7 posições para reduzir a dor do parto

· 5 de junho de 2017

Depois de nove meses esperando para conhecer o rostinho do nosso bebê chega o dia tão esperado. Há uma mistura de sentimentos, nervosismo, medo, incerteza e seu corpo começa a se preparar para o grande momento. As contrações começam e as dores aumentam à medida que a dilatação também aumenta. Para enfrentar melhor essas dores existem algumas posições para reduzir a dor do parto.

O parto consiste em três fases: a dilatação cervical, nascimento, e expulsão da placenta. A fase mais longa e dolorosa é a dilatação. Em mamães de primeira viagem pode durar até 20 horas e para aquelas que já tiveram um parto anterior é de mais ou menos 12 horas.

No início da dilatação o tempo entre as contrações é maior e portanto a dor é mais fácil de suportar. À medida que a dilatação do colo do útero avança, o tempo entre as contrações vai diminuindo até chegar a fase de expulsão.

Essa fase de dilatação exige um grande esforço e energia. Para enfrentá-la da melhor forma veremos a seguir uma série de posições para reduzir a dor do parto. Estas posições também irão ajudar a dilatar mais rápido.

Posturas para reduzir a dor do parto e antecipar a dilatação

Ajoelhar-se sobre à cama e se apoiar em uma almofada

Para que a dilatação avance mais rápido é recomendável separar os joelhos o máximo que conseguir e tentar juntar os dedos dos pés.

Apoiar os joelhos e as mãos no chão

Quando você ficar nessa postura tente se mexer balançando de trás para frente e se conseguir faça círculos com seus quadris. Fazendo isso você diminuirá a dor e acelerará a dilatação.

Andar

Andar promove a abertura do colo do útero e facilitará a dilatação. Além disso, quando você se move pode se distrair e sentir um pouco menos a dor.

Deitar-se de lado com um travesseiro entre as pernas

Com esta posição você facilita a circulação nas pernas e relaxa a parte inferior das costas. É melhor se fizer do lado esquerdo uma vez que ajuda o sangue chegar à placenta e o bebê pode receber mais oxigênio.

Sentar-se em uma cadeira

Sente-se de frente para trás. Esta posição é altamente recomendável quando você tem dores nos rins pois tira a carga nessa área. Além disso, esta posição reduz a pressão do bebê na pelve e relaxa os ombros e o pescoço.

Andar na parede

Deite no chão contra a parede e coloque um travesseiro sob a cabeça. Coloque as solas dos pés na parede e mova para cima e para baixo como se estivesse caminhando nela. Isso ativa a circulação nas pernas e lhe ajudará a empurrar com mais força no momento da parto.

Sentar-se em uma bola inflável de pilates

Com esta posição você evita sobrecarregar as pernas com o próprio peso e poderá se mexer sem muito esforço. Sente-se com as pernas abertas e balance os quadris sobre a bola de um lado para o outro. Esse movimento ajuda o bebê a ir naturalmente em direção a pélvis. Se você não tiver essa bola pode se sentar na beira do sofá abrindo as pernas da mesma forma.

Além das posturas para reduzir a dor do parto é muito importante que você saiba controlar a respiração. Se conseguir dominar isso sentirá que pode controlar a situação e relaxar o corpo. Além do mais, ao ter de se concentrar na respiração estará se distraindo e notará menos a dor.

A respiração entre contrações deverá ser normal. Quando a dor vier você deve respirar profundamente e expandir a caixa torácica, enchendo seus pulmões e expulsando lentamente. Na fase final de contração deve inspirar e expirar profundamente.

Estas são algumas das posições que podem lhe ajudar a reduzir a dor do parto. Lembre-se delas e certamente você poderá melhorar o sofrimento que vai levar ao momento tão esperado, o nascimento de seu filho. Não se esqueça de ajudar com a respiração pois se você respirar corretamente, o corpo também relaxará e a dor será menor. Agora é só aproveitar esta ocasião maravilhosa em que você vai descobrir um dos sentimentos mais belos que existem, podendo finalmente ter o bebê em seus braços.