7 exercícios para melhorar a atenção das crianças

23 de janeiro de 2018

Como melhorar a atenção das crianças? A seguir vamos apresentar alguns exercícios muito práticos para que as distrações do seu filho não sejam mais um problema sem solução.

As crianças se distraem, olham para os lados e parece que absolutamente qualquer coisa chama a atenção delas. Na verdade, isso é normal. No entanto, para o próprio bem delas, é preciso tentar corrigir e ajudá-las a não perder o foco. Melhorar a atenção das crianças é um desafio compartilhado por muitos pais.

Se uma criança fala muito na sala de aula, fica distraída facilmente com a lição de casa ou é desatenta quando outras pessoas falam com ela, então é preciso dar mais atenção a esse comportamento. Se não houver uma intervenção, a criança poderá interiorizar esse comportamento negativo e acabar se tornando um jovem desatento e pouco cuidadoso.

O futuro profissional e acadêmico são as áreas que mais vão depender da capacidade de se concentrar. A boa notícia é que existem exercícios que podemos implementar para melhorar a atenção das crianças. Embora não pareça, mesmo através de brincadeiras é possível melhorar esse pequeno inconveniente.

Exercícios para melhorar a atenção das crianças

1. A associação visual e o jogo da memória

Os jogos de associação não apenas ensinam os pequenos a criar categorias de coisas semelhantes. O ato de relacionar figuras ou desenhos similares requer muita concentração. Se as crianças passarem um tempo se concentrando para poder resolver esse jogo, elas vão se acostumar a prestar atenção.

Existem jogos e revistas que oferecem esse tipo de dinâmica. Talvez a atividade mais difícil em termos de concentração é o jogo da memória. Nesse jogo, a criança vai treinar o seu campo perceptivo enquanto simplesmente joga.

melhorar a atenção das crianças

Exercícios para melhorar a atenção em crianças terão um impacto positivo no desempenho escolar.

2. Completar o desenho ou ligar os pontos

Estes dois tipos de atividades são muito vistos em revistas de palavras cruzadas. As crianças adoram porque são simples e lúdicos. Além de trabalhar a coordenação, estes desenhos permitem que a criança trabalhe a capacidade de se concentrar.

A atividade de ligar os pontos é ótima porque a criança deve seguir determinada ordem para conseguir formar o desenho. Caso contrário, ela não vai conseguir ver a figura que vai ser formada no final. A curiosidade encoraja a criança a se concentrar e, inconscientemente, faz com que ela aprenda a ficar atenta.

3. Labirinto

Os labirintos são outra excelente alternativa que muitas vezes vemos em revistas populares de passatempos. Este tipo de atividade mantém a criança entretida por causa de sua facilidade. Se ela quiser ganhar o jogo deve pensar muito bem nos caminhos a serem feitos.

Esta atividade tem suas próprias regras e limites e vai estimular a memória, a coordenação e a concentração.

4. Procurar objetos

É possível transformar isso em uma brincadeira.

Você pode listar uns três ou quatro objetos que estejam pela casa e fazer uma lista com eles. Uma vez feito isso, peça à criança que olhe apenas as coisas que estão na lista. Se a criança conseguir encontrar os objetos na ordem em que aparecem na lista, melhor ainda. Com o tempo, você pode aumentar o grau de dificuldade adicionando mais elementos.

Estabelecer rotinas é um dos melhores métodos para aumentar a concentração das pessoas. Os adultos fazem isso o tempo todo inconscientemente.

5. Identificar o número

Os números são abstrações perfeitas para fazer jogos de associação mental. “Identificar o número” é uma brincadeira que estimula a concentração e memorização. A criança deve memorizar um número. Depois você mostra vários números diferentes e ela vai ter que identificar o número que ela memorizou todas as vezes que aparecer.

melhorar a atenção das crianças através de brincadeiras

Essa dinâmica também é um exercício para melhorar a atenção da criança. Você também pode fazer variações do jogo com letras ou formas, de acordo com a preferência dela. E pouco a pouco você pode aumentar o grau de dificuldade com números maiores, palavras inteiras, ou palavras que deverão ser associadas a figuras.

6. Brincadeiras de ordenar coisas

Você pode colocar vários objetos na mesa numa determinada ordem. A criança deve memorizar a ordem que que estão esses objetos. Depois o adulto bagunça um pouco a ordem em que estão. A criança, então, deve se lembrar da ordem dos objetos e tentar colocá-los na ordem que tinha memorizado.

Existem vários jogos que têm esse mesmo princípio. A brincadeira muito conhecida “Fui à lua” consiste em memorizar os objetos e a ordem em que eles foram falados. A primeira pessoa começa falando um objeto, a seguinte repete e adiciona mais um. Por exemplo “Fui à lua e levei uma bola”, a seguinte deve falar “fui à lua e levei uma bola e uma peteca”, a próxima pessoa aumenta mais um objeto na lista, e assim por diante. Pouco a pouco o grau de dificuldade aumenta, fazendo com que a criança tenha que prestar atenção na ordem.

“O melhor presente que podemos dar a outra pessoa é toda a nossa atenção”
-Richard Moss-

7. Melhore a atenção das crianças: o clássico quebra-cabeça

Não existe jogo que exija mais concentração do que o quebra-cabeça. Felizmente, hoje em dia no mercado há jogos de quebra-cabeça com diferentes grau de dificuldade, de acordo com a idade da criança. A partir dos 3 anos de idade, as crianças já podem brincar com quebra-cabeças de poucas peças, grandes e com a ajuda dos pais.

A ideia dessas atividades é que a criança entre em um estado de concentração sem ficar entediada.

Como você pode ver, dar broncas ou brigar com a criança não é a única e nem a melhor opção para melhorar a atenção delas.

É aconselhável começar a trabalhar com as crianças desde cedo para que mais tarde a dinâmica escolar seja mais fácil.