8 perguntas para o ginecologista

· 18 de fevereiro de 2018
Como a gravidez é uma experiência que envolve muitas mudanças, é normal que surjam muitas perguntas. Afinal de contas, o que se deseja é ter segurança.

A seguir, vamos apresentar quais são as oito perguntas mais comuns para o ginecologista. Certamente, é imprescindível escolher um bom profissional que resolva todas as suas dúvidas e te ajude a encontrar as soluções mais apropriadas para o seu caso. O ginecologista deve transmitir confiança e proporcionar segurança. Especialmente se você é uma mãe de primeira viagem.

Se você já teve outra gravidez, provavelmente o cenário vai estar mais claro. No entanto, preste atenção nessa lista de perguntas que as novas mães costumam fazer aos seus médicos.

Independentemente de sua gravidez ter sido meticulosamente planejada ou que você tenha recebido uma grande surpresa, uma coisa é certa: sua vida nunca mais vai ser a mesma

–Catherine Jones–

Dúvidas durante a gestação: perguntas para o ginecologista

 

1. Quais medicamentos vendidos sem prescrição são seguros?

É muito provável que durante os meses de gravidez você precise de algum remédio. Sintomas como dor de cabeça, gastrite, náuseas, prisão de ventre ou dores musculares são muito comuns. Por isso é importante perguntar quais substâncias são seguras para você e para o seu bebê. Essa é uma das primeiras perguntas feitas aos ginecologistas.

2. É normal ter cãibras e um pouco de sangramento?

Durante o primeiro trimestre de gravidez, as cãibras e os sangramentos não são incomuns. Podem acontecer quando o óvulo fertilizado se implanta e começa a crescer no interior do útero.

No entanto, é fundamental informar seu médico para descartar qualquer anomalia, principalmente se o sangramento persistir. Pode se tratar de uma infecção vaginal ou uterina que deve ser imediatamente tratada.

3. Quanto meu peso vai aumentar durante a gravidez?

Com base no estudo do índice de massa corporal antes da gravidez, seu médico vai calcular um intervalo adequado. Esse número se obtém considerando o peso e a estatura e deve ser verificado trimestralmente. Não há um padrão fixo para todas as mulheres. Isso vai depender da sua condição física particular.

4. Eu posso fazer exercício durante a gravidez?

O exercício melhora seu condicionamento físico e o do bebê. Também ajuda a evitar doenças, como a retenção de líquidos ou a ansiedade.

Em uma gravidez normal, o médico pode recomendar atividades como natação, caminhadas ou ioga pré-natal. Para evitar qualquer risco, o ginecologista vai fazer suas indicações detalhadamente. Você deve ter cuidado para não se exceder na intensidade nem na duração da atividade física.

perguntas para o ginecologista

5. Quais vacinas eu devo tomar?

Para prevenir que o sistema imunológico falhe, você deve tomar algumas vacinas. Há épocas determinadas da gestação para cada uma delas e é indispensável que você se vacine no tempo adequado. Lembre-se de que seu organismo está mais vulnerável às doenças durante a gravidez e você precisa se precaver por dois.

6. Meu sistema reprodutor vai mudar definitivamente depois do parto?

Os músculos pélvicos são feitos para abrigar o bebê e, em geral, retornam à posição e ao tamanho normal depois do nascimento. A memória muscular do corpo vai fazer com que seu organismo recupere a forma que tinha antes do parto. É adequado que depois do parto você realize os exercícios Kegel para fortalecer esses músculos.

7. Eu vou ter problemas para controlar minha bexiga depois da gravidez?

Segundo a doutora Suzanne Gilberg, o controle da bexiga tende a diminuir depois da gravidez e do parto. Especialmente durante as datas próximas ao nascimento do seu bebê, você pode ter algum episódio de incontinência urinária.

No entanto, aproximadamente três meses depois, tudo vai voltar a funcionar como antes. Para que esse sintoma seja mais leve, os exercícios Kegel também são de grande ajuda. Para descartar qualquer doença, informe seu médico dessa preocupação.

perguntas para o ginecologista

8. É normal urinar muito durante a gravidez?

Os hormônios de uma mulher grávida estão muito agitados devido a todas as mudanças que acontecem no organismo. Além disso, o fluxo de sangue na pélvis aumenta. É provável que você precise urinar com mais frequência durante esses 9 meses. Se você sentir dor, coceira, ardência ou se perceber cor ou cheiro anormal na sua urina, consulte seu médico.

É de vital importância ter uma boa relação com o profissional que vai cuidar da sua saúde nessa fase. Essas perguntas ao ginecologista são uma orientação. Mas, sem dúvidas, vão surgir muitas outras perguntas. Tome as precauções necessárias para ter uma gravidez segura e tranquila.