A história da mulher que teve três pares de gêmeos em 26 meses

· 1 de novembro de 2018
Ainda que as probabilidades de dar a luz a gêmeos serem quase de 1 a 10, certos fatores pesam para que elas aumentem. Uma mulher pode não ter nenhum possibilidade conhecida e ainda assim engravidar de gêmeos.

Conheça o caso de Danesha Couch, uma americana de 23 anos que engravidou de gêmeos três vezes seguidas. Isso mesmo! Danhesha tem três pares de gêmeos em casa!

Um dos fatores que pesam para a concepção de uma gravidez de gêmeos são os antecedentes.

Portanto, talvez Danesha não pôde se livrar desse fator. O surpreendente não é apenas que ela teve três pares de gêmeos. O incrível é que isso aconteceu em apenas 26 meses.

Certas condições fazem com que uma mulher tenha filhos em períodos seguidos. Às vezes, a situação econômica e social influencia, outras vezes trata-se de um algo cultural.

A verdade é que muitas mulheres dão à luz várias vezes em um curto espaço de tempo. No entanto, Danesha aumentou sua família de uma maneira pouco comum.

Vamos conhecer essa história!

Três pares de gêmeos recém-nascidos

pares de gêmeos

Vinte e seis meses parece ser um período excessivamente curto para ter três gestações. Mas isso acontece mais vezes do que pensamos.

Algumas mulheres planejam ter filhos em um curto espaço de tempo. Outras apenas se surpreendem com uma vez atrás da outra.

De acordo com números oficiais, as probabilidades de ter três pares de gêmeos consecutivos é de uma em 500 mil.

Ou seja, contra todas os prognósticos essa jovem conseguiu realizar esse feito. Mas tem sido uma angústia para ela, já que não está sendo nada fácil lidar com isso.

Naturalmente, a notícia se espalhou, causando surpresa e expectativa. No entanto, tudo começou de uma maneira muito difícil para Danesha Couch.

Em abril de 2014, nasceu seu primeiro par de gêmeos. Foi uma gravidez e um parto complicados, no processo um dos gêmeos faleceu ao nascer.

O segundo par de gêmeos veio ao mundo doze meses depois. Ou seja, Danesha ficou grávida logo depois depois de dar à luz.

Vale ressaltar que nem a primeiro, nem a segunda gravidez foram estimuladas artificialmente, ou seja, foram acontecimentos naturais.

Em junho de 2016, nasceu o terceiro par de gêmeos, que foram duas meninas. As bebês permaneceram três semanas em cuidados intensivos.

Surpresa da natureza?

Como falamos anteriormente, certos fatores pesam para que uma mulher tenha gêmeos.

Hoje, alguns métodos de reprodução assistida contribuem para que as probabilidades dupliquem. No entanto, a maioria das gestações múltiplas no mundo foram produzidas naturalmente.

A repetição do fato também não é totalmente impossível. Existem muitos casos registrados nos quais a mesma mãe tem mais de um par de gêmeos.

Inclusive, algumas mães deram à luz gêmeos, depois trigêmeos e mais tarde outro par de gêmeos.

pares de gêmeos

A este respeito, é possível dizer que uma série de eventos coincidiram para que isso acontecesse.

A Sociedade Europeia de Reprodução Humana e Embriologia afirma que as mulheres afrodescendentes são mais propensas a gestações múltiplas. Já ter tido uma gravidez de gêmeos também é um fator de risco.

Segundo os estudos, essas mulheres tendem a liberar mais de um óvulo por mês.

Nesses casos, ambos os ovários produzem óvulos a cada ciclo, o que permite duas probabilidades de fertilização. Quando a gestação múltipla ocorre de maneira natural, essa é a principal causa.

A idade e as condições socioeconômicas, ainda que os dois não sejam fatores naturais, estão relacionados com o fato de ter três gestações em 26 meses.

Essa jovem ainda tem muitos anos férteis pela frente. No entanto, não pensa em ter mais filhos pelo menos pelos próximos dez anos.

Com cinco bebês pequenos, sua vida ficou complicada, pois sua condição financeira não é favorável.