do final é mais rico em gordura (tem mais calorias). Se ele ainda quiser mais, você pode oferecer o outro seio.